quarta-feira, 5 de outubro de 2016

EMPRESA PROPRIETÁRIA DO FERRY-BOAT SANTO EXPEDITO EMITE ESCLARECIMENTOS



Nós da empresa JR Navegação, proprietária do Ferry Boat Santo Expedito vimos a público esclarecer o fato ocorrido na noite do dia 04/10/2016 no Trapiche Hidroviário de São Sebastião da Boa Vista.
Em primeiro lugar queremos pedir desculpas a todas as pessoas que passaram pelo transtorno quanto a lotação e horário de saída da nossa embarcação. Nós jamais iremos querer tratar mal qualquer passageiro nosso, não importando a sua localidade, pois nós precisamos de todos eles, e seria uma burrice de nossa parte cometer tal ato. Entretanto, ontem, o nosso vendedor de passagens cometeu um erro gravíssimo em vender uma quantidade muito alta de passagens sem antes nos comunicar, e já estávamos vindo com um pouco mais da metade da lotação de curralinho, porém interrompemos as vendas no local para ainda trazer alguns passageiros de Boa Vista para cumprir nosso compromisso.
Infelizmente quando chegamos muitas pessoas acabaram entrando na embarcação e vários não tinham passagem, criando assim um tumulto enorme e superlotando a embarcação.
Nós que prezamos pela segurança e respeito, jamais iríamos sair do porto com a balsa superlotada, por isso nós chamamos a polícia para nos dar suporte. pois ninguém queria sair da embarcação para fazer a recontagem e confirmação de quem tinha os bilhetes. Muitas pessoas também que tinham comprado passagem acabaram não viajando, e tiveram seu dinheiro devolvido.
Nós lamentamos profundamente esse ocorrido e pedimos mais uma vez desculpas pela nossa falta de comunicação quanto a questão de venda de bilhetes, fato que jamais ocorreu nos nossos três anos de operação.
Esperamos profundamente que aceitem esses pedidos de desculpas, pois  precisamos dos passageiros e estamos abertos a todo tipo de esclarecimento, dúvidas e sugestões para a melhora da segurança e conforto pelos rios da nossa querida Amazônia.

Atenciosamente
JRN  Navegação

3 comentários:

  1. E ai o vendedor que vai acontecer com esse sem noçao

    ResponderExcluir
  2. Por que culpar o vendedor? Eu nesse dia pretendia viajar, fui as 20:30, quando cheguei no hidroviario o João que é o vendedor me falou que não tinha passagens pra vender, pois ele já tinha vendido todas as passagens que mandaram ele vender, então portanto é mentira que o rapaz vendeu passagens além do que tinham mandado, isso eu chamo de preconceito,

    ResponderExcluir
  3. essa nota é uma grande mentira eu estava na embarcação, e vi a ganancia do proprietario da mesma, primeiro os passageiros de ssbv, não tinham lugar para colocar suas redes e o mesmo tratando com ignorancia todos os passageiro e pior é nos que ja estavamos deitados tivemos que dividir os espaços com outras redes, isso foi uma grande falta de respeito com nos e com os passageiros de ssbv

    ResponderExcluir