sábado, 3 de dezembro de 2016

ESTUDANTES DE BREVES ENCONTRAM ÍDOLOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL


A manhã de treino da Seleção Brasileira Feminina de Handebol nesta quarta-feira (30), na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, foi marcada pela emoção de 24 atletas de handebol de duas escolas do interior do Pará. Com idades entre 13 e 17 anos, elas não só assistiram ao treino, como conversaram com as atletas da seleção, e ainda fizeram muitas fotos e vídeos.
As alunas da Escola Municipal Odísia Corrêa Farias, do município de Breves, no Arquipélago do Marajó, e da Escola Estadual Dionísio Bentes de Carvalho, de Rondon do Pará, no nordeste do estado, não seguraram a emoção ao ver de perto campeãs mundiais como Dara, Dani, Babi e Duda Amorim, e choraram muito quando foram recebidas pelas atuais campeãs mundiais de handebol feminino.
Rosana Machado, 14 anos, da cidade de Breves, chamada pelas colegas de time de “Capetinha”, tem como ídolo a armadora lateral Dara - que por estar grávida de quatro meses não jogará pela seleção, mas veio a Belém para apoiar a equipe. O encontro entre as duas arrancou muitas lágrimas de Rosana.
Dara já conhecia algumas das atletas presentes ao ginásio. Ela é embaixadora da competição Jogos Escolares Brasileiros, disputada em setembro e outubro passados, em João Pessoa (PB), com a participação de algumas das atletas dos dois municípios.
Rosana, que joga na mesma posição de Dara, com a camisa número 2, disse que sonha em integrar a Seleção Brasileira, por isso “me empenho muito em ser uma boa atleta. E agora, depois de conhecer essas jogadoras, de vê-las jogando, treinando e de ter conhecido a Dara, vou me empenhar mais ainda. Quero ser professora de Educação Física, mas quero chegar à Seleção”.
Para Dara, o encontro também foi emocionante. “Estou encantada com o carinho dessa torcida de Belém. Eu costumo dizer que o que não tem fora do Brasil é esse calor humano, e as regiões Norte e Nordeste são mais efusivas, eles têm essa paixão pelo esporte mais aflorada. Estou encantada com esse ginásio. Nem sabia que no Brasil tinha um com essa estrutura e beleza. E ver essas meninas foi muito especial. É muito bom saber que somos exemplos para elas. E é isso que nos faz seguir adiante, vestindo e honrando essa camisa há tantos anos”, declarou a atleta.
Presentes - Durante o encontro das paraenses com as atletas da seleção, as adolescentes ganharam camisetas autografadas, fornecidas pelos Correios, patrocinador da Seleção Brasileira.
Os técnicos Ana Cláudia, de Breves, e Antônio Fernandes, de Rondon do Pará, receberam bolas para a prática do handebol, entregues por Glória Martins, presidente da Federação Paraense de Handebol, e Manoel Luiz Oliveira, presidente da Confederação Brasileira de Handebol.
A programação das atletas paraenses inclui ainda assistir à estreia da Seleção Brasileira de Handebol nesta quinta-feira (1º), às 18h45, contra a Seleção de Cuba, no II Torneio Quatro Nações de Handebol, que prossegue até sábado (3), na Arena Guilherme Paraense.

Fonte: Agência Pará

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

ALEPA: SESSÃO ESPECIAL DISCUTE SEGURANÇA NA NAVEGAÇÃO E DRAMA DE VITIMAS DE ESCALPELAMENTO NO PARÁ

Discutir a erradicação dos acidentes por escalpelamento de ribeirinhos nos rios da Amazônia foi o objetivo da Sessão Especial proposta pelo deputado Raimundo Santos, nesta quinta-feira (01/12). Segundo o parlamentar, a sessão foi pedida pelo comando da Marinha, depois do sexto acidente registrado no Pará, neste ano. “Ano passado tivemos 11 casos. Este ano foram seis, mas ainda é muito e é por isso que trazemos essa questão para a Alepa”, diz o deputado Raimundo Santos.
Segundo ele, o trabalho conjunto de prevenção trouxe avanços para o combate aos acidentes. “Conseguimos avançar, antes não havia quem financiasse essa proteção e, hoje, a marinha faz isso sem custos para os donos de barcos. A Capitania dos Portos também faz um bom trabalho de fiscalização”, enumera o parlamentar. “Mas é preciso avançar nessa conscientização, pois ainda há pessoas que recebem a proteção para o eixo da embarcação e só usam na frente das autoridades, depois retiram e causam outras vítimas de acidentes”, conclui ele.
Representantes do Governo Estadual e Municipal, Conselho Regional de Psicologia, Defensoria Pública, Marinha do Brasil, e Ong ORVAM estiveram presentes na sessão.

Continue lendo....

LIMOEIRO DO AJURU: OPERAÇÃO "AJURU LIMPO" COMBATE FRAUDES EM LICITAÇÕES E DESVIO DE RECURSOS

O Ministério Público do Estado (MPPA) cumpriu nesta quinta-feira (1º) 22 mandados de busca e apreensão em seis municípios do Pará. A operação denominada “Ajuru Limpo” visa investigar e combater fraudes em licitações na prefeitura de Limoeiro do Ajuru. Durante a ação foi preso em flagrante o secretário de administração e um agente de portaria por supressão, ocultação e destruição de documento público.
 Além de Limoeiro do Ajuru foram cumpridos mandados nos municípios de Ananindeua, Belém, Abaetetuba, Cametá e Barcarena. As buscas foram realizadas na prefeitura, secretarias municipais, sedes de empresas e nas residências do prefeito, secretários municipais e de empresários.
 A operação contou com a participação do coordenador do Núcleo de Combate à Improbidade e à Corrupção (NCIC), procurador de Justiça, Nelson Medrado, do coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Milton Menezes e dos promotores de Justiça Bruno Beckembauer, Daniel Bona, Francisco Lauzid, Hélio Rubens, Laércio Abreu, Lorena Moreira Cruz, Francys Galhardo, Ana Maria Magalhães, Augusto Sarmento, Bruno Fernandes e Gruchenhka Freire.
 As irregularidades mais recorrentes encontradas nas licitações e que levaram a deflagração da operação “Ajuru Limpo” foram: não demonstração da realização de pesquisa de preços, visando a comprovação da compatibilidade dos preços propostos com os praticados no mercado, e sua inclusão nos processos licitatórios; documentos referentes às licitações sem a devida autuação, protocolização, rubrica e numeração, inclusive o edital e respectivos anexos, constituídos, dentre outros elementos, de projeto básico e de orçamento estimado em planilhas de quantitativos e preços unitários; ausência de designação de fiscais; ausência de comprovação de publicação dos avisos e resultados dos processos, bem como as ratificações de dispensa; foram verificados casos de Dispensas para locação sem a devida documentação do imóvel e seu proprietário; não foi identificado o Parecer do Controle Interno sobre as licitações realizadas pelo Órgão; não foram encaminhados as Notas de Empenho para as despesas realizadas.
“O Tribunal de Contas dos Municípios afirmou que em vários procedimentos não foram realizadas sequer as cotações de preço e também não existiam projetos básicos. Neste contexto o MP afirma que a falta e cotação visou beneficiara empresas e políticos, pois como poderia alguém comprar qualquer coisa que fosse, sobretudo tratando-se de verbas públicas, sem realizar cotação e preços, deixando obvio que a ideia era fraudar a licitação e posteriormente superfaturar os valores. Não bastasse, também não consta o projeto básico nem fiscal do contrato, evidenciando que sem o projeto a licitação foi fraudada, pois ninguém teria condições de apresentar qualquer orçamento sem ter a noção do que deveria fazer, salvo as empresas que seriam beneficiadas pela fraude”, disseram os representantes do MPPA Nelson Medrado, Bruno Berckembauer e Daniel Bona.
 O material apreendido será agora analisado. Em seguida serão propostas as ações judiciais cabíveis.

Fonte: MPPA

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

SSBV: SUSPEITO DE ESTUPRAR E ENGRAVIDAR A ENTEADA É PRESO

Homem de 21 anos vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Menina tinha 11 anos na época do crime e passa por gravidez de risco.
 Um homem suspeito de engravidar a própria enteada foi preso no município de São Sebastião da Boa Vista, na ilha do Marajó, no nordeste do Pará. De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (29) pela Polícia Civil, o suspeito tem 21 anos e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Ainda segundo a polícia, a menina tem 12 anos de idade, mas tinha 11 anos na época do crime e passa por um gravidez de risco.
Após investigação da Polícia Civil, o delegado Társio Martins solicitou a prisão preventiva do suspeito, que foi cumprida na última quinta-feira (24), de acordo com a Polícia Civil.

Fonte: G1 Pará

terça-feira, 29 de novembro de 2016

MUANÁ: MINISTÉRIO PÚBLICO ENTRA COM ACP PARA REGULARIZAR TRANSPORTE ESCOLAR


O Ministério Público de Muaná, através de sua representante, Juliana Dias Ferreira de Pinho Palmeira, promotora de justiça titular, ingressou no último dia 24 de outubro com Ação Civil Pública para regularizar o transporte escolar por meio fluvial no município de Muaná.
A ação civil pública foi motivada devido a dificuldade em que os alunos da zona rural do município encontram-se para chegar até a escola, haja vista que o transporte escolar foi suspenso desde do dia 04 de outubro.
 Os familiares dos alunos dirigiram-se a Promotoria de Justiça para denunciar a falta de transporte, pois estão preocupados com a iminente perda do ano letivo.
 Ressaltasse que em reunião com a gestão do município, a Promotoria de Justiça já havia entregue em mãos para o prefeito Sergio Murilo dos Santos Guimarães e para o secretário de Educação José Guilherme Cobel recomendação. O documento objetivou normalizar o transporte escolar.
 Contudo, o Ministério Público de Muaná vem cumprindo seu papel incansavelmente, trabalhando pautado na garantia de direitos da criança e do adolescente.

Fonte: MPPA

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BANPARÁ INAUGURA AGÊNCIA EM MELGAÇO

O Banco do Estado do Pará (Banpará) inaugurou nesta segunda-feira (28) a primeira agência no município marajoara de Melgaço. É a oitava agência aberta desde 2010 no arquipélago e a 66ª unidade - somando-se também os postos de atendimento - instalada desde que se iniciou um esforço estratégico para ampliar e fortalecer a rede de atendimento do banco em todo o Estado, de forma a contribuir com o desenvolvimento das mais diversas localidades do Pará. Somente em Melgaço vivem 26,1 mil habitantes, que agora passam a contar com todos os serviços que a instituição oferece.
A expansão da rede atesta a saúde financeira e o bom desempenho do banco estadual no cenário nacional. Até fevereiro de 2017 a previsão é que mais seis unidades sejam instaladas, totalizando 114 e 97 municípios atendidos. A meta do Banpará é alcançar todos os 144 municípios paraenses com pelo menos uma agência até o final de 2019.
 Um balanço geral do crescimento do banco estadual expõe o avanço da sua presença em todo o Estado, num cenário onde, recentemente, grandes instituições financeiras, como o Banco do Brasil, tendem a fechar agências para reduzir custos e investir em outras frentes de atendimento. Em dezembro de 2010, o Banpará tinha apenas 42 agências instaladas em 57 dos 144 municípios paraenses. Ao final de 2016, terá um saldo de 109 agências instaladas (um avanço de 257% em unidades de atendimento) em um total de 93 municípios do Estado (um crescimento de abrangência da presença do banco no Pará de 161%).

Fonte: AGPA

domingo, 27 de novembro de 2016

"FESTIVAL DE GOSTOSURAS" REFORÇA O NATAL SOLIDÁRIO EM BREVES

A ação faz parte do Natal Solidário que o HRPM promove anualmente
Neste domingo (27), a partir das 17h, o Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) do Hospital Regional Público do Marajó (HRPM), em Breves, promoverá o “Festival de Gostosuras”, na Praça do Operário, com vendas de comidas, doces e salgados variados, além de sucos e refrigerantes para a comunidade. A programação contará ainda com apresentação cultural de artistas da terra.
 A ação faz parte da sexta edição do “Natal Solidário” que o hospital, com apoio dos colaboradores e da comunidade local, promove anualmente para proporcionar um Natal mais feliz e fraterno para centenas de famílias do município, beneficiadas com a doação de alimentos não perecíveis, redes, roupas, material de higiene pessoal e limpeza, além de brinquedos, que serão arrecadados em ações diversas.
 O diretor executivo do hospital, Joaquim Fonseca agradeceu a adesão dos colaboradores em mais edição do evento. “A mobilização é anual e já faz parte do calendário da instituição. O espírito de união é fortalecido com essa ação, que leva mais alegria e renova as esperanças de centenas de pessoas”, ressaltou.
 Toda a produção dos alimentos e bebidas que serão comercializados no domingo estará sob a responsabilidade de colaboradores voluntários do HRPM que estão engajados na causa solidária. Os recursos arrecadados serão destinados à aquisição de itens para a campanha natalina.
 De acordo com Joaquim Fonseca, o projeto do Natal Solidário 2016 foi apresentado aos colaboradores no dia deste mês, com a formação de duas equipes - azul e vermelha - para incentivar a competição. A pontuação será computada de acordo com o número de itens obtidos por cada equipe. No entanto, o diretor reforça que isso é apenas uma brincadeira, para dar mais motivação. “Ao final todos somos vencedores e os usuários e a população os grandes beneficiados”, declarou.
 Outras atividades estão previstas, mas ainda em datas a serem definidas. Entre elas estão o Bazar Solidário e a Gincana Solidária. Todas com a mesma finalidade: maior integração e arrecadação recursos com a comercialização de produtos para o “Natal Solidário”.

Continue lendo....

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

PORTEL E MELGAÇO: OLIMPÍADAS DA FLORESTA DE CAXIUANÃ - UMA MARATONA DE CIÊNCIA, ARTE E EDUCAÇÃO

A VIII edição do projeto educativo do Museu Goeldi inicia hoje alterando a rotina da Estação Científica Ferreira Penna da sesquicentenária instituição. Até o dia 28 o que vai predominar na base avançada do Goeldi na Flona de Caxiuanã é a vibração de 120 estudantes de escolas rurais. Neste ano, essa juventude estará recebendo e trocando informações com uma delegação de estudantes americanos e de jovens artistas de Marabá.
Bem cedinho, na manhã dessa quarta-feira (23), barcos de dezenas de comunidades de Portel e Melgaço aportaram no trapiche da Estação Científica Ferreira Penna (ECFPn), na Floresta Nacional (Flona) de Caxiuanã, localizada na divisa entre os dois municípios marajoaras. Dentro deles, saem 120 estudantes do ensino fundamental, rumo a uma maratona de ciência, arte e educação, que saúdam festivamente com um canto de chegada. É o começo de mais uma Olimpíada de Ciência da Floresta Nacional de Caxiuanã, que turbilhona até o dia 28 o cotidiano da base do Museu Goeldi. As Olimpíadas de Caxiuanã fazem parte da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.
Coordenado pela educadora Socorro Andrade e realizado pelo Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), com a parceria das Prefeituras dos municípios de Portel e Melgaço, as Olimpíadas é um projeto de divulgação científica e inclusão social, que chega ao seu oitavo ano com novidades: os participantes terão contato com pessoas, histórias e culturas de diferentes regiões do estado do Pará e países (Brasil e Estados Unidos) cuja vida está conectada a rios e baias.

Continue lendo....

Fonte: Agência Museu Goeldi

terça-feira, 22 de novembro de 2016

GURUPÁ: TORRE DA OI É DERRUBADA

TV Liberal e TV Cultura estão fora do ar na cidade.


Na madrugada desta terça-feira, 22, a torre de transmissão da OI em Gurupá, desmoronou. Segundo o funcionário da Funtelpa, Osmarino Pimentel, alguém ateou fogo em uma das bases da estrutura metálica, que mede exatos 84m.
Devido existirem vários pontos de fixação, sustentados por cabos de aço, a antena desmontou no decorrer da queda, evitando, portanto, que as residências próximas fossem atingidas.
Inaugurada no início da década de 80, a torre que pertence a empresa de telecomunicações OI, além de ser utilizada pra a telefonia, serve para transmitir o sinal de TV, da Liberal e Cultura.

Fonte: Dailton Palheta

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

"PIRATAS" TENTAM ASSALTAR NAVIO REI SALOMÃO

Foto extraída do perfil do Rei Salomão no facebook.
Na madrugada dessa segunda-feira (21), na quarta curva do Arrozal (Barcarena), bandidos tentaram assaltar o N/M Rei Salomão, que faz a linha Belém/Portel/Belém.
De acordo com relatos de passageiros, às 4:30 da madrugada escutou-se vários tiros disparados para impedir que os "piratas" invadissem a embarcação.
Apesar do susto, passageiros desembarcaram ilesos há pouco no Porto Pantoja, na Bernardo Sayão.

Com informações de Jose Ribamar (Rádio Arucará -Portel)