quinta-feira, 29 de julho de 2010

OFICINA DE PREVENÇÃO AO ESCALPELAMENTO

Informamos que nos dias 01/09/2010 e 02/09/2010 será realizada a Oficina de Conscientização Pública para Prevenção e Combate aos Acidentes com Escalpelamento no Município de São Sebastião da Boa Vista que será realizada no Auditório da Prefeitura nos horários de 08 às 12 e de 14 às 18h
Fonte: Secretaria de Saúde de SSBV ( por e-mail)

O MELHOR DA MÚSICA BRASILEIRA

Égua meu mano (a), já é a última quinta das férias, e hoje eu vou pegar pesado com vcs. Vamos conhecer A Barca do Sol....
A Barca do Sol foi uma banda brasileira de rock progressivo formada em 1973 no Rio de Janeiro como banda de apoio do músico Piry Reis, mas acabou tendo vida própria, sendo um dos grandes expoentes da música brasileira em sua época.
Teve em uma de suas formações o cantor Ritchie, na época como flautista.
A banda gravou três álbuns durante suas atividades e uma coletânea (lançada em 2000) e terminou em 1981. Seus integrantes continuaram em carreira solo, tendo até certo sucesso.
A banda possui influências do folk rock, e devido aos instrumentos utilizados seu som é geralmente comparado com o da banda Jethro Tull.
A Barca Do Sol é uma daquelas raridades que o mundo deveria conhecer e nem mesmo o Brasil conhece direito, com 3 discos na bagagem essa banda maravilhosa mesclou MPB, música de câmara, Rock Progressivo e letras em forma de poesia, vale a pena pra quem curte nosso velho Rock Nacional!!
Vídeos com a banda não encontramos, abaixo, vídeo/áudio de um sucesso da banda.






quarta-feira, 28 de julho de 2010

REFLEXÕES E PROVOCAÇÕES

Henrique Marinho Branco (Foto) é neto de boavistenses ( Familias, Marinho e Formigosa)
É Professor de geografia em Belém do Pará. Especialista em geografia da Amazônia: Sociedade e gestão dos recursos naturais. Militante socialista, em busca de um mundo mais justo e menos desigual. Na próxima edição de O Boavistense, traremos a primeira parte da avaliaçao do governo Ana Júlia Carepa, escrita por ele.
Email para contato: henriquembranco@gmail.com
Acessem: http://henriquegeo.blog.terra.com.br

terça-feira, 27 de julho de 2010

CABÔCLO DOS BONS

Comentário deixado na caixinha do post "Entrevista com Secretário de Educação de SSBV- José Maria Gonçalves "
Marinaldo Reis disse...
O zé Maria é um caboclo/educador dos bons, sei de sua capacidade e competência e acima de tudo de sua visão de mundo e do ser humano. acho que ele vai fazer um grande trabalho. tive a honra de tê-lo em minha equipe quando assumimos em dois mil e cinco e naquele momento delicado da educação boavistense tivemos que nos desdobrar para menhorar nossa educação. valeu pião vamos seguir mudando boa vista. conte sempre com meu apoio. prof/vereador Marinaldo Reis-PT

REVELANDO OS BRASIS

Moradores de cidades com até 20 mil habitantes poderão inscrever histórias reais ou de ficção, até 30 de julho( prorrogado até 30/08), por meio do Concurso de Histórias do Revelando os Brasis Ano IV. As 40 histórias selecionadas serão transformadas em vídeos com duração de até 15 minutos pelos seus autores que farão uma oficina audiovisual e transformarão a história em vídeo digital. Ao final, as obras serão exibidas em um circuito aberto e gratuito pelas ruas dos municípios participantes.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

MPF FAZ AUDIÊNCIA EM MUANÁ

Pelo Twitter, o Procurador da República, Alan Mansur, nos informa sobre a realização de mais uma audiência pública e aberta no Marajó. Já foram realizadas em Afuá, Cachoeira do Arari e em Ponta de Pedras. Assim como nas outras já realizadas, os assuntos abordados nesta audiência de Muaná, será a aplicação de recursos federais em Saúde e Educação. O procurador, convida a sociedade muanense para participar, e ressalta: "A ideia do MPF é destacar o Arquipélago do Marajó como importante local de desenvolvimento do Estado e explorar suas potencialidades. Além disso, o MPF atua para conhecer a regularidade na aplicação dos recursos públicos federais e procura ouvir a comunidade marajoara. "

Dia 06 de agosto, não faltem !

sábado, 24 de julho de 2010

ENTREVISTA: JOSÉ MARIA GONÇALVES, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SSBV

Blog - Nos conte um pouco de sua trajetória.
JMG - Nasci em Limoeiro do Ajuru, cidade vizinha a este Município, de onde vim com apenas nove anos. Hoje, com 37 anos de idade, casado, pai de dois filhos que, como todos os de nossa região, estudam em escola pública, posso afirmar que sinto-me genuinamente boavistense e batalhador de/por uma educação pública de qualidade.
Sou Pedagogo pela UFPA e Especialista em Ciências e Matemática nas Séries Iniciais também pela UFPA mas, comecei minha profissão de educador muito cedo. No ano de 1992, com apenas dezoito anos de idade, atuei em turmas multisseriadas, em escolas da zona rural deste Município. Em 2001, juntamente com muitos amigos e por motivos puramente “políticos”, tive que interromper minha carreira de educador neste Município, e buscar espaços em outro, especialmente em minha Terra Natal - Limoeiro do Ajuru - onde exerci a Função de Gestor Educacional na E.M.E.F Manoel Temístocles Rodrigues, localizada na zona rural daquele Município. Voltando a São Sebastião da Boa Vista, somente no ano de 2005, quando o governo democrático-popular do partido dos trabalhadores “repatriou” profissionais que encontravam-se em vários municípios do Estado ou fora dele para repensar e trabalhar uma educação participativa, onde todos os atores envolvidos pudessem atuar mais livremente, por ser típico de sua filosofia acreditar que desta forma poderemos melhorar a qualidade de ensino em nosso Município.

Blog -À frente da secretaria há poucos meses, o senhor já conseguiu desenvolver algum trabalho que já tenha a sua marca?
JMG- Apesar de que não penso muito em marca exclusiva, em promoção pessoal ou coisa do gênero, idealizo estudantes pensantes, protagonistas de seu tempo, sua realidade. Sei que para isso, temos que nos esmerar em superar-nos, em ousarmos e, unidos, reinventarmos a educação boavistense. Embora para isso devamos, de vez em quando, fazer diferente. É pensando nessa diferença que, de imediato, investimos na logística dos prédios escolares. Mantivemos a reforma da chamada Creche Cantinho do Amor, da Escola Vereador Engrácio e estabelecemos a do prédio antigo da Escola Padre José de Anchieta. Estamos cada vez mais nos aproximando da comunidade, das escolas. Daí sermos pioneiros em realizar a Jornada Pedagógica em cada Pólo (que são formados por escolas geograficamente próximas em torno de uma escola matriz) como já o fizemos em abril. E, efetivarmos um Projeto de resgate dos alunos evadidos. Definido como Evasão Zero – Educação é Tudo de Bom que intenciona firmar parceria com órgãos de proteção e assistência à infância como a Pastoral da Criança, o Conselho Tutelar, as Secretarias de Saúde e Assistência e, claro, a Promotoria de Justiça a fim de, através de várias ações e estratégias se extinguir a evasão escolar em nosso município. A síntese do Projeto Evasão Zero estará brevemente disponível no blog da Secretaria de Educação: www.semedboavista.blogspot.com , onde os convidamos a interagir conosco. Enfim, penso que educação se faz com e pelo coletivo, por isso, estabelecemos novo organograma e novos projetos ou programas que viessem a contemplar as demandas atuais advindas do estabelecimento do sistema municipal de ensino e da busca da qualidade de uma educação para a diversidade de que tanto falamos atualmente. Os novos espaços/ações são: Seção de Educação do Campo e EJA, Seção de Educação Física e Educação Especial, Departamento de Gestão de Documentação e Arquivo, Divisão de Documentação e Autorização e, os projetos/programas: Turma Pioneira de Professores para a Educação do Campo além da busca e manutenção de diversos cursos de capacitação pelo PARÁ e fora dele.
Blog - O difícil acesso às comunidades afastadas dificulta o trabalho da secretaria?
JMG - Sem dúvida. Foi pensando nessa situação que adquirimos uma lancha-voadeira para encurtar em muito a distância às comunidades longínquas e, desta forma, otimizar o atendimento e a troca de experiências e saberes com as famílias e com as escolas desses locais.

Blog - Levando em consideração os hábitos alimentares de nossos alunos, a secretaria se preocupa com a questão nutricional da merenda escolar?
JMG - Sei que temos que promover uma educação partindo de nossa realidade e, é por isso, que estamos paulatinamente tentando introduzir uma alimentação nutritiva e regional, como o camarão, açaí e carne bovina , firmando parcerias com associações e cooperativas locais. Porém, temos que ter cautela, pois, nem tudo o que faz parte do contexto alimentar de nossas crianças é saudável ou nutritivo. Nosso nutricionista é muito preocupado com essa e outras questões como o caso da manipulação dos alimentos por nossas agentes de nutrição.

Blog- Faça um resumo das atividades do 1º semestre e nos informe sobre o que teremos para o 2º.
JMG - Entre as atividades destes poucos meses do 1º semestre podemos destacar: Abril – Levantamento das necessidades e do patrimônio da rede; Curso de Formação de Língua Portuguesa; Reuniões de planejamento do Secretário com a equipe técnica; Adesão e Inscrição dos professores à Olimpíada de Língua Portuguesa; Retomada do Plano Municipal de Educação; Maio – Jornada Pedagógica nos Pólos Emmanoel, Pedro Nogueira e Caeté com participação de vários segmentos das escolas; Provinha Brasil; Formação das Turmas do Curso de Formação pela Escola do FNDE; II Encontro do Pólo Emmanoel; visita às escolas do meio rural; Reunião com o SINTEPP para discussão do PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Trabalhadores da Educação); Curso de Formação para Correção de Fluxo. Junho – Curso de Formação de Gestores em Educação Inclusiva – Belém Pará; Curso de Formação e Oficina de Pareceres do Ensino de Nove Anos; Curso de Formação da Escola Ativa; Treinamento para o Educacenso (para auxiliares e gestores escolares). Julho – Curso de Formação/treinamento para o LSE (Levantamento da Situação Escolar), Reunião com os responsáveis do Censo Escolar; Escolha do Livro Didático; Aquisição de lancha-voadeira para melhor assessoramento às escolas do meio rural; Curso de Introdução à Inclusão Digital; Vistoria dos Diários de Classe; Funcionamento do Prédio da UAB; serviços internos.
Temos agendado para o 2° Semestre:
Agosto – Reestruturação do CME (Infraestrutura e assessoria pedagógica); Oficina de Projetos; Encaminhamento do Regimento Unificado ao CME, Oficina Pedagógica no Pólo Emmanoel, Reuniões de Preparação ao Dia 7 de Setembro, Encontros: Pólo Cidade, Pólo Caeté, Pedro Nogueira, Escola Ativa; Homenagem aos pais/família; Mobilização à realização dos PPPs e à Regularização das Escolas; Lançamento do projeto Evasão Zero; Encontro de Formação sobre Educação Inclusiva; Sistematização do Plano de Implantação do Ensino de Nove Anos.
Setembro – Efetivação do LSE, encontro no Pólo Emmanoel Lobato, Desfile Escolar, Encontros de Orientação Curricular, Jogos Intercolegiais e Feira Cultural; 2ª Fase das OBMEPs.
Outubro – Semana da Criança; Dia Temático nas Escolas.
Novembro – Final do Intercolegial, Culminância da Feira Cultural.
Dezembro – Confraternizações / Colações de Grau.

Blog - A reformada da creche era realmente necessária ? Nos informe sobre a reabertura da creche e em que ela foi melhorada.
JMG - Investimento na educação de modo geral e, principalmente, na infraestrutura deve ser meta incansável de todo gestor que saiba do valor desta. A reforma da então Unidade Educacional Cantinho do Amor era sonho e luta de todos os educadores que ali atuam, que viam o estado precário em que ela se encontrava. Ela foi melhorada do piso ao teto. Está mais segura, confortável e aconchegante. Ganhará um parquinho completamente reformado e seguro. Consolidamos seu Conselho Escolar que representa mais democracia e autonomia (inclusive financeira) para a “Creche”. Estamos planejando ainda para ela, em consonância com a Coordenação de Educação Especial e a Direção as demandas necessárias para que ela se torne uma Unidade Educacional Inclusiva e acessível a todos e todas as crianças.

Blog - O IDEB em São Sebastião da Boa Vista está acima da meta, mas abaixo da média estadual. Quais os fatores desta melhora e do baixo índice?
JMG - Ao observar o IDEB municipal e estadual, verifica-se de fato, que as duas esferas avançaram significativamente nos últimos anos, mas não foi o suficiente comparado com o avanço de outros estados. Se compararmos o IDEB observado no estado com o de nosso município podemos destacar que avançamos muito mais que o estado, pois, em 2005 o nosso IDEB era de apenas 1,9. Avançamos para 2,5 em 2007 chegando em 3,5 no ano de 2009; superando dessa forma as metas projetadas para o ano de 2013 que é de apenas 3,4. Enquanto que o Estado em 2005 tinha um IDEB observado em 2,8; continuou com o mesmo IDEB em 2007 e, alcançou neste ano 3,7 superando as metas de 2011, ou seja, enquanto avançamos 1,6 pontos no decorrer dos anos o estado avançou somente 0,9 pontos. Essa melhora nos índices educacionais deu-se através de uma série de fatores e ações realizadas por gestores da educação anteriores a mim das quais, inclusive, fiz parte como técnico pedagógico. Digo isso porque não gosto de negar a história. A educação é processo. É construída no ontem, no hoje e no amanhã. O que precisamos apenas é rejeitar as ações infrutíferas, mal sucedidas. Mas foi em um ontem recente a partir do ano de 2005 que começou-se a pensar em reflexão da educação à luz dos dados nacionais, em análise desses dados para intervenções severas, nos planejamentos e encontros de formação, a fim de se aprimorar o processo. A efetivação de docentes através de idôneos concursos públicos, onde inclusive tornei-me funcionário fixo da rede, foi um grande avanço. A política nacional de formação dos professores também favorece em muito. No momento, temos 91 professores cursando uma graduação em IES pública, 20 pós-graduandos em Mídias na Educação, seja pelo PARFOR, Pró-Campo e UAB que congrega as Universidades Federal do Pará - UFPA, a Universidade do Estado do Pará – UEPA e o Instituto Federal do Pará – IFPA; temos vários professores em cursos de formação continuada e extensão universitária. É difícil saber de algum professor que não tenha tido nenhuma capacitação seja através da Plataforma Freire, do PAAR, das parcerias externas ou do esforço de nossos próprios técnicos. O fortalecimento e criação de vários Conselhos Escolares promoveu a autonomia democrático-financeira das escolas possibilitando a aquisição de uma série de materiais didáticos para facilitar uma prática pedagógica mais efetiva. O PCCR está avançando como fruto de debate e diálogo com a categoria que em muito valorizará os trabalhadores da educação. Aliás, o próprio termo ‘trabalhadores da educação’ que foi objeto de grande polêmica e embate na rede estadual de ensino junto à categoria já está confirmado como verídico através da lei recente que criou o nosso sistema municipal de educação. Enfim, creio que qualquer avanço educacional merece ser refletido a partir de sua realidade não para satisfazer números mas, para buscar sujeitos construtores/transformadores de sua história. E qualquer reflexão para mudança perpassa pela valorização profissional em toda a sua extensão. Valorização de todos os Trabalhadores da Educação. E, é em busca desse respeito e valorização que destaco em especial, o trabalho da equipe da SEMED. São técnicos, professores, gestores e agentes de modo geral que se desdobram em diversas demandas, que esmeram-se em todas as ações, quer sejam burocráticas, logísticas ou pedagógicas. As ações conquistadas, tal qual, as planejadas e/ou sonhadas a curto, médio e longo prazo dependem da força de vontade de cada um que faz a Secretaria de Educação, assim, como as escolas de nosso município.

Blog - A Sala de informática da João XXIII está sem os computadores (não se sabe onde estão) e já é usada por uma turma regular. Os alunos querem esclarecimentos.
JMG - Tenho boas relações com a profa. Terezinha Carneiro que há muito desenvolve um sério trabalho à frente da única escola estadual de ensino médio regular que o Governo do Estado mantém aqui. É através dessa relação de amizade que sei das angústias e sucesso ali vivenciados. Mas, como pertence a outra esfera não cabe a mim informar oficialmente situações dessa natureza. Contudo, sei que a escola possui suas forças de democratização e empoderamento, como um Conselho Escolar atuante, Grêmio Estudantil efetivado e estruturado para as devidas cobranças, reivindicações e parcerias necessárias a uma educação mais justa, digna e emancipatória.

Blog - Deixe uma mensagem para a comunidade estudantil de SSBV?
JMG - Digo à comunidade de modo geral que, precisamos urgentemente superar o estigma de povo nativo atrasado em sua educação, em sua cultura. A nossa qualidade de vida somente melhorará quando nos unirmos, enquanto comunidade no enfrentamento de nossos problemas coletivos, se nos reconhecermos enquanto educadores (quaisquer que sejam nossas profissões) que sonham e lutam por uma vida digna, por uma educação que ultrapasse a fronteira da escola e da nota que apenas julga sem se importar com a realidade e condições de cada estudante, sem trabalhar a educação para a vida, porque sabemos como diz Paulo Freire, sem menosprezar as outras áreas, que “se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda." Precisamos pensar os dois extremos da educação para a sustentabilidade do ecossistema, ou seja, mais do que interrogar-nos sobre que planeta iremos deixar para nossos filhos, precisamos refletir sobre que filhos iremos deixar para nosso planeta. Parece pegadinha mas, não o é. Sabemos que a educação pública ainda é deficiente. Mas está mudando. Escolas estão sendo fortalecidas e inovadas, professores estão se capacitando, contudo, os estudantes precisam entender o real valor da escola e esmerar-se em fazer a sua parte, mostrar disciplina e motivação para o estudo, engajar-se em projetos de voluntariado e protagonismo juvenil. Aproveitando o embalo da copa que em muito nos mostrou a história de exclusão e preconceito da África, lembro a todos a frase de Nelson Mandela: "A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo." Finalizo a conversa lembrando Jean Piaget: a principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe. E ousando completar: homens que sejam capazes de recriar, ressignificar e transformar sua/nossa realidade.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

AGORA É EDUCAÇÃO

São Sebastião da Boa Vista, terá seu retorno às aulas no próximo dia 02 de agosto (segunda). Nesta semana, postaremos algumas matérias relacionadas ao tema. Uma entrevista com o secretário municipal , José Maria Gonçalves, já está pronta, e segunda já divulgaremos.
A edição do mês de O Boavistense, também trará outras informações.

ELCIONE NO MARAJÓ

A combativa e determinada Dep. Federal Elcione Barbalho, estará desde sábado, pecorrendo vários municípios marajoaras. No sábado, Anajás, São Sebastião da Boa Vista e Afuá (Festival do Camarão). No domingo, Curralinho, Melgaço e Bagre, e na segunda, Breves e Portel.

Muitas conversas com as comunidades para receber o carinho do povo.

Elcione Barbalho, o Marajó espera por você !.

O MELHOR DA MÚSICA BRASILEIRA

Meu man0 (a), a vida tá corrida, eleições, projetos culturais...Mas dá tempo de continuar mostrando o melhor de nossa música...
Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, mais conhecido como Gonzaguinha, (Rio de Janeiro, 22 de setembro de 1945 — Renascença, 29 de abril de 1991) foi um cantor e compositor brasileiro.
Gonzaguinha era filho do também cantor e compositor Luiz Gonzaga do Nascimento e de Odaleia Guedes dos Santos, cantora do Dancing Brasil, que morreu de tuberculose ,aos 46 anos. Acabou sendo criado pelos padrinhos Dina e Xavier.
Compôs a primeira canção "Lembranças da Primavera" aos catorze anos, e em 1961, com 16 anos foi morar em Cocotá com o pai para estudar. Voltou para o Rio de Janeiro para estudar Economia, pela Universidade Cândido Mendes Ari Fontera. Na casa do psiquiatra Aluízio Porto Carrero, conheceu e se tornou amigo de Ivan Lins. Conheceu também a primeira mulher, Ângela, com quem teve dois filhos: Daniel e Fernanda. Teve depois uma filha com a atriz Sandra Pêra: a atriz Amora Pêra.
Foi nessa convivência na casa do psiquiatra, que fundou o Movimento Artístico Universitário (MAU), com Aldir Blanc, Ivan Lins, Márcio Proença, Paulo Emílio e César Costa Filho. Tal movimento teve importante papel na música popular do Brasil nos anos 70 e em 1971 resultou no programa na TV Globo Som Livre Exportação.
Característico pela postura de crítica à ditadura, submeteu-se ao DOPS, assim, das 72 canções mostradas, 54 foram censuradas, entre as quais o primeiro sucesso, Comportamento Geral. Neste início de carreira, a apresentação agressiva e pouco agradável aos olhos da mídia lhe valeram o apelido de "cantor rancor", com canções ásperas, como Piada infeliz e Erva. Com o começo da abertura política, na segunda metade da década de 1970, começou a modificar o discurso e a compor músicas de tom mais aprazível para o público da época, como Começaria tudo outra vez, Explode Coração e Grito de alerta, e também temas de reggae, como O que é o que é' e Nem o pobre nem o rei.
As composições foram gravadas por muitos dos grandes intérpretes da MPB, como Maria Bethânia, Simone, Elis Regina (Redescobrir ou Ciranda de Pedra), Fagner, e Joanna. Dentre estas, destaca-se Simone com os grandes sucessos de Sangrando, Mulher, e daí e Começaria tudo outra vez, Da maior liberdade, É, Petúnia Resedá.
Em 1975 dispensou os empresários e se tornou um artista independente, o que fez em 1986, fundar o selo Moleque, pelo qual chegou a gravar dois trabalhos.
Nos últimos doze anos de vida, Gonzaguinha viveu em Belo Horizonte com a segunda mulher Louise Margarete Martins—Lelete e a filha deles, a caçula Mariana.
Após uma apresentação em Pato Branco, no Paraná, Gonzaguinha morreu aos 45 anos vítima de um acidente automobilístico às 07:30h do dia 29 de abril de 1991, entre as cidades de Renascença e Marmeleiro, enquanto dirigia o automóvel rumo a Francisco Beltrão, depois ia a Foz do Iguaçu. Este trágico acidente encerrou de forma repentina a sua brilhante carreira.

Abaixo, assista ao vídeo (qualidade não muito boa, mas é lindo!)


terça-feira, 20 de julho de 2010

COMENTÁRIOS NÃO POSTADOS

Mais uma vez reitero que, não pulicaremos comentários com ofensas pessoais nos posts deste blog. Não o faremos, por se tratar de crime contra a pessoa citada, e os comentários anônimos com ofensas, acabam reproduzindo a opinião do editor do blog, que não é o caso.
Se por ventura, alguém insistir em postar comentários com ofensas, favor se indentificar com RG e ENDEREÇO e , após checarmos, publicaremos seu comentário.
Um abraço
Flávio Costa
Editor

segunda-feira, 19 de julho de 2010

EDUCAÇÃO POR QUEM CONHECE

Conheço o atual secretário de educação desde que o mesmo era lider comunitário lá no Conjunto Satélite em Belém. Antes mesmo de vir a ser o titular da SEDUC, Luis cavalcante já escrevia o excelente blog "Diário de um educador" Vale a pena visitar.
Na última postagem, Luis comenta sobre a educação continuada. Professores vindos de Gurupá e de outros municípios marajoaras ,participaram do curso que terminou no último dia 18
Acesse: www.professorcavalcante.zip.net/

MALÁRIA NO MARAJÓ

Ontem (18) o Jornalão dos Barbalhudos (Diário do Pará) trouxe em sua matéria de capa, a famigerada expansão da malária no arquipélago marajoara. Muito me espanta a preocupação dos agentes difamatórios do PMDB em relação à saúde no estado. Há pouco, os pemedebistas estavam comandando a SESPA e nada fizeram pra amenizar este problema. Pois bem. A malária,problema endemico que não encontra uma solução viável, já serviu e sempre servirá de fonte de renda para muitos mercenários. De Anajás à SSBV a doença se propaga em uma velocidade alarmante. As equipes de endemias municipais, sem apoio e muitas das vezes sem vontade mesmo, precisam desempenhar um melhor combate. o IEC, a 7ª CRS, a SESPA, a FUNASA, o Bispo Azcona, a Madre Tereza de Caucutá, sei lá.... Alguém precisa dar um jeito nisso !

sexta-feira, 16 de julho de 2010

A EDUCAÇÃO EM GURUPÁ

A administração Moacir Alho em Gurupá vem se destacando dia a dia. Abaixo links para acessar parte dos excelentes trabalhos desenvolvidos pela secretaria municipal de educação, capitaneada pela pedagoga Jacirene Coelho.

SEMED apóia Projetos Pedagógicos na Zona do Campo.
www.semedgurupa.net/portal/modulos/informacoes/principal.php?intNotID=240

O IDEB DO MUNICIPIO DE GURUPÁ
www.semedgurupa.net/portal/modulos/informacoes/principal.php?intNotID=241

Festa Junina na Zona do Campo
www.semedgurupa.net/portal/modulos/informacoes/principal.php?intNotID=242

quinta-feira, 15 de julho de 2010

BOAS NOTÍCIAS PARA O TURISMO EM SSBV

Comentário deixado na caixinha do post " Turismo de Base Comunitária"
Andressa Borges disse...
Olá Flávio, o Turismo de Base Comunitária é um segmento que já vem sendo discutido em São Sebastião da Boa Vista e Curralinho,inclusive esse foi o tema da minha monografia da Especialização de Gestão Ambiental. Agora estamos concluindo um projeto que será entregue ao Ministério do Meio Ambiente que já acenou com o interesse em investir no Turismo de Base Comunitária nesses dois municipios
.

MARAJÓ NO AMAZONAS ?

Ontem (14) no Programa do Jô, o nosso querido gordo, deu uma mancada enorme.
Primeiro ele e seu entrevistado, Luis Carlos Miele, fizeram uma piadinha com a cerâmica marajoara, e depois afirmou e colocou sua platéia em situação vexatória.
veja vúdeo abaixo:

SEGURO DEFESO: A CASA CAIU !

A Polícia Federal prendeu ontem na Ag. da CAIXA em Belém, um presidente de associação de pescadores de Muaná. Durval, como é conhecido, estava acompanhando cerca de 500 pescadores vindos do município marajoara.
Leia mais:
www.diariodopara.com.br/N-99874-POLICIA+FEDERAL+DESMASCARA+MAFIA+DO+DEFESO.html

O MELHOR DA MÚSICA BRASILEIRA

Meu mano (a), hoje é quinta, dia de conhecermos o melhor de nossa música. Hoje conheceremos o excelente Lula Barbosa....

Assim ele conta um pouco de sua vida...

Cresci em São Paulo, na Vila Santa Catarina atrás do Aeroporto de Congonhas, onde o lazer preferido era irmos ao aeroporto ver os aviões chegarem e decolarem nos idos anos 60. Esse era o passeio preferido dos paulistanos que moravam ao redor do romântico aeroporto. Naquele tempo era como se a gente vivesse no interior, pois não havia quase luz de rua e volta e meia tinha gente em volta de uma fogueira, meus tios com violão, cavaquinho, sanfona, flauta, batata doce, quentão e a seresta ia até altas madrugadas, e eu só espiava e sonhava com músicas de Francisco Alves, Orlando Silva, Ataúfo Alves, Dalva de Oliveira, Caubí Peixoto, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Ângela Maria, Cascatinha e Inhana etc...
Concluí o ginásio no GEBI no Jabaquara, que ficava atrás da garagem de ônibus da CMTC e acompanhava a Dona Lourdinha de Pirajú, minha professora de música nas aulas e incentivado por ela participei do primeiro festival da 2ª Delegacia de Ensino do Estado de São Paulo com o samba “Meu sonho na avenida” de minha autoria, Joel e Paulinho: ganhei o 2º lugar ao lado do grupo Semente.
Não parei mais. Continuei nos festivais estudantis. Concluí o colégio no C .E. Quirino Ferreira na Vila Guarani e fui fazer o cursinho no Anglo Latino na Tamandaré, na Liberdade. Queria ser engenheiro, mas, na hora do intervalo a gente tinha o som no DA supervisionado pelo Barba (prof. Jonas) produtor dos shows da turma e que shows! Lá conheci verdadeiros bambas da nossa música como o Joel Nunes, Mineiro, Dudah Lopes, Mariô, Pércio e Marcio Marote, Fernando Carvalho, Mexerica do grupo Canto a Canto, Nico Rezende, Ulisses Rocha, Jose Lópes, Claudia etc...1976 era o auge da MPB e eu já estava totalmente envolvido, tomado com a música de Chico, Milton, Simone,Taiguara, Gil, Geraldo Vandré, Caetano, Edu Lobo, Gonzaguinha, Ivan Lins, Elis, Clara Nunes, Vinícius, Tom Jobim, Egberto Gismonti etc...e não tinha percebido que ali estava o meu caminho. Entrei na Metodista (Instituto Metodista de Ensino Superior) para fazer Publicidade e Propaganda. No show de calouros fui chamado ao palco pelo Tom Zé, atendendo aos reclamos da minha turma da faculdade e meio sem jeito acenei com as mãos mas, não subi ao palco por timidez. Daí não teve jeito, abandonei os estudos no 4º ano, sob protestos da minha mãe e da Tia Hélia, minha segunda mãe, e segui com a música até os dias de hoje. E não me arrependo, pois tudo o que tenho e sei foi a música que me deu e me ensinou
Abaixo, veja vídeo.


quarta-feira, 14 de julho de 2010

XIV IFNOPAP/Campus Flutuante

Um grupo de pesquisadores, professores, estudantes, artistas irão navegar por sete municípios do estado do Pará onde realizarão uma rede de trabalho de ensino, pesquisa e extensão garantindo ações sociais a mais de 10 mil pessoas. Com apoio da Universidade Federal do Pará (UFPA) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (FAPESPA), o projeto “O imaginário das formas narrativas orais populares da Amazônia paraense (IFNOPAP)”, criado em 95, reúne um rico acervo de narrativas orais, mitos e lendas da região Amazônica e contribui para a formação acadêmica de alunos de graduação e de pós-graduação da UFPA.
Com atividades de ensino, pesquisa e extensão o Projeto comemora 10 anos de seminários embarcados navegando por sete municípios do Pará. A 14ª edição do evento irá ocorrer de 10 a 18 de setembro de 2010, retornando aos municípios do Arquipélago do Marajó, com propostas de ações nas localidades de Belém, São Sebastião da Boa Vista, Curralinho, Bagre, Breves, Melgaço e Portel.



http://www.portal.ufpa.br/imprensa/noticia.php?cod=3896

O BOAVISTENSE - JUN/JUL - DIAS 24 E 25


Estamos fechando a próxima edição de " O Boavistense ". Abaixo, nossos destaques:

- Seguro-defeso: Saiba mais (capa)

- Espaço do Legislativo Municipal (pág. 02)

- Entrevista com o Sec. Mun. de Educação, José Maria (pág 03)

- São Sebastião da Boa Vista: Volta às aulas (págs. o4 e 05)

- Atualidades/Cultura (pág.06)

- Ações da Secretaria de Saúde (pág. 07)

- Atualidades/cultura (pág. 08 )


Aguardem ! Breve, nas ruas e nos rios da Veneza do Marajó.

terça-feira, 13 de julho de 2010

NÃO COLOQUE SEU VOTO AÍ!


OFENSAS DESNECESSÁRIAS

Faço questão de trazer ao palanque (pois sei que é isso que o comentarista quer) o comentário deixado na caixinha do post "Denúncias, só com identificação".

Anônimo disse...
Papo furado de notificação, de sério n tens nada.
isso é dscp p ocultar as mortes por menigite em são sebastião.... tá pegando ponta, mais n se preocupa antes do festival vamos divulgar em um jornal sério. tic tac, e o tempo tá acabando...tic tac, tic tac...

Fico feliz de estar provocando a iniciativa popular, meios de comunicação alternativa precisam ser criados para democratizar a informação. Me preocupa o rancor e o ódio dispensado a mim pelo anônimo, a população quer respostas sim para os casos de malária, meningite, doença de chagas, falta de remédios, de funcionários.... E vamos informar, assim como, também estamos investigando outras irregularidades cometidas por alguns representantes do terceiro setor.

DENÚNCIAS, SÓ COM IDENTIFICAÇÃO !

Após receber diversos comentários nas caixinhas dos posts, tomo a decisão de só aceitar denúncias contra entes públicos, apenas com identificação do autor. O excesso de comentários anônimos com conteúdos pejorativos, resultaram em notificação à este blog.
Somos contra qualquer tipo de censura, mas a liberdae de imprensa precisa ser usada com responsabilidade, sem ferir o código penal.
Lembro ainda que, críticas às ações destes mesmos entes públicos, ainda poderão ser feitas no anonimato

Flávio Costa
Editor

sábado, 10 de julho de 2010

FUTURO DE TODO BLOGUEIRO?


O título deste post foi extraído do blog do Manuel Dutra e a imagem do blog da Ronilma Santos.

Nestes últimos 4 meses, o blog recebeu uma média de 8.000 visitas. E nestas visitas alguns comentários foram deixados na caixinha dos posts. Muito me orgulha o reconheimento deste trabalho, que se completa com a edição do jornal O Boavistense e futuramente, com a versão impressa do blog que vai correr os quatro cantos do arquipélago.

Pois bem, a idéia deste blog é provocar o debate, não permitindo ataques pessoais,e sim ,críticas às ações de gestores, empresários, e etc...

Tenho sido alvo de algumas acusações sem fundamento. Já disseram que este blog e o jornal estão comprometidos, que o meu suposto profissionalismo é duvidoso, e agora, me compararam ao Sucupira ( jornal apócrifo que circula vez ou outra em SSBV).

Gostaria de informar que vou continuar este trabalho, e que os frutos dele, serão apreciados por todos, por muitos e muitos anos....


TURISMO DE BASE COMUNITÁRIA

São Sebastião da Boa Vista e outros municípios que foram menos agraciados com belezas naturais no arquipélago, têm um ótima oportunidade de explorar seus recursos naturais.
Crescendo a cada ano, o turismo de base comunitária é uma alternativa para as comunidades que vivem basicamente da exploração e do extrativismo vegetal.
Voçê sabia, que existe gente no sul do país e no exterior, que não sabe como se coleta o açaí?
Na próxima edição de O Boavistense, traremos matéria especial sobre o assunto.
Turismo de Base Comunitária como alternativa para a inclusão social.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

TÁ LOTEADO ?

Prestes a ser inaugurado, o novo trapiche já é alvo de polêmica. Segundo notícias vindas do município, o espaço para exploração comercial existentes na obra, já está direcionada a um comerciante que ocupa indevidamente um logradouro público. Em contato com a Diretoria de Obras Hidroviárias da SETRAN, uma colaboradora do blog recebeu a informação que o diretor Cézar Sérgio está em Curuçá entregando obras, e na segunda, informa a data da inauguração do espaço em SSBV.
O blog entende que, a exploração de espaços públicos, (inclui-se aí o quiosque da praça da matriz), deve ser feita através de concessão pública após sorteio aberto à quem se habilitar ou licitação.
Vamos ficar atentos, e desde já deixamos o espaço aberto para esclarecimentos da Prefeiura de São sebastião da Boa Vista.

PARCERIA PRA COMBATER O AVANÇO DA MALÁRIA EM SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA

Como divulgado anteriormente, o Secretário de Saúde de SSBV, Delcimar Viana, reuniu-se com a Chefa da 7ª regional da SESPA para solicitar a co-supervisão no combate à malária no município.
Ficou acertado que uma equipe se deslocará ao município no dia 26 do corrente para supervisionar os trabalhos. Também ficou acertado que no dia 31 será realizado um encontro para debater as ações com a SESPA.
A ótima relação de São Sebastião da Boa Vista com a SESPA e a 7ª Regional, tem como resultado uma maior preocupação da Secretaria Estadual com os municípios marajoaras, pois, as solicitações de SSBV sempre se estendem aos municípios vizinhos.
Abaixo, os números atualizados de casos de malária confirmados em SSBV e nos municípios limitrofes:
ANAJÁS - 13.548
OEIRAS - 5.463
CURRALINHO 3.183
BAGRE - 1.367
SSBV- 666

quinta-feira, 8 de julho de 2010

EDUCAÇÃO E ARTE


MALÁRIA EM SSBV

Agora há pouco pelo twitter, o secretário de saúde de São Sebastião da Boa Vista, Delcima Viana, nos informa sobre o aumeto de casos confirmados de malária no município. São 675 casos.
O secretário reunirá com a chefa da 7ª regional de Saúde da SESPA para pedir a co-supervisão no combate à doença. Outros orgãos também serão acionados.

O MELHOR DA MÚSICA BRASILEIRA

É quinta-feira, dia de tomar a primeira e escutar o melhor da música brasileira.
O cantor e compositor Raimundo Sodré é um dos mais injustiçados artistas do Nordeste. Teve sua carreira de certa forma abortada. Depois de conseguir um estouro nacional, em 80, com a música A Massa e LP homônimo, não emplacou mais nenhuma. Assim, diluiu sua projeção dentro da Música Popular Brasileira (MPB). Apesar de ter lançado mais dois trabalhos de consistência nos dois anos seguintes, o impacto nunca foi o mesmo. Com sua música recheada de nordestinidade, principalmente a derivada da música do Recôncavo, como chulas e sambas de roda, Raimundo Sodré fez uma música de cunho popular, porém, recheado de uma lírica de primeira qualidade.
O poeta do Recôncavo nasceu em 20 de julho de 1948, na cidade de Ipirá, zona limítrofe entre o Sertão e o Recôncavo baiano. Criado entre esta cidade e Santo Amaro da Purificação (Recôncavo), o autor e compositor Raimundo Sodré desde cedo já bebia na fonte do imenso caldeirão cultural da região onde cresceu. Antes de despontar para o Brasil com o hit A Massa, terceiro lugar no Festival MPB, seu caminho não foi fácil. Largou a Faculdade de Medicina em 1972 e foi morar em São Paulo, vivendo de aulas de violão e shows e m barzinhos. Pelejou como vendedor de gravador, trabalhou em financeira. A carreira só começou a engrenar quando passou a fazer algumas apresentações em casas noturnas de São Paulo, como na extinta Partido Alto.
Honrando sua forma de compor como violeiro na composição e no canto, Sodré é um seguidor de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, "chegando junto dos mestres de chula" da Bahia, mas tem uma especial atenção com a base rítmica da sua música. Sua formação musical inclue um contato íntimo com a percussão, uma vez que a mãe e a tia participavam dos ritos de Candomblé e, desde os sete anos, Sodré aprende a tocar os três tipos de atabaques: o lê, pi e rum, do mais agudo ao mais grave, respectivamente, dentro da cadência para a evocação dos orixás.
Acesse: http://www.raimundosodre.com.br/


terça-feira, 6 de julho de 2010

segunda-feira, 5 de julho de 2010

SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA GANHARÁ NOVO TRAPICHE

A Veneza do Marajó, receberá em breve da Secretaria Estadual de Transportes - SETRAN, o seu mais novo trapiche municipal. Com isso, as embarcações agora terão onde atracar e descarregar suas mercadorias e seus passageiros.

sábado, 3 de julho de 2010

EM SSBV

Em plena distribuição da segunda edição de O Boavistense, fizemos uma pausa para informar que, nosso folhetin está sendo muito bem aceito.
Breve aqui e em O Boavistense, matéria especial sobre o desvio de material de construção da quadra e do estádio de futebol que está sendo construido.
Colhendo informações e confirmando fontes.... Aguardem !

quinta-feira, 1 de julho de 2010

O MELHOR DA MÚSICA BRASILEIRA


Quinta-feira, dia de conhecer o melhor de nossa música....
Joyce Silveira Moreno, conhecida apenas como Joyce, (Rio de Janeiro, 31 de janeiro de 1948) é uma cantora, compositora e instrumentista brasileira da MPB.
Lançou o primeiro disco em 1968, pela gravadora Philips. No entanto, o auge da popularidade foi entre o final da década de 1970 e o início da década de 1980, obtendo sucessos como Clareana ,Feminina ,Monseiur Binot e Da cor brasileira.
Coração Selvagem, uma canção cantada por ela, foi usada como trilha sonora do anime (desenho japonês) Wolf's Rain, e também foi lançada como parte da trilha sonora oficial da série.
Tem duas filhas com o músico Nelson Angelo, que também são cantoras: Clara Moreno e Ana Martins.
Joyce é hoje uma das artistas brasileiras mais conhecida no Japão