sábado, 2 de junho de 2012

40 ANOS DO NAUFRÁGIO DO PRESIDENTE VARGAS

Extraído do Blog do João Lima
Foi no sábado, 03 de junho de 1972 que fiz a ultima viagem no Navio Presidente Vargas.
Se hoje, sábado, fosse 03 de junho, seria muita coincidência, mas, de qualquer forma, o dia é hoje, embora a data não o seja.
Aliás, já tive a oportunidade de escrever neste blog sobre o navio em 2009. Hoje volto ao assunto em virtude fazer 40 anos, no dia 04 de junho (segunda feira), que o navio Presidente Vargas está no fundo do Rio Paracauary.
Será que a data merece ser lembrada? Será que merece alguma comemoração? Lembrada sim, comemorada, não. Ainda me lembro daquele 03 de junho de 1972. um sábado, saí de Belém, para Soure, na costumeira viagem das 14:00 horas, com parada em Mosqueiro. Apesar dessa parada, às 17:30 estava aportando na chamada "Perola do Marajó". Retornei a Belém, saindo de Soure às 18:00 e por volta das 21:00 ja estava em Belém. Para os dias de hoje, parece incrível, mas é rigorosamente verdadeiro - três horas de viagem - Soure-Belém. O Presidente Vargas após a viagem de sábado, faria a viagem de domingo (04 de junho), Belém-Mosqueiro e depois viria direto para Soure, de onde voltaria para Belém.
Mas não houve volta. O navio Presidente Vargas, nunca mais voltou para Belém Segundo comentários da época, o Navio Presidente Vargas, teria saido na sexta feira do dique da então ENASA - Empresa de Navegação da Amazonia - aonde tinha sido submetido a uma revisão de rotina.
O navio havia feito a viagem da sexta feira à noite Belém-Soure-Belém. Fizera a de sábado que, segundo comentários da época, na volta pra Belém. começara "a fazer água". No fatidico domingo, 04 de junho de 1972, tudo aconteceu.
O navio o Presidente Vargas não voltou mais pra Belém. Nunca mais!
AFUNDOU!. Isso mesmo, AFUNDOU! Em frente ao trapiche de Soure.
 Dia 04 de junho de 2012, segunda feira, é aniversário do Navio Presidente Vargas !
 40 ANOS NO FUNDO DO RIO PARACAUARY .
Aí vêm as perguntas: O que aconteceu? Como aconteceu? Quem foi ou quais foram os culpados? Por que o navio não foi resgatado? Enfim, essas e outras perguntas ficaram sem resposta até hoje.
 Lamentamos. Agora, vejam acima a foto do NAVIO PRESIDENTE VARGAS e compare com aquelas coisas que dizem ser navios que navegam na rota Belém-Camará.
 QUE SAUDADES !

11 comentários:

  1. eu acho a historia muito legau embora muito triste.
    Mas alegre que nimguem se feriu

    ResponderExcluir
  2. O naufrágio do "Presidente Vargas" foi um crime, uma sabotagem preparada pelos tubarões da ENASA para desviar as atenções de um rombo milionário praticado por eles dentro da empresa. Quem contava essa estória com todos os detalhes sórdidos era o falecido comandante Sinfrônio Queiroz,do SNAPP, que descobriu tudo e botou a boca no trombone. Infelizmente, ninguém conseguiu provar nada, e os mosqueirenses e veranistas ficaram sem o seu lindo navio. Dizem os nativos de Mosqueiro que nas noites de lua cheia, à meia-noite, quem está no trapiche da Vila consegue ver o vulto do velho "Presidente" passando ao largo, e ouvir seu sonoro apito. Virou um navio fantasma...

    ResponderExcluir
  3. o navio era muito bonito mais porque nao resgataram do fundo? porque n subistituiram ele?

    ResponderExcluir
  4. Ola,meu nome e Beatriz Freitas moro em soure,as varias vezes que vou no trapiche de soure ainda consigo ver a corrente que dizem que prendia o navio.
    Meu numero para contato é:80706145 ou 85029074.

    ResponderExcluir
  5. Quando garoto viajei por diversas vezes no Pte. Vargas, era uma festa, pois o mesmo era muito confortável e rapido. Todas as vezes que entrava na foz do Rio Paracauri rumo ao trapiche, era lindo ver o deslizar do navio nas aguas barrenta do rio. Era atração para a população sourense, pois todos se orgulhavam no lindo navio. Quando o meu irmão mais velho com essa noticia em casa, o pobre quase apanha do papai, pois para todos nós aquele informação não passava de boatos. O prefeito de Soure na época Sr. Alberto Fadul, enviou uma maquina niveladora para tentar arrastar o navio para a pequena praia do trapiche de Soure. Depois essa atitude do prefeito serviu de piada entre os moradores, pois uma maquina dessa jamais conseguiria arrastar o navio. Na minha opinião foi negligencia dos dirigentes na ENASA em não salvar o navio, pois o mesmo ficou emborcado pois mais de 2 anos, tempo suficiente para ser resgatado, entretanto nada fizeram, ainda assim o mesmo fora vendido para uma pequena empresa de navegação denominada JONASA, que sem nenhum recurso tecnologico para fazer a operação de resgate, o mesmo acabou afundando definitivamente para a parte mais funda do rio, que segundo informações é de mais de 70m de profundidade.
    Meu nome é ANTONIO PEDRO TORRES SANTOS, atualmente moro em Santarém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Antonio, gostaria de saber se conheceu o Jose da Costa Ribeiro que por alguns era conhecido como alemão ele trabalhou na ENASA? Um grande abraço e obrigado por compartilhar suas experiencias!
      meu email regribeiro1@gmail.com

      Excluir
  6. Jamais esquecerei as viagens que na madrugada de domingo faziamos para passar o dia em Mosqueiro. Era o coroamento para nós, os festeiros adolescentes de Belém , faziamos em nossos finais de semana ! Hoje com 77 anos e distante de Belém , ainda sonho com aquela travessia de navio , verdadeira felicidade !
    Meu Deus ... como eramos felizes !!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Um navio como esse ñ era para estar no fundo do mar hoje !!!

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de saber se alguém dessa época tem ou sabia alguma notícias da equipe de mergulhadores q foram em soure tentar resgatar ou amarrar aquelas correntes la nas mangueiras antes de ele afundar totalmente seria séria de uma grande importância de qual empresa eles eram

    ResponderExcluir
  9. Alguém sabe de qual empresa era os meguladores q foram la tentar resgatar o navio q parese q eles até amarraram correntes do navio pras mangueiras ande e afundar totalmente

    ResponderExcluir