sábado, 23 de junho de 2012

ADEPARÁ TREINA NOVOS AGENTES VACINADORES EM PORTEL

Aula teórica
Aula prática

A gerência da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) de Breves, em parceria com a Prefeitura Municipal de Portel promoveu treinamento para agentes vacinadores, entre eles produtores rurais, vaqueiros e demais trabalhadores do setor pecuário, no total de 20 participantes. A programação foi realizada no município de Portel, localizado no arquipélago do Marajó.
 Os trabalhadores receberam informações para a aplicação correta da vacina. A parte teórica foi realizada na Secretaria de Desenvolvimento (Sede) do município, onde aconteceram palestras sobre as doenças brucelose e tuberculose. A palestrante Samyra Alves também falou sobre a biossegurança na vacinação, o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose, assim como as legislações federais e estaduais e procedimentos a serem realizados pelos agentes vacinadores. A parte prática foi realizada na fazenda São Domingos, em que 26 bezerras foram vacinadas e marcadas com V2. A faixa etária dos animais foi de 3 a 8 meses. Os participantes receberam certificados que atestam a capacitação para atuarem como agentes vacinadores. Eles serão, a partir de agora, facilitadores juntamente aos médicos veterinários para colaborarem para o desenvolvimento do programa na região.
  Por se tratar de uma vacina viva e atenuada torna-se imprescindível a capacitação e treinamento na vacinação contra brucelose, visto que a manipulação da mesma oferece risco à saúde do manipulador. As palestras foram ministradas pelas médicas veterinárias Samyra Alves, responsável pela Unidade Local da Adepará de Breves e Vânia Cavalcante, cadastrada no Programa de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose da Adepará. Nos municípios onde há carência de assistência médica-veterinária da iniciativa privada, faz-se necessário aumentar o número de agentes vacinadores cadastrados pelo serviço oficial, no intuito de viabilizar a realização da vacinação seguindo as normas do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose.

Fonte: Ag. Pará de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário