sexta-feira, 30 de novembro de 2012

RAPIDINHAS

*** E o novo mandato de Getúlio Brabo em SSBV  já tem seu 1ª secretário municipal. Trata-se de Netão Alves. Com forte atuação na campanha que levou Getúlio a realizar um sonho lúdico de ser eleito prefeito, Netão deve assumir pasta importante. O burburinho dá conta de que Saúde e Assistência estariam reservadas pra ele.. Oremos...

*** A reunião dos prefeitos marajoaras com o governador Simão Jatene na semana passada,  mostrou a dependência de prefeitos às esmolas oficiais. Mas, um detalhe não passou em branco. Na foto oficial, apenas os prefeitos petistas Getúlio Brabo (SSBV) e João Luiz (Soure), posaram ao lado de Jatene...

*** O prefeito eleito de Portel, Paulo Ferreira ( ou do Posto), já está trabalhando bastante pra iniciar seu mandato com condições de desenvolver ações prometidas em campanha. Paulo lançou campanha em seu perfil no facebook, pedindo sugestões para a AGENDA MÍNIMA dos primeiros 100 dias de governo.

*** Badaladíssima será a festa de posse do prefeito Ely Batista, de Oeiras do Pará. Além de atrações locais, o Grupo TRILOGIA ( Marco Monteiro, Lucinha Bastos e Nilson Chaves) é atração confirmada. Toda esta festa é pra marcar uma nova fase na administração municipal, garante Ely.

*** Breves comemora 162 de emancipação. Como acontece todos os anos, uma grande atração nacional é contratada. Este ano a Banda Babado Novo se apresentará na capital do Marajó.

Depois voltamos..Inté..

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

VEM, SUMANO!


SAGRI OBTÉM R$ 4,7 MILHÕES PARA AGRICULTURA FAMILIAR

Os recursos vão beneficiar 12 projetos no Estado. Nove deles são de responsabilidade da Secretaria de Estado de Agricultura.
O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) destinará ao Pará, em 2013, recursos da ordem de R$ 4,7 milhões, pelo Programa de Infraestrutura e Serviços nos Territórios Rurais (Proinf), para serem aplicados na área de agricultura familiar e assentados da reforma agrária. A verba foi garantida a partir de propostas de ação orçamentária apresentadas pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), ao MDA. O Pará foi o primeiro da região Norte a concluir, ter aprovado e empenhado suas propostas, juntamente com a contrapartida a que o Estado se propõe.
 A boa notícia foi comunicada pela Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDU) do Ministério, na manhã desta quinta-feira, 29, aos técnicos da Sagri que atuam na Diretoria de Agricultura Familiar (Diafam), agradecendo o empenho e a disponibilidade de todos os funcionários envolvidos no processo.
 As propostas de projetos foram elaboradas pelos técnicos da Sagri, em parceria com o Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável, Colegiados Territoriais e Delegacia Federal de Desenvolvimento Agrário no Pará, e depois submetidas à aprovação do Programa para o Desenvolvimento dos Territórios Rurais (Pronat), que faz parte do MDA, ao qual o Proinf é vinculado.

Continue lendo...

Fonte: Agência Pará

BINGÃO EM MUANÁ

Convite 

A COMAM em Muaná, realizará um  BINGAO na Arena FestCam :
Sábado e Domingo 1 e 2 Dez.
Somzao GuGuBoy - Magnata,Tropical -

Convide Seus Amigos
Será um prazer receber a todos..

 Ass. Souza Comam 091 - 9100-6933

GOLPE EM GURUPÁ

O belíssimo prédio  da prefeitura de Gurupá
E o pleito de outubro está bem longe de acabar em Gurupá. O que se comenta na cidade é que pessoas influentes do meio político, estão armando um "golpe" para não deixar o prefeito eleito Nogueira (PT) assumir a Prefeitura em 1º de janeiro de 2013.
Segundo informações repassadas ao blog, um dossiê está sendo montado para entrar com uma ação na Justiça Eleitoral para cassar a diplomação de Nogueira.
Porém, já sabem que irão perder a ação em Gurupá, mas recorrerão ao TRE/PA e  ganharão.
A decisão do TRE/PA mudará a decisão do Juíz local e afastará Nogueira da Prefeitura..
Por sua vez, os figurões articularão a eleição da presidência da Câmara Municipal que poderá levar uma vereadora a assumir o cargo em 2013 e, com isso,  assumirá a Prefeitura por pelo menos 90 dias.
"Serão mais 90 dias para continuar a farra existente", desabafam os correligionários de Nogueira.
Outra manobra também já estaria sendo feita, apresentar a candidatura de um vereador do PT para ser o Presidente da Casa Legislativa, vereador este com ligações com o grupo que não quer permitir a posse de Nogueira. Muda a personagem mas não mudam os fatos.

PORTEL RECEBE CURSOS DO SENAI EM UNIDADES MÓVEIS

A Prefeitura Municipal de Portel oferece à população os cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI. Os cursos são realizados nas Unidades Móveis, que são carretas-salas de aula, que compõem um ambiente de aprendizagem com tecnologia avançada, modelo industrial, e é voltada para cursos de Educação Profissional. A unidade é toda climatizada, possui projetor multimídia, computadores e outras tecnologias para facilitar o aprendizado. Para ingressar num curso, o aluno(a) deve passar por uma prova objetiva de português e matemática nível fundamental.
 A presença do Senai em Portel, deu-se através da articulação política do prefeito eleito Paulo Ferreira, do Vereador João Denis (Preto da Marina) e do prefeito Pedro Barbosa, que empenharam-se junto ao Superintendente do Senai-PA Gerson Peres.
 A coordenação local do Senai é executada pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo – SECELT, responsável pela mobilização, publicidade, inscrições, execução das provas, hospedagem e alimentação do instrutor, além de segurança, manutenção e alocação da Unidade Móvel.
Está em andamento, desde o mês de setembro de 2012, o curso de Mecânica de Motocicletas, que estará encerrando no mês de dezembro e formando 46 alunos que estarão amplamente qualificados para o mercado de trabalho.
 E o município já vai receber mais uma unidade móvel, desta vez com o curso de Costura Industrial, que também é voltado para o empreendedorismo, onde o aluno(a) irá aprender técnicas de produção de vestuário geral em larga escala, num ambiente com equipamentos de última geração, dispondo de máquinas de corte de disco, galoneiras, overloques, elasticadeiras, etc. As inscrições estão abertas e podem ser feitas na Secretaria Municipal de Assistência Social – SETRAS, das 14:00 às 17:00hs, até o dia 04 de dezembro de 2012. Portanto, não perca sua chance de ingressar num curso com a qualidade e o reconhecimento que o Senai dispõe em todo o território nacional.

 PRÉ-REQUISITOS:
· Ter idade mínima de 17 anos;
 · Ter cursado ou estar cursando o ensino fundamental;

PARA A INSCRIÇÃO É NECESSÁRIO:
· Cópia do RG; · Cópia do CPF;
· Cópia do Comprovante de Residência;
· Preenchimento da Ficha;
· Auto-declaração de Baixa-renda (feito no ato na inscrição);

 PROVA OBJETIVA: 05 de dezembro de 2012;
LOCAL: Escola Abel Nunes de Figueiredo
HORÁRIO: 18:00hs
TURNOS: manhã (09:00 às 12:00), tarde (14:00 às 17:00) e Noite (18:00 às 21:00);
DURAÇÃO DO CURSO: três 903) meses;
INÍCIO DO CURSO: 07 de janeiro de 2013.
CONTATO: seceltportel@gmail.com (91) 8247.1318

Fonte: Assessoria/SECELT

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

MAGISTRADO VAI TER QUE MORAR NA COMARCA EM QUE ATUA

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) reafirmou que é obrigatório que o magistrado more na comarca em que atua. As autorizações para que juízes residam em outras comarcas são excepcionais e devem ser regulamentadas pelos tribunais, de forma fundamentada. A decisão foi tomada na 159ª sessão plenária, em resposta à consulta formulada pela Associação dos Magistrados de Alagoas. O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, estava presente à sessão plenária e acompanhou os debates.
 Por unanimidade, os conselheiros aprovaram a resposta formulada pelo relator da consulta, conselheiro José Guilherme Vasi Werner, que confirmou a obrigatoriedade de juízes morarem nas comarcas onde atuam. A regra, segundo o conselheiro, está prevista tanto na Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman), quanto na própria Constituição Federal. “Não há direito subjetivo do magistrado residir fora da comarca, compete aos tribunais regulamentar a matéria e decidir os pedidos sempre de forma fundamentada, cabendo ao CNJ o controle da legalidade”, afirmou o relator.
 Nesse sentido, lembrou Werner em seu voto, a própria Resolução n. 37/2007 do CNJ determina aos tribunais que editem atos normativos para regulamentar as autorizações em casos excepcionais, segundo critérios de conveniência e oportunidade. Na análise dos casos concretos, as Cortes devem ainda analisar se a autorização para o magistrado residir em outra comarca não prejudicará a prestação jurisdicional, conforme reforçou o conselheiro. (Com informações do site do CNJ)

Fonte: OAB

MORADORES DO ENTORNO DO PARQUE CHARAPACU RECEBEM OFICINAS

Moradores das localidades próximas aos rios Preto, Panacalhau e Cajarí, no entorno do Parque Estadual Charapucu, localizado no município de Afuá, participaram, neste mês, de três oficinas de diagnóstico socioeconômico oferecidas pela Diretoria de Áreas Protegidas, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Os trabalhos, coordenados pela Gerência de Proteção do Meio Socioeconômico e Cultural (Gemec) e apoio da Gerência do próprio Parque, iniciaram no início deste ano, com a aplicação de questionários pela equipe.
 “As oficinas fizeram parte da última etapa do diagnóstico, que visa subsidiar o plano de manejo do Parque”, explica Ernildo Serafim, do Gemec. Segundo ele, estas ações têm contribuído com o cadastramento dos moradores do interior, com a formatação do termo de compromisso (a ser celebrado) e com a regularização fundiária da área.
 O Parque Estadual Charapucu, criado pelo Decreto Estadual Nº 2.592, de 09/11/2010, fica no município de Afuá - considerado a Veneza do Marajó e que está inserido na foz do rio Amazonas, o maior em extensão e volume de água do mundo - e é coberto predominantemente por florestas de várzeas e igapós, que são recortados por uma imensa rede de rios, igarapés e lagos de águas doces.

Fonte: Agência Pará

MINISTÉRIO DA SAÚDE PREMIA 283 EQUIPES DE ATENÇÃO BÁSICA NO PARÁ

 Vão receber um total de R$ 973 mil por terem melhorado a qualidade do atendimento à população

O Ministério da Saúde vai premiar, pela primeira vez, o alto padrão de qualidade das Equipes de Atenção Básica (EAB) que integram a política Saúde Mais Perto de Você. A lista das equipes que foram avaliadas pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) consta da Portaria 2.626. Para Pará, serão destinados R$ 973 mil referente à avaliação de 283 equipes que aprimoraram o padrão de qualidade no atendimento à população. Serão beneficiados 92 municípios paraenses
 Em todo o país, serão repassados quase R$ 75 milhões referentes à certificação de 15.095 equipes de 3.532 municípios. Desde o ano passado, o Ministério da Saúde já repassou para o PMAQ R$ 534 milhões. Só para o Pará já foram destinados R$ 9,1 milhões. “É a primeira vez que o Ministério da Saúde está repassando recursos com base na qualidade do atendimento na Atenção Básica. Agora, passamos a ter um padrão de qualidade nacional”, afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
 Também pela primeira vez, o Ministério da Saúde ouviu, pessoalmente, a opinião dos usuários sobre o atendimento prestado por Equipes de Atenção Básica. Foram entrevistados 55.951 mil usuários. No Pará, 1.229 usuários participaram da avaliação. Equipes bem avaliadas em indicadores – como atendimento pré-natal, acompanhamento de doentes crônicos, tempo de espera por consulta e adequada atenção à saúde do idoso, entre outros – poderão receber até R$ 11 mil por mês.

Continue lendo...

No Marajó, estes foram os municípios contemplados



SPU/Pa REALIZA AÇÕES DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA EM PORTEL E MELGAÇO

Extraído do Blog do Lélio

O Superintendente Lélio da Costa com beneficiados em Portel
Dando continuidade as ações do Projeto Nossa Várzea, a Superintendência do Patrimônio da União no Estado do Pará realizou no período de 22 a 27 de novembro, nos municípios de Portel e Melgaço no Arquipélago do Marajó, dois grandes eventos que foram marcados pela integração das políticas públicas, no que tange a entrega de Termos de Autorização de Uso Sustentável emitidos pela SPU/PA; coleta de assinatura nos Termos de Adesão ao Programa Bolsa Verde do MMA, sob responsabilidade desta Superintendência e Busca Ativa do CADÚnico do MDS, que ficou a cargo das Secretarias de Assistência Sociais dos referidos municípios.
 O evento contou com a participação do Superintendente do Patrimônio da União - Lélio Costa e sua equipe; representantes do poder público local; entidades representativas do movimento social e principalmente das famílias ribeirinhas potencialmente beneficiárias desses programas. Até o dia 26/11 (segunda-feira), 238 famílias ribeirinhas do município de Portel assinaram o termo de adesão ao Programa Bolsa Verde do MMA. No município de Melgaço, 65 famílias foram contempladas com Termos de Autorização de Uso Sustentável e 252 aderiram ao Programa Bolsa Verde, além de inúmeros encaminhamentos do CADÚnico.
 Vale ressaltar que o sucesso de ambos os eventos, se deu em função das parcerias formalizadas nos municípios e principalmente pela participação expressiva das famílias ribeirinhas, que não mediriam esforços para comparecerem aos locais dos eventos, com vistas a acessarem tais políticas públicas e fazerem uso dos benefícios que as mesmas lhes proporcionarão daqui pra frente.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

EMATER CAPACITA AGRICULTORES E TÉCNICOS PARA A UTILIZAÇÃO DE ERVAS MEDICINAIS

Segue até sexta-feira, 30, o primeiro curso de Cultivo, Manejo e Produção de Plantas Medicinais, ministrado a técnicos e agricultores familiares do município de Breves, arquipélago do Marajó. A capacitação, que terá carga horária de 40 horas, acontece na comunidade Santa Luzia, zona rural do município. O curso vai ajudar a identificar, cultivar adequadamente e utilizar as ervas medicinais.
 As técnicas de cultivo pretendem mostrar os vários fatores que contribuem para o bom desenvolvimento da planta, como luminosidade, solo, temperatura e espaçamento, o que influi diretamente na produção dos princípios ativos da planta. Observar e seguir os fatores vai garantir a eficácia na prevenção, tratamento e cura dos males para os quais os produtos são utilizados.
 A capacitação também vai trabalhar o uso racional das essências florestais de onde são extraídos os óleos, como a copaibeira. Segundo Eduardo Benício Gomes, engenheiro agrônomo da Emater, especialista em cultivo, manejo, produção e comercialização de plantas medicinais, uma árvore de copaíba em pé rende até 20 litros de óleo ao ano, com a essência comercializada a R$ 50,00 o litro. “Enquanto que a mesma árvore abatida rende apenas R$ 100”, compara o técnico.
 Serão trabalhadas espécies adaptadas às condições climáticas da região, como marupazinho, que auxilia no combate à diarreia e a ameba; o mastruz, que tem eficácia no tratamento de problemas pulmonares e verminose; a alfavaca, que além de aliviar cólicas menstruais, também é utilizada na culinária.
 A equipe capacitada será multiplicadora das informações na região – que é de difícil acesso e, por isso, os serviços de saúde acabam não chegando com facilidade. Portanto, identificar o que a natureza oferece por meio de ervas medicinais e saber a melhor forma de utilização é essencial.

Fonte: Agência Pará

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

GORDO GARANTE OBRAS IMPORTANTES PARA O MUNICIPIO

Foto: Eunice Pinto ( Agência Pará)
Hoje (23) pela manhã na Casa Civil do Governo do Estado, o governador Simão Jatene e secretários estaduais, reuniram com os prefeitos eleitos e reeleitos no Marajó para divulgar ações do governo em municipios marajoaras
Cledson Rodrigues (Foto), prefeito de Bagre, conseguiu a garantia de construção de 50 casas pela COHAB; a conclusão do Hospital Municipal (Obra que está bem adiantada); a reforma da escola Julião Bertoldo, 8 Km de asfalto de qualidade; uma unidade integrada do PRO PAZ e uma nova delegacia.
Se realmente estas obras chegarem, os bagrenses terão um avanço substancial em sua qualidade de vida.

Com informações de Diego Pereira (Twitter)

GOVERNO ANUNCIA 65 MILHÕES PARA UIPP's NO MARAJÓ

Alem das oito UIPPs, duas novas unidades integradas serão entregues nos próximos dois meses, em Cachoeira do Arari e em São Sebastião da Boa Vista.

O Governo do Estado investirá R$ 65 milhões na construção de Unidades Integradas Polícia Pacificadora (UIPP) em sete municípios da região do Marajó - Salvaterra, Santa Cruz do Arari, Soure, Chaves, Bagre, Melgaço e Ponta de Pedras, além de Gurupá, na região do Xingu - no próximo ano. O investimento foi anunciado aos prefeitos eleitos e releitos dos municípios citados, nesta sexta-feira, 23, durante reunião com o governador Simão Jatene, no Palácio dos Despachos, em Belém. Alem das oito, duas novas unidades integradas serão entregues nos próximos dois meses, em Cachoeira do Arari e em São Sebastião da Boa Vista.
 Durante a reunião, o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha, informou os gestores sobre a aquisição e remotorização de lanchas policiais para todos os municípios da região, atendendo uma demanda exposta ainda durante o encontro. Pelo menos 15 novas lanchas serão entregues já no próximo mês. “Um dos principais problemas quanto à segurança no nosso município é a questão da pirataria pelos rios, que acaba sendo a porta de entrada para outros crimes”, disse o prefeito eleito de Muaná, Murilo Guimarães

Continue lendo...

I FESTIVAL DE TEATRO BOAVISTENSE

Depois do sucesso do 12 Horas de teatro no ar, realizado no dia 19 de maio de 2012 no Teatro da Paz. O Grupo raízes Marajoara,estará realizando o I FESTIVAL DE TEATRO BOAVISTENSE,no período de 01 e 02 de Dezembro de 2012,no centro Comunitário. Teremos no festival 06 espetáculos,tendo em media 100 artistas reunidos durante um dia. Onde será escolhidos 03 quesitos de premiação ( Melhor Ator,Atriz e melhor espetáculo ).

 MAIORES INFORMAÇÕES 9222-7490 e 9332-5565.

Continue lendo...

Fonte: Na Veneza do Marajó

PREFEITOS ELEITOS SÃO RECEBIDOS PELO GOVERNADOR

O governador do Estado, Simão Jatene, anunciou aos prefeitos eleitos do Marajó a construção de aeródromos em grande parte dos municípios da região, durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 23, no Palácio dos Despachos. “Queremos acabar com aquela história de não ser mais possível chegar a um município da ilha do Marajó devido à dificuldade de locomoção”, disse. O governador apontou a ação como um dos investimentos prioritários na região.
 Os aeródromos serão construídos em nove municípios: Afuá, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Santa Cruz do Arari e São Sebastião da Boa Vista. O governador também anunciou a construção de plataformas e terminais hidroviários, nas cidades de Breves, Curralinho, Ponta de Pedras, Salvaterra, Bagre e São Sebastião da Boa Vista.
 A reunião conta com a presença dos prefeitos eleitos nos 15 municípios que compõem a Região de Integração do Marajó e mais Gurupá. O encontro faz parte do pacto “Trabalhando juntos pelo desenvolvimento do Pará” – uma meta do governo de conversar com todos os prefeitos eleitos das regiões de integração do Estado, antes do início do mandato. 
Também estão presentes na reunião o vice-governador Helenilson Pontes, os secretários de Estado das áreas prioritárias e deputados estaduais. “A ideia é que essa não seja uma reunião de discursos. Estamos juntos aqui porque acredito que nós somos um conjunto representativo da capacidade de fazer. Se juntos, nós não conseguirmos fazer, quem conseguirá?”, disse o governador ao iniciar a conversa com os prefeitos.
Jatene explicou aos prefeitos a importância do pacote de investimentos de quase R$ 2 bilhões, com apoio em operações de crédito, conquistado recentemente. “Vamos investir muitos recursos e eu preciso que vocês fiscalizem isso pra mim. Por isso é importante que possamos debater a melhor forma de fazer”. Ele também enfatizou que a questão partidária passou e que a discussão agora é como todos podem unir esforços para atender os anseios da população.
 Após a abertura da reunião, o governador deu a palavra para os prefeitos. Cada um terá dez minutos para expor a situação de seu município. Em seguida, os secretários de estado apresentarão os investimentos que estão sendo feitos na região e por ultimo, será criada uma agenda de compromissos entre o governo do Estado e as prefeituras.
 “Só temos que agradecer a oportunidade e o prestígio que está sendo dado pelo governador porque ainda nem sentamos na cadeira de prefeito e já estamos tendo a honra de ser recebidos e debater juntos os nossos principais anseios”, afirmou a prefeita eleita no município de Ponta de Pedras, Consuelo Castro. Estão presentes na reunião os seguintes prefeitos: Consuelo Castro (Ponta de Pedras), Solange Lobato (Chaves), Murilo Guimarães (Muaná), Getúlio Brabo (São Sebastião da Boa Vista), Paulo Ferreira(Portel), Eduardo Pinheiro (Afuá), Benedito Filho (Cachoeira do Arari), Gledson Rodrigues (Bagre), Xarão Leão (Breves), Marcelo Pamplona (Santa Cruz do Arari), Adiel Moura (Melgaço), Valentim Oliveira (Salvaterra), João Luiz (Soure), Vivaldo Mendes (Anajás), Léo Arruda (Curralinho) e Raimundo Nogueira (Gurupá).
Fonte: Agência Pará

MENINA ESCALPELADA É RESGATADA NO MARAJÓ

Um helicóptero do Corpo de Bombeiros Militar do Pará resgatou, ontem, uma criança vítima de escalpamento no município de Breves, na ilha do Marajó. Viviane Benjó Alves, de 6 anos, teve parte do couro cabeludo arrancada e traumatismo craniano. A menina caiu de uma embarcação na última segunda-feira, quando viajava com a família. A criança chegou a receber atendimento no hospital de Breves, mas, devido à gravidade do caso, foi transferida para Belém.
 O helicóptero que trouxe a criança pousou no quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, localizado na esquina das avenidas Júlio César e Pedro Álvares Cabral, em Val-de-Cães. Uma ambulância dos bombeiros transportou a menina para o Hospital da Santa Casa do Pará. Mesmo em estado grave, a menina se manteve tranquila durante a viagem. "Ela está consciente e aparentemente calma, mas precisava de atendimento de imediato, por isso necessitou ser transferida para Belém. Aqui ela terá avaliação do neurologista", contou a médica Ângela Guimarães, que acompanhou o resgate.
 De acordo com a médica, a criança teve parte do couro cabeludo arrancada pelo eixo do motor do barco. "O impacto sofrido gerou uma fratura no crânio, por isso precisava ser transferida imediatamente. Devido ao traumatismo craniano, não tinha como transferir a criança de barco, pois a demora poderia afetar o quadro de saúde dela. Nossa maior preocupação era com o rebaixamento do nível de consciência dela durante a viagem, mas graças a Deus ela aguentou", completou Ângela Guimarães, que destacou a importância do transporte aéreo no atendimento de pacientes do interior do Estado. "De barco gastaríamos cerca de 12 horas, mas a paciente não podia esperar tanto. Com o helicóptero, fizemos o transporte em apenas 50 minutos".

 Resgates -
O resgate da menina foi o de número 695 desde setembro de 2007, quando o grupamento aéreo foi criado. "Com este atendimento de hoje (ontem) atingimos 695 resgates na aeronave desde a criação do atendimento aéreo. Desse total, 80% são pacientes vindos do Marajó", disse o major Alessandro Zell.

AMAM: SUPERINTENDÊNCIA OU AGÊNCIA REGIONAL

Trago à tona o comentário deixado na caixinha do post "Eleições na AMAM: Um novo rumo?"

José Varella Pereira disse...

Minha opinião não tem nenhum peso sobre este e outros assuntos. 
Mesmo assim não perco oportunidade de meter o bedelho. Acho que a AMAM é bananeira que já deu cacho... Mas o problema não é da bananeira inútil, mas sim dos plantadores. No caso, políticos e prefeitos de maneira geral. Começa pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) com seu presidente quase vitalício dado o desinteresse dos grandes municípios... Nas bases a conversa já começa torna na origem: antes de buscar consensos sobre o que fazer, já começam com a maldita fulalização e politicagem de baixo nível. Voltando à AMAM precisava de reforma jurídica a fim de funcionar como superintendência ou agência regional. Como está é uma agremiação de prefeitos e não de municípios, pois até mesmo vereadores cantam noutra freguesia. Mas quem será que vai colocar o guiso no pescoço do gato? Pela lógica do poder, o PMDB com Xarão Leão só não fará a presidência da AMAM se não quiser (independente de ter apenas duas prefeituras).

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

CÂMARA DE PORTEL APROVA PROJETOS DA SECELT

Hoje (22), em Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Portel, foram aprovados, de forma unânime, os três Projetos de Leis elaborados pelos técnicos da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo – SECELT, frutos de um extenso trabalho que envolveu toda a comunidade portelense em conferências, seminários e uma série de outros encontros.
 Alguns desses projetos já tramitavam na Casa Legislativa desde o ano de 2010. Mas somente hoje, 22 de novembro de 2012, que tiveram suas aprovações em Segundo Turno, o que, de fato, trouxe uma consolação àqueles que, há anos, vinham aguardando por um desfecho na tramitação desses processos.

Continue lendo...

ELEIÇÕES NA AMAM: UM NOVO RUMO?

A Associação dos Municipios do Arquipélago do Marajó – AMAM terá eleições em março de 2013 para escolher a chapa que comandará a entidade no biênio 13/14. Passando por uma crise administrativa por conta do desvio de sua verdadeira função, a entidade já nãoconta com todos os municípios marajoaras filiados. A saída de alguns municípios se deu pela falta da essência de instituição de assessoramento. O desafio para os candidatos à presidência da entidade, é convencer seus filiados que a instituição terá um novo rumo em suas gestões.

Consuelo Castro, que está voltando agora a ocupar a prefeitura de Ponta de Pedras e que por muito tempo já esteve como secretária executiva da entidade, desponta como provável eleita nas eleições de março. Mas, ela não é unanimidade.

 Xarão Leão, prefeito reeleito de Breves, a maior cidade do Marajó, tudo indica que concorrerá com o apoio do presidente da FAMEP, Helder Barbalho. O que dificulta sua cabdidatura é que o PMDB fez apenas uma prefeitura (Chaves) além da de Breves.

Paulo Ferreira, prefeito eleito de Portel, já conta com o apoio de 3 prefeituras do PP (Anajás, Afuá e Melgaço) e já começa a busca por apoio de outras prefeituras e pretende garantir 7 votos. E se a eleição for polarizada em 3 chapas, passa ele a ter chances reais.

Independente de quem ganhe a eleição, o que é certo é que a entidade precisa urgente  servir aos municípios e promover o desenvolvimento do Marajó.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O DESCASO COM A SAÚDE EM SSBV

Depoimento de Evandro Dias, boavistense que hoje mora na Filipinas

FATO QUE ME DEIXA TRISTE E REVOLTADO! 

Ano passado (22/10) minha cunhada estava grávida esperando seu segundo bebê, quando começaram os sinais do parto no sábado. Ela foi ao hospital municipal de Boa Vista onde tinha feito o pré-natal. 
Lá eles já tinham todo um histórico que ela teria dificuldades no parto normal, pois a primeira filha já nasceu com muita dificuldade e falta de oxigênio. Mesmo assim, o médico insistiu que o parto fosse normal. 
Porém, chegou o domingo (23/10) de tarde, o médico viu que era mesmo preciso fazer uma cesariana e pior, que o bebê estava com os batimentos cardíacos altos e precisava de oxigênio. 
 Para se livrar do problema encaminharam ela para Belém; ela deu entrada na Beneficiente Portuguesa onde veio um outro médico e disse - Não precisa cesariana não. É parto normal. Pois é. Parto normal foi. 
Na terça-feira, com muito sofrimento e o bebê... quase morreu. Ficou sem oxigênio tempo demais, passou mais de um mês na UTI, entrou neste mundo com tubo na boca e agulha no braço antes de sentir o peito da mãe. Depois de um ano o sofrimento continua, e o bebê continua lutando para sobreviver com um monte de sequelas causadas por um parto normal forçado. Essa semana o bebê teve uma crise feia. Foi para o hospital em Boa Vista, ficou umas horas lá e logo a mandaram para Belém. 
"Até remédio ela teve que comprar pois não tinha no hospital". Segundo ela , o hospital sequer tem convênios com outros hospitais em Belém, sendo assim tem que se virar sozinha. 
Com essa é a terceira vez que ela vai para no Pronto Socorro de Belém em vez de ir para um hospital especializado que possa oferecer um tratamento adequado ao bebê. E haja sofrimento para o bebê, pra ela e toda a sua família. Tudo isso podia ser evitado se os médicos tivessem o compromisso e a ética de cuidar do pobre como cuidam do rico. Foi ignorância e indeferência que causou esse sofrimento gigantesco e isso pela segunda vez só na minha família, pois a minha irmã perdeu seu primeiro filho pela mesma falta de atendimento e cuidado durante o parto. 

 Por isso não posso ficar calado! Se alguém tiver condições de ajudar com um advogado, posso conversar com ele e depois ele pode conversar com ela que está em Belém com o bebê doente. abraços e boa noite..

NOTA DO BLOG
Quem puder ajudar entre em contato com o blog. O espaço fica aberto para a Secretaria Municipal de Saúde de São Sebastião da Boa Vista para esclarecimentos

SEXO POR ÓLEO DIESEL NO PARÁ

Extraído do Blog do Zé Carlos do PV

Mulheres do Marajó embarcam nas balsas que passam pelo Rio Pará, entre os municípios de Muaná e são Sebastião da Boa Vista, fazem sexo com os marinheiros, em troca recebem óleo diesel e presentes. São as balseiras do Marajó, e a prática vem atravessando gerações de mulheres enquanto os governos e as promessas se sucedem.
 Nos anos de 80, quando dirigia a secretaria de política sindical da Central Única dos Trabalhadores, instituição que ajudei a criar, fui abordado por um simpático vereador de São Sebastião da Boa Vista, de nome Barrinha. O vereador queria que a secretaria e a CUT ajudassem a reorganizar o sindicato dos trabalhadores rurais. Marcamos uma primeira reunião lá em São Sebastião da Boa Vista e para lá eu fui acompanhado do vereador. Foi minha primeira viagem de barco e a primeira visita a um município do Marajó. Tudo era novidade.
 As 18 horas de uma sexta-feira, dirigi-me ao porto na Estrada Nova para embarcar no Bergantim, segundo Barrinha, o mais seguro e higiênico barco para a Boa Vista. Não sabia amarrar a rede. O nó e o jeito de amarrar é todo especial. Os homens colocavam sua rede de um lado, e as mulheres do outro. Andei por minutos com a rede na mão sem saber o que fazer, até que o cozinheiro, conhecido como "Bomba", me socorreu, resolveu meu problema e ainda ensinou o nó que não danifica o punho da rede e facilita na hora de desamarrar.
 Tudo para mim era novidade. As famílias inteiras embarcando. As pessoas que iam deixar parentes nos barcos. Os outros barcos. Uma verdadeira festa ali na beira do rio Guamá. Morando há muito tempo em Belém, nuca tinha visitado esta parte da cidade.
 A viagem seguiu, após o barco desatracar pontualmente às 19 horas, depois dar três apitos, com intervalos de dez minutos de um para o outro. Outros barcos também zarparam. No meio do rio eles foram manobrando sem bater e seguirem cada uma para o seu destino. Uns para o Marajó, outros para o Tocantins. O Bergatim era confortável. Logo que o barco desatracou e os marinheiros recolheram as cordas, abriu-se a lanchonete e o Bomba apareceu servindo um gostos café aos passageiros.
 Nossa primeira parada foi em Barcarena. De lá, seguimos para atravessar a baia do Marajó. Pela madrugada, o barco foi parando em alguns portos, quase todos com fabricas de palmitos. O maior era o porto da Palmazon. Paramos depois, perto do Jararaca. Neste lugar, soube de uma história triste, mulheres faziam sexo com os marinheiros das balsas que passavam para Manaus em troca de óleo diesel. Custei a acreditar. Mas confirmei toda a história nas diversas viagens que fiz até organizar o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Sebastião da Boa Vista.

Continue lendo...

NAVIO CONTINUA ENCALHADO NO RIO AMAZONAS

(Foto: Marinha do Brasil)
O navio Catamarã Rondônia de propriedade da Empresa de Navegação Antônio Rocha Transportes (Enart), está encalhado no Rio Amazonas, próximo à comunidade Farol do Curuá desde o último sábado (17). De acordo com a Marinha, através da Delegacia da Capitania dos Portos em Santarém, o acidente pode ter sido provocado por uma falha humana.
O delegado dos Portos em Santarém, capitão Andrade, que já esteve a bordo da embarcação, informou na tarde desta terça-feira (20), que no momento do acidente havia cerca de 200 passageiros dentro da embarcação. Mas por iniciativa da própria empresa responsável pelo navio, ainda no sábado, parte dos passageiros foram resgatados por uma outra embarcação que foi enviada ao local.

Continue lendo...

Fonte: DOL

terça-feira, 20 de novembro de 2012

GOVERNADOR SE REÚNE EM ABAETETUBA COM 12 PREFEITOS ELEITOS

O governador do Estado, Simão Jatene, reuniu-se na manhã desta terça-feira, 20, em Abaetetuba, com prefeitos eleitos e reeleitos dos 12 municípios da região do Baixo Tocantins e enfatizou que o governo estadual quer trabalhar junto com todos os novos gestores municipais em busca do desenvolvimento do Pará.
 “Quero parabenizar os prefeitos eleitos e dizer que agora é hora de pensar o dia seguinte à eleição, porque nós, que fomos eleitos, somos um símbolo enorme de esperança para a sociedade que votou e acreditou na gente”, avalia governador. Por esse motivo, propus este encontro para que juntos possamos responder os anseios da população da melhor forma possível”, completa.
 Jatene também foi enfático ao afirmar que se o município for mal, a chance de o Estado ir bem é prejudicada. “Por isso precisamos uns dos outros. Por exemplo, se a atenção básica não funcionar no município, os hospitais do Estado ficarão superlotados. Se a educação não funcionar nos municípios, não adianta ter capacitação. Então temos que saber como vamos nos ajudar e fazer com que, ao invés de usarmos os recursos de forma concorrente, possamos usá-lo de forma complementar”.

Continue lendo....

NOTA DO BLOG
O prefeito eleito de Oeiras do Pará, Ely Batista, esteve presente à reunião e teve a promessa do Governo do Pará da construção de uma escola de ensino médio e de uma unidade do PRO PAZ no municipio. O governador Simão Jatene reunirá com os prefeitos eleitos no Marajó ainda este mês

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

DECRETO CRIA PROGRAMA DE FORTALECIMENTO À GESTÃO MUNICIPAL

O governador Simão Jatene implantou, por meio de decreto publicado no dia 1º de novembro, o Programa de Apoio ao Fortalecimento da Gestão Municipal, que busca apoiar e fortalecer a capacidade institucional dos municípios paraenses no desenvolvimento das políticas públicas em diversas áreas, entre elas a Gestão, Educação, Saúde e Assistência Social, além de orientar os novos prefeitos eleitos no último pleito neste momento de transição. Com isso, o governo quer assegurar a continuidade das atividades administrativas na prestação de serviços públicos, o atendimento às demandas da população e a capacitação de servidores e gestores públicos nos municipios.
 A Secretaria Extraordinária de Projetos Estratégicos é quem vai coordenar as ações do programa. A titular da Sepe, Tereza Cativo explica que o programa vem ao encontro de uma necessidade que os novos gestores municipais estão apresentando no momento, no que diz respeito à transição de governo. “Os novos prefeitos precisam tomar conhecimento de tudo, eles têm que cobrar do prefeito que deixa o cargo tudo, tanto nas exigências na Lei de Responsabilidade Fiscal, como nas normas dos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios. Eles têm que formar suas equipes de transição e orientá-las sobre como devem se comportar nesse momento”, disse Cativo.

Continue lendo...

TERRA GRANDE-PRACUÚBA INICIA TRABALHO EM TURISMO DE BASE COMUNITÁRIA

A Reserva Extrativista (Resex) Terra Grande-Pracuúba, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), iniciou, por meio de uma parceria com o Instituto Peabiru, os trabalhos de diagnóstico das potencialidades de turismo comunitário na unidade de conservação (UC). A iniciativa teve como objetivo traçar novas alternativas de renda, capacitação e desenvolvimento da organização social da Resex e do entorno.
 O trabalho foi realizado pela gestora da reserva, Aline Simões e pela colaboradora Ana Gabriela Fontoura, que entre os dias três e 12 de novembro visitaram as comunidades de Turé, Umarizal, São Sebastião, São Joaquim, Timbotuba e Mucutá. A partir da visita, a ideia do diagnóstico surgiu como uma forma de trabalhar o turismo de base comunitária (TBC) para auxiliar e dinamizar a economia local, possibilitando uma nova opção para o desenvolvimento social das comunidades. O diagnóstico vai auxiliar na busca de mais cursos e melhorias nas condições de organização social e infraestrutura da Resex, trazendo a participação da comunidade no planejamento, na construção e na administração das atividades.
 “O turismo de base comunitária, pra gente, é mais uma opção de trabalhar a comunidade, levantar a autoestima e trabalhar na valorização cultural, trazendo as belezas e possibilidades dessa região do Marajó”, explica Aline Simões, chefe da unidade de conservação. Segundo ela, a Resex irá trabalhar com as capacitações, que abrangem as práticas na alimentação, reciclagem do lixo, comunicação interna, organização social, associativismo e cooperativismo, além de todas as vertentes de produção, que já estão em sintonia com o trabalho planejado para a UC.

Continue lendo

MUNICÍPIOS PRECISAM RESPONDER O CENSO SUAS ATÉ 30/11

Os Municípios tem até o dia 30 de novembro para responder a 2ª fase do Censo do Sistema Único de Assistência Social (Suas). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta sobre a importância do preenchimento para que os Municípios não sofram sanções administrativas.
 Nesta segunda fase os Municípios devem cadastrar informações e enviar dados sobre os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Gestão Municipal e Conselho Municipal de Assistência Social e os Estados devem informar sobre o funcionamento da gestão Estadual e Conselho Estadual de Assistência Social.
 Entre os dias 3 e 14 de dezembro, os gestores poderão corrigir e complementar as informações de todos os questionários, caso tenha havido algum erro no preenchimento.

Conrtnue lendo...

Fonte: Conf. Nacional dos Municipios - CNM

sábado, 17 de novembro de 2012

O MARAJÓ

O estudante muanense, Odmilson Rodrigues (foto), fez interessante trabalho escolar sobre algumas peculiaridades dos municípios marajoaras e principalmente sobre o índice populacional do arquipélago. O blog vai publicar na próxima versão impressa, mas, disponibiliza uma página (AQUI) na barra acima para que o leitor saiba um pouquinho mais sobre o arquipélago. Aos poucos, iremos atualizando as informações com fotos e fatos relacionados a cada município.

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

OEIRAS DO PARÁ: FESTA DA POSSE

Vereadora Malena, Nilson Chaves e Ely Batista
O prefeito eleito de Oeiras do Pará,  Ely Batista e a vereadora Malena, se encontraram com o pres. da Fundação Tancredo Neves (CENTUR) Nilson Chaves, para falar de cultura e acertar detalhes da apresentação de Mahrco Monteiro, Lucinha Bastos e do próprio Nilson Chaves para a festa da posse. Além do  o Show Trilogia., se apresentarão também a banda de música Amiraldo G. de Andrade a banda Cultura Pop, Anderson Almeida e banda e a Banda Mega Fest de Cametá .
A festa será na arena de eventos e o povo está convidado a participar desta grande manifestação democrática.
Com informações extraídas do perfil no facebook de Gerson Miranda

terça-feira, 13 de novembro de 2012

SSBV PRECISA DE SALVAÇÃO


Comentário deixado na caixinha do post "Denuncia pelo facebook mostra o caos na saúde em SSBV"

Sou cidadão... 

Muito se fala do povo realmente se trocaram por uma cesta básica e por um rabudo (sensação da eleição), por alguma caixa d'água do INCRA, pela promessa de receber o seguro da pesca, pelo um emprego temporário  por um papel de energia no corte, entre muitas outras coisas. Eu sei que foi assim. mas olhem para nosso povo e reflitam.... Um povo carente de um tudo e  se a possibilidade de ganhar alguma coisa de alguém for real , eles aceitam. Ninguém faz nada por ninguém.  Acabou a politica e as obras continuam inacabadas, acaba a politica independente de quem ganhe  e o hospital é isto que se vê na foto da postagem, acaba o período eleitoral e nossas escolas estão caindo na cabeça de nossos filhos, acaba a politica e estão matando as pessoas,  e ninguém faz nada. Ai botam a culpa no povo, que não sabe escolher... E cadê as autoridades competentes que estudaram e se qualificaram ? Será que também eles não têm uma parcela de culpa? Ou simplesmente o povo que é ignorante? 

Alguém precisa salvar boa vista....

367 MIL ESTUDANTES DO PARÁ TERÃO ATENDIMENTO OFTALMOLÓGICO

Entre 2012 e 2014,será feita busca ativa nas escolas públicas do estado para identificar e tratar problemas de refração e outras doenças secundárias relacionadas à visão

Oferecer tratamento oftalmológico integral, ampliar a capacidade instalada de atendimento no país, com formação de cadastro nacional de estabelecimentos privados e públicos especializados na área de oftalmologia, além de reajustar valores de procedimentos na tabela do Sistema Único de Saúde (SUS). Estas são as principais novidades do novo projeto Olhar Brasil, desenvolvido pelo Ministério da Saúde em parceria com o Ministério da Educação. Com nova redefinição, o projeto estima atender até 2014, 367.360 crianças, jovens e adultos matriculados na rede pública e inseridos nos programas Saúde na Escola (PSE) e Brasil Alfabetizado (PBA) no estado do Pará.
 Para isso,o Ministério da Saúde está ampliando e qualificando a assistência oferecida pelo projeto Olhar Brasil. Uma das medidas será a contratação de estabelecimentos de saúde privados e públicos para atender mais de quatro milhões de consultas e exames oftalmológicos. Com a formação de um cadastro nacional de estabelecimentos de saúde - públicos e privados -pretende-se aumentar a capacidade instalada de atendimento e reduzir as filas de espera. A inscrição dos serviços deve ser feito na internet pelo link que consta no Edital, publicado no dia 1º de novembro no Diário Oficial da União. O cadastro ficará disponível em um site para consulta dos gestores responsáveis pela contratação dos serviços.

Continue lendo...

Fonte: Portal da Saúde/MS

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

DENÚNCIA PELO FACEBOOK MOSTRA O CAOS NA SAÚDE EM SSBV

Criança em incubadora improvisada no HM de SSBV, veio a óbito
"DENÚNCIA!!! 
Amigos, o que vcs estão vendo é a imagem de uma criança recém-nascida numa "incubadora" 100% improvisada, no Hospital Municipal de SSBV. 
Ela está sobre a mesa, recebendo oxigênio e uma luz está focada em sua direção com a intenção d aquecê-la. 
Infelizmente, segundo fontes seguras, esta criança não resistiu à imprudência e foi + uma dos muitos recém-nascidos que morrem por FALTA DE UMA INCUBADORA DECENTE E DE VERDADE NESTE HOSPITAL! 
Este é só um dos equipamentos de importância vital que falta neste lugar!!!"

Fonte: Nelison Brasil (Perfil no Facebook)

DESIGNER DO PARÁ (AFUÁ) CONCORRE A PRÊMIO DE CONCURSO INTERNACIONAL DE JOIAS

Detalhe do colar "Fruto da Terra: Açaí", criação da designer Selma Helena Montenegro Botelho
A designer de joias paraense Selma Helena Montenegro Botelho, uma das finalistas da 10ª edição do concurso de joias em ouro AngloGold Ashanti AuDITIONS, participa nesta segunda-feira, 12, da solenidade de premiação do evento, que acontecerá no Palácio das Artes de Belo Horizonte (MG), um dos mais importantes espaços culturais da capital mineira. Profissional do Polo Joalheiro do Pará desde 2002, Selma Montenegro já foi duas vezes finalista de outro importante concurso de design de joias, promovido pelo Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM).
 Nesta edição do AngloGold Ashanti AuDITIONS, concurso promovido pela mineradora de ouro AngloGold Ashanti, sediada na África do Sul, Selma concorre com a peça intitulada “Açaí”, inspirada no fruto que é um dos mais conhecidos representes da culinária paraense.

Continue lendo....

DEZ FAMÍLIAS RECEBEM APOIO DA EMATER PARA PRODUÇÃO DE PEIXE EM GURUPÁ

A criação de peixes em tanques escavados oferece uma nova alternativa de renda para as famílias de Gurupá, que vivem basicamente da extração do açaí.
Comunidades extrativistas de Gurupá, no arquipélago do Marajó, estão começando a diversificar suas produções. Projetos desenvolvidos no município pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), para a criação de peixes em tanques escavados, são a alternativa encontrada para oferecer uma nova alternativa de renda para as famílias, que vivem quase que exclusivamente da extração do açaí. Todas as pessoas que recebem o financiamento são formandos da Casa Familiar (CFR), de Gurupá, e com aptidão para a piscicultura.
 Dez famílias divididas em cinco comunidades rurais de Gurupá participam do processo, que financia, por meio do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf), até R$ 45 mil para a aquisição de toda a infraestrutura dos tanques e também para a compra dos filhotes de peixes (alevinos). Cada piscicultor deve adquirir seis mil alevinos, de espécies como o tambaqui, de fácil adaptação para a engorda em tanques, adaptados ao clima regional e com comercialização garantida, segundo a Emater.

Continue lendo...

BELÉM TERÁ NOVO TERMINAL HIDROVIÁRIO ATÉ JANEIRO DE 2014

Belém vai ganhar um novo terminal para embarque e desembarque de passageiros que utilizam o transporte hidroviário. O porto, que hoje funciona no Armazém 10 (foto), da CDP, será desativado e as atividades transferidas para o galpão ao lado, que passará por uma reforma e adaptação completas para essa finalidade. Os investimentos no projeto arquitetônico e naval do novo terminal estão estimados em R$ 15 milhões. O convênio, que permite o usufruto do espaço por 25 anos, foi firmado com a CDP seguindo os mesmos moldes do convênio estabelecido para a construção da Estação das Docas. A previsão é de que as obras sejam entregues até janeiro de 2014.
 O projeto de adaptação do Armazém 9 prevê, além de um amplo salão para embarque e desembarque de passageiros, áreas disponíveis para lanchonetes, farmácia, rede de serviços (caixas eletrônicos, quiosques para comercialização de produtos diversos, posto de informações) e espaço destinado à atuação de órgãos fiscalizadores, como a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon), Receita Federal e Juizado de Menores, entre outros. Toda a área do complexo, que soma três mil metros quadrados, será climatizada

Continuei lendo...

PESQUISA ECOLÓGICA EM CAXIUANÃ RECEBE AUXÍLIO DO CNPq

O projeto Implantação de Parcelas Permanentes de Monitoramento da Dinâmica Florestal de Florestas Inundadas do Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD) Caxiuanã, coordenado pelo Museu Paraense Emílio Goeldi, prossegue os estudos sobre dinâmicas florestais de áreas inundadas da Floresta Nacional de Caxiaunã, no Marajó, a primeira unidade de conservação criada pelo governo federal. Com o recurso financeiro concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento e Pesquisa – CNPq, o projeto pretende ampliar o conhecimento da Flona, aumentando a quantidade de parcelas estudadas. Atualmente, cinco áreas estão em observação contínua: duas parcelas em floresta de igapó, no rio Curuá e três em floresta de várzea, na baía de Caxiuanã.
 Através deste trabalho, coordenado pelo Dr. Leandro Ferreira (Coordenação de Botânica/MPEG), os pesquisadores esperam obter dados, a médio e longo prazo, sobre os padrões de crescimento, recrutamento, mortalidade e produção de liteira desse tipo de vegetações. O método utilizado na implantação dessas parcelas obedece o protocolo internacional, o que permitirá comparar os dados de Caxiuanã com dados de vegetação em outras partes do mundo.
 O monitoramento das áreas de estudo ocorre em parceria com outros cinco programas de pesquisa nacionais e internacionais, a exemplo do Programa de Ecologia, Avaliação e Monitoramento de Florestas Tropicais (Team – Caxiuanã), Programa de Pesquisa em Biodiversidade na Amazônia (PPBio) e Estudo da Seca da Floresta (Esecaflor).

O Projeto de Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD) Caxiuanã, desenvolvido pelo Museu Goeldi nessa Floresta Nacional, foi aprovado em edital do CNPq

Fonte: http://marte.museu-goeldi.br/museuempauta/index.php?option=com_k2&view=item&id=601:pesquisa-ecológica-em-caxiuanã-recebe-auxílio-do-cnpq&Itemid=2

A ICTIOFAUNA NO ARQUIPÉLAGO DO MARAJÓ

A diversidade e a importância de umas das mais ricas faunas do mundo 

A ilha de Marajó apresenta uma grande biodiversidade, que está ameaçada devido a vários fatores. Luciano Montag, Tiago Freitas, Ana Cristina Oliveira e Ronaldo Barthem apresentam em seu artigo, Environmental Assessment and Aquatic Biodiversity Conservation of Amazonian Savannas, Marajó Island, Brazil,uma avaliação da diversidade de peixes na ilha do Marajó, além de aspectos históricos e biológicos da fauna aquática (ictiofauna) local e o que a ameaça. Os pesquisadores também avaliam as dificuldades e desafios para implantar um plano de conservação e de manejo na região.
 O Arquipélago do Marajó – O conjunto de ilhas possui cerca de 50 mil quilômetros quadrados e é a maior ilha fluviomarítima do mundo. Sua grande diversidade aquática está principalmente ligada a seu sistema de marés que gera diversos habitats. Esses habitats são gerados pelo complexo sistema de marés da região, pelo clima e pelo nível pluviométrico. A ilha é cercada de praias argilosas, mas sua composição é de terra firme e várzea. Lagos, lagoas, praias,rios e manguezais, ajudam a compor os diversos habitats da região.
 O açaí e o miriti, junto com a pecuária de búfalos são as principais atividades econômicas da região. Mas nem sempre foi assim. No século XVII quando os primeiros colonizadores chegaram à ilha desenvolveram um sistema de plantation de algodão e tabaco, o que era muito comum na Amazônia nesse período. No século XIV, com a chegada dos búfalos, a vegetação primária deu lugar a pastos.
 A criação de búfalo ainda é uma atividade econômica importante, assim como o turismo, a pesca industrial, a produção de abacaxis e processamento de palmitos. A agricultura de baixa escala ainda está presente como principal renda para a maioria dos habitantes da ilha. Todas essas atividades econômicas contribuem para a degradação do meio ambiente, porque são feitas sem controle, sem um plano de manejo ou de conservação, o que influencia de maneira direta na diminuição de peixes da região.
 Acredita-se que a ilha do Marajó tenha uma das ictiofauna mais ricas do mundo, com mais de 300 espécies diferentes habitando a região, mas apenas 254 espécies catalogadas de oito famílias diferentes, Cetopsidae, Ctenoluciidae, Paralichthyidae, Poeciliidae, Polycentridae, Rivulidae, e Trichomycteridae. Existem poucas espécies endêmicas (que se localizam somente em uma área), mas existem várias espécies que são adaptadas a altas temperaturas e a baixos níveis de oxigênio na água. Há ainda espécies que conseguem passar dias fora da água devido a órgãos adaptados como, por exemplo, o pirarucu que tem uma bexiga natatória.
 O bioma da ilha do Marajó sofre grande influência da variância das marés.A reprodução dos peixes e o período de pesca são os mais afetados por isso. Na época de cheia o nível do rio sobe e a pesca fica mais difícil devidoà dispersão dos peixes, enquanto que na época de seca a pesca é facilitada pela alta concentração de peixes para pouca água. A reproduçãodos peixes não é na mesma época, devido o grande número de espécies diferentes. A época em que se reproduzem varia de espécie para espécie. O poraquê, por exemplo, se reproduz no final da época da cheia enquanto o cambotá reproduz-se no começo da época da cheia.
 A região do arquipélago do Marajó é das mais ameaçadas, em termos de sua ictiofauna, da Amazônia, contrastando com o fato de ser uma das menos protegidas. A maioria das suas atividades econômicas, por ser sem controle, é prejudicial. No ano de1989 foi criada a Área de Preservação Ambiental (APA) do Marajó, mas esse modelo de conservação é pouco pratico em longo prazo. Os autores propõem que seja criada uma Reserva da Biosfera para preservar melhor o meio ambiente. Reservas da Biosfera são áreas terrestres ou costeiras que procuram conciliar o desenvolvimento econômico da região com a preservação de sua biodiversidade. Esse tipo de proteção ainda está longe de ser implantada devido à falta de estudos na região. Para os autores o Arquipélago do Marajó ainda tem que ser estudo para catalogar as espécies endêmicas, as espécies ameaçadas, onde elas se distribuem e entender a sua importância dentro do meio ambiente.

Texto: Fernando Cabezas (Agência Museu Goeldi)
Fonte: http://marte.museu-goeldi.br/museuempauta/index.php?option=com_k2&view=item&id=580:a-ictiofauna-no-arquipélago-do-marajó&Itemid=2

sábado, 10 de novembro de 2012

MINISTÉRIO DE SAÚDE LIBERA R$ 21 MILHÕES PARA AMPLIAÇÃO DO PRÉ-NATAL

Recursos devem ser utilizados para a realização de novos exames do componente de pré-natal. Repasse beneficiará 21 estados

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou durante a quinta videoconferência com as Secretarias Estaduais de Saúde, nesta quarta-feira (07), portaria que autoriza o repasse de R$ 21 milhões, em parcela única, para que 1.163 municípios de 21 estados ampliem a oferta de exames do componente pré-natal e adquiram testes rápidos de gravidez.
 A estimativa é que mais de 416 mil gestantes sejam beneficiadas com os novos exames e mais de 525 testes sejam realizados. A lista dos municípios beneficiados poderá ser conferida no Diário Oficial da União (DOU), na portaria que deve ser publicada esta semana.
 Durante a reunião, o ministro Padilha reforçou a importância dos municípios aderirem ao componente pré-natal da Rede Cegonha para que o atendimento a gestante seja cada vez mais qualificado. “Esses novos recursos garantem às mulheres todas as consultas e exames do pré-natal de forma gratuita, inclusive o ultrassom obstétrico. Essa ampliação tem reflexos diretos na mortalidade materna, já que o pré-natal de qualidade é fundamental para redução desses casos”, afirma o ministro.

Continue lendo...

Fonte: Portal da Saúde/MS

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

SEMINÁRIO DISCUTE O DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO REGIONAL

A Secretaria de Estado de Agricultura promove, no dia 13 deste mês, o Seminário Sabores do Pará, no auditório do órgão. O objetivo é ampliar o debate sobre o modelo de desenvolvimento da produção regional visando o fortalecimento das cadeias produtivas. O foco inicial do projeto é a mandioca e seus derivados, o jambú, a pimenta de cheiro e o queijo marajoara.
 O seminário vai discutir a demanda atual e o potencial desses produtos, identificar os problemas que impedem o aumento da oferta e buscar novas tecnologias para desenvolver a produção. O tema desperta o interesse do setor gastronômico que, para atender a exigência do mercado consumidor, depende da regularidade no fornecimento e da qualidade dos alimentos.
 A padronização e a certificação dos produtos também são metas do Sabores do Pará, que busca ainda a identificação cultural da produção e o desenvolvimento regional sustentável do Estado. O projeto é desenvolvido pela Sagri, em parceria com a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidades Federais do Pará (UFPA), Rural da Amazônia (UFRA) e Estadual do Pará (Uepa), Federação da Agricultura do Pará (Faepa) e representantes do setor gastronômico.
 O seminário será aberto pelo secretário estadual de Agricultura, Hildegardo Nunes, às 8h30, no auditório da Sagri, localizado à travessa do Chaco.

Fonte: Agência Pará

PARABÉNS GURUPÁ: 389 ANOS

Dia 11/11 a cidade de Gurupá comemora seus 389 anos de fundação. A data é comemorada junto com a fundação do Forte de Santo Antonio. (foto) Saiba mais sobre a história do Forte AQUI

 P R O G R A M A Ç Ã O:

SÁBADO DIA 10:
 As 20:00 Abertura oficial (Banda Esquema Andrade)
 As 20:30 Apresentação do Grupo dos Idosos
 As 21:00 Apresentação da Igreja Quadrangular
 As 21:30 Concurso de Calouros Gospel
 As 22:00 Apresentação do Grupo de Karater
 As 22:30 Apresentação do Grupo dos Idosos
 As 22:50 Concurso de Calouros Livre
 As 23:20 Apresentação do Grupo de Teatro – Risos e Gargalhadas
 As 23:40 Show Banda (Mateus e Tiago)

 DOMINGO DIA 11:
 As 19:00 Abertura (Banda Metamorfose)
 As 20:30 Apresentação do Grupo de Teatro – Risos e Gargalhadas
 As 21:00 Apresentação do Grupo de Dança do CRAS
 As 21:20 Apresentação do Grupo de Dança do PETI
 As 21:40 Pronunciamento do Prefeito e Parabéns Gurupá com Bolo (Infância)
 As 22:30 Apresentação do Grupo de Dança FREE STEP
 As 23:00 Concurso Miss Gurupá 2012
 As 23:30 Banda Metamorfose

 De 10 a 11 de Novembro.
 Local: Praça Mariocay

Fonte: Fernando Pessoa

O PARÁ NA TV RECORD

Da alegria do Treme-Treme às dificuldades da vida simples 

Nesta sexta (9), no Câmera Record, você vai saber como é a vida na Ilha de Marajó, a maior ilha fluvial do mundo - que é aquela cercada por rios. Um lugar onde a vida é simples, muito simples. As casas são iluminadas com geradores. A comunicação é feita via rádio. E os atendimentos de emergência dependem de helicópteros (registramos o flagrante do socorro de um homem que caiu do telhado).
 Nesse canto do Pará, os hábitos cotidianos são de total integração com a natureza - do consumo do açaí em diversos pratos até subir em árvores para comer turu, uma larva que se esconde na madeira apodrecida. Como é a vida em um lugar tão isolado? Quais são as curiosidades do povo? O que as pessoas de vida simples têm a ensinar para quem vive sob o estresse da cidade grande?
 Em outra reportagem, você vai conhecer o sucesso do Treme-Treme, a nova dança do Pará. Um estilo que agita a comunidade local, com os dançarinos tremendo o corpo da cintura para cima. E os mais populares dessa nova dança são dois adolescentes. Fomos a uma escola e vimos como o Treme-Treme chegou a ser incluído nas aulas - e hoje anima a garotada em concursos muito disputados. Como são essas competições? Quem leva a melhor? O que é preciso para dançar bem o Treme-Treme?
 Você também vai conhecer as dificuldades que uma anã enfrenta para criar o filho sozinha. Com apenas três anos, a criança já é maior que a mãe. E problemas não faltam na vida dessa mulher de 78 centímetros que enfrenta dificuldade até com a altura das calçadas. O pai do filho dela é um presidiário. E hoje ela vive da venda de cosméticos. Qual é a história dessa mulher? O que ela enfrenta para sustentar essa criança? O que pode ser feito para ajudar?
 E ainda: o uso do jambu, uma planta considerada anestésica, na culinária local; e o médico que ganha dos pacientes animais como jacarés, macacos e cobras: com autorização do Ibama, ela mantém todos no jardim de casa - mas gasta R$ 1 mil por dia. Todas essas histórias você vai conhecer nesta sexta (9), no Câmera Record, logo depois de Balacobaco.

Fonte:http://programas.rederecord.com.br/programas/camerarecord/edicoes.asp

PRODUÇÃO EM CICLOS CURTOS EM AFUÁ RECEBE APOIO DA EMATER

O cultivo de cebolinha e cheiro verde em Afuá, com adoção da tecnologia de plasticultura, recebe assistência técnica da Emater
Em Afuá, na ilha do Marajó, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) observa o comportamento e o desenvolvimento de cebolinha e cheiro verde produzidos com adoção da tecnologia de plasticultura. O projeto desenvolvido em uma unidade demonstrativa, implantado na área do horticultor Raimundo Rodrigues, pretende fazer com que o município, localizado na várzea, consiga produzir hortaliças em horta suspensa durante o período das chuvas.
 Dados da Emater mostram que o grande volume de água que cobre as áreas produtivas durante o período chuvoso inviabiliza a produção de hortaliças; assim, pelo menos 90% desses produtos consumidos em Afuá são importados do Amapá, Estado fronteiriço com o município.
 Em Afuá, a Emater faz adaptação de outra tecnologia, para garantir produção de tomate usando a enxertia com jurubeba (erva de porte arbustivo). O método consegue combater a murcha bacteriana, doença que ataca o tomateiro comprometendo totalmente a planta. A produção das hortaliças é orgânica e usa casca de palmito e esterco de gado como adubo.

Continue lendo...

Fonte: Agência Pará

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

PRODUTORES DE ANAJÁS RECEBEM MAIS DE R$ 1 MILHÃO EM CRÉDITO RURAL

Noventa e cinco famílias agricultoras de seis comunidades do município de Anajás, na ilha do Marajó, recebem nesta sexta-feira (9) o montante superior a R$1 milhão em crédito rural, da linha floresta, do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os projetos do Banco da Amazônia foram intermediados pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater).
 Há cerca de seis meses, técnicos da Emater estiveram nas comunidades Cate-Espera, Luciana, Purus, Coquirijó, Santa Luiza e Bela Vista fazendo levantamento de campo de produtores rurais com potencial produtivo de açaí e seringueira, produtos com bom valor de mercado e aceitabilidade. As famílias agricultoras vão receber o crédito na agência do Banco da Amazônia. Será destinado um valor de R$ 11 mil para cada uma.
 Segundo o chefe do escritório local da Emater, José Nilton Silva, o valor será destinado, por exemplo, para o manejo de açaizais, com a limpeza das áreas, desbaste de touceiras, eliminação de espécies sem valor comercial, seleção de sementes, produção e plantação de mudas, transporte, roçagem e colheita.
 “Todo o processo está descrito nos projetos escritos por nós, da Emater, tanto para a produção de açaí quanto de seringa. Os produtores terão três anos para produzir até iniciar o pagamento do financiamento. No total, o crédito somou R$ 1.078.60,90 a ser liberado para o município”, explicou. Sobre o retorno financeiro da atividade de manejo de açaí, o chefe da Emater ressalta que a procura por açaí no município de Anajás é tanta que ele chega a faltar no mercado.
“Aqui a população tem o costume de almoçar com açaí todos os dias, ou seja, o consumo é muito alto. Além do mais, pela qualidade, ainda abastecemos os mercados de Belém e Macapá”, informou.

Fonte: Agência Pará

MÚSICOS DE ANAJÁS VIAJAM 45 HORAS PARA PARTICIPAR DOS PAINÉIS FUNARTE DE BANDAS

A cidade de Vigia, no oeste paraense, é sede até domingo (11) do projeto Painéis Funarte de Bandas de Música, do Ministério da Cultura (MinC). No Pará, a realização é resultado de uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes (Funarte) com o apoio local do Governo do Estado, por meio da Fundação Carlos Gomes. O evento recebe estudantes e profissionais de música para nestes cinco dias de trocas de experiências e aprendizagem de técnicas musicais.
 Cerca de 400 pessoas, de várias cidades paraenses, viajaram até a Vigia para não perder a oportunidade de ter aulas ministradas por experientes músicos vindos de diferentes estados brasileiros. Entre os grupos que viajaram estão 17 instrumentistas, com idades variando entre 11 e 27 anos, do município de Anajás, localizado no centro da Ilha do Marajó, a maior ilha flúvio-marítima do mundo, com aproximadamente 25 mil habitantes.
 Shirley Padilha, Sheyla Lobato e Kiane Oliveira são adolescentes e estudantes que participam da banda de música da Escola Municipal de Ensino Fundamental Prudência Borges de Menezes, atividade prática de artes do currículo de ensino. Elas descobriram a música dentro da escola formal, onde desenvolvem o aprendizado de saxofone. Elas participam dos Painéis Funarte fazendo o curso deste instrumento e esperam aprender ainda mais para melhorar seus desempenhos. As três vieram acompanhadas pelas mães e muitos sonhos de profissões futuras. “Ao escolher o tema da minha avaliação na matéria de artes na escola, eu escolhi a música”, conta Kiane. As meninas concordam que o aprendizado musical lhes ajuda nas outras matérias, por estimular a disciplina e a dedicação.
 Já Charles dos Santos toca bombardino e cursa o segundo grau. O jovem quer um dia servir nas Forças Armadas como músico. Ele participa da Banda Sol do Marajó junto com Helden Ribeiro, que toca saxofone, e Francisco Palheta que toca trombone. Para participar dos Painéis Funarte, eles conseguiram apoio da banda que pagou as passagens de volta. Na vinda eles trabalharam na balsa para conseguir desconto, e levarão daqui os conhecimentos adquiridos para repassar aos demais integrantes que não puderam vir, como contrapartida. “Já trabalhamos em projetos locais ensinando música a crianças, e queremos aprofundar nosso conhecimento e continuar nesse caminho”, disseram os jovens, que enfrentaram 45 horas de barco até Belém para depois vir de ônibus até Vigia e se juntar a tantos outros para aprenderem um pouco mais do ofício que escolheram, e dar alguns passos rumo ao sonho de serem músicos profissionais.

Fonte: Agência Pará

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PARÁ INVESTE R$ 5 MILHÕES NA PRODUÇÃO DE FILHOTE EM CATIVEIRO

O filhote é uma das espécies de pescado mais consumidas no Pará. Considerado um peixe de qualidade, com grande demanda na mesa dos paraenses e nos restaurantes, o filhote será a mais nova espécie produzida em cativeiro no Estado. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Aquicultura e Pesca (Sepaq), o projeto pioneiro representa um investimento de R$ 5 milhões.
 Até janeiro do ano que vem, pelo menos quatro estações estarão reproduzindo a espécie. As estações que irão receber os viveiros estão localizadas em Santarém, no bairro Amazonas; no estuário do município de Terra Alta; na Estação Marinha de Curuperé, em Curuçá; e na sede da Embrapa, em Belém.
 Segundo o secretário de Pesca e Aquicultura, Henrique Sawaki, a produção de filhote em cativeiro vem atender um pedido do governador Simão Jatene, como forma de suprir a demanda pelo peixe no Estado. “O filhote é uma espécie nobre, com grande aceitação, procura e valor comercial bom, além do que é uma espécies cotadas para extinção”, destaca o secretário.

Continue lendo...

Fonte: Agência Pará

PREFEITURA DE BREVES ASSINA COM A COSANPA CONTRATO DE CONCESSÃO POR 30 ANOS

O prefeito de Breves, Xarão Leão, e o presidente da Cosanpa, Antônio Braga, assinaram na manhã desta quinta-feira, 01, o contrato que renova a concessão de serviços de abastecimento de água e esgoto no município por 30 anos.
Com a assinatura do contrato, a Cosanpa cumpre, junto ao Governo Federal, as condições necessárias para ter acesso a recursos do Orçamento Geral da União (OGU) e a financiamentos para melhorar a expansão dos serviços na cidade.
 O primeiro passo do processo de regularização da concessão foi dado em maio de 2011 com a assinatura do convênio de cooperação, que delega à companhia a prestação de serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário.
 Em junho deste ano, a Prefeitura, com apoio da Cosanpa, promoveu audiências públicas em Breves para apresentar e debater com a população o Plano de Saneamento Básico de Água e Esgoto e o Contrato de Programa. Como parte das exigências legais, também foi realizada consulta pública no site da prefeitura de Breves.
 Com a regularização do contrato de concessão, a Cosanpa iniciará obras de construção do sistema de captação superficial do rio Parauahu, uma adutora de água bruta, duas estações de água tratada e implantação de 14 km de rede de distribuição de água com ramais e hidrômetros. São obras que beneficiarão mais de 52 mil habitantes e que terão investimento total de R$ 13 milhões de reais.
 Dentro das próximas semanas, a Cosanpa publicará edital de licitação para seleção da empresa que realizará as obras, cujo início está previsto para o primeiro trimestre de 2013.

Fonte: Xarão Leão (Facebook)

ORDENAMENTO FUNDIÁRIO E AMBIENTAL EM PORTEL

Extraído do Blog do Nelson Tembra

Notícia enviada por Daniel Francez, do IDEFLOR 

Publicado o decreto de afetação das glebas: Joana Peres II, Jacaré Puru, Acangatá, Alto Camarapí e Acutipereira, todas em Portel, totalizando cerca de 500 mil hectares para fins de ordenamento fundiário e ambiental. O decreto restringe o uso dessas terras para as atividades: 1) manejo florestal comunitário e familiar; 2) caça e pesca de subsistência; 3) agricultura de subsistência em áreas alteradas, com transição para sistemas agroflorestais e agroecológicos.
 O decreto foi publicado após a arrecadação pelo Estado das terras devolutas que hoje compreendem as glebas Jacaré Puru, Acangatá, Alto Camarapí e Acutipereira. O Decreto representa um importante resultado do Projeto de Desenvolvimento Local das Comunidades Agroextrativistas de Portel, pois reconhece o domínio das terras a mais de quatro mil famílias de trabalhadores agroextrativistas que vivem na região em condições de insegurança fundiária.
 Permite também a criação dos planos de manejo florestal comunitário nas glebas e a implantação de SAFs, etapa posterior à elaboração dos planos de uso dos territórios e cadastramento das famílias pelo ITERPA, próxima etapa no ordenamento fundiário.

 Leia o decreto na íntegra 

 advogado Ismael Antônio de Moraes comenta: ”O atual Governo (especialmente nas pessoas do Colares, do Tiago e do Daniel Francez, e ainda de toda a equipe do IDEFLOR) quita uma dívida secular do Estado com aquelas comunidades. O Cametá (Fransciso Rodrigues de Melo da TAGROCAMP e do STR de Portel) está à frente dessa reinvindicação há 7 anos, e é também uma consquista quase pessoal dele. Outrossim, o Governo também pode a partir daí preparar uma estratégia para debelar pelo menos uma parte dos efeitos sociambientais da UHE de Belo Monte. Semana que vem terei uma reunião com o atual prefeito de Portel e o agora eleito, quando este será um dos temas. Parabéns!”

PREFEITO ELEITO DE PORTEL JÁ ESTÁ TRABALHANDO EM FAVOR DO MUNICÍPIO

O Prefeito eleito de Portel,Vicente de Paulo Ferreira Oliveira, esteve ontem juntamente com o Prefeito de Portel,Pedro Barbosa, e o Secretário Executivo da AMAM ,Dr. Jaime dos Santos, em reunião com o Gerente Regional da Caixa Econômica para decidir sobre a instalação da Agencia da Caixa Econômica no Município de Portel. A Agência será instalada na Rua Floriano Peixoto e receberá a visita do Gerente Regional, José Hugo Barral, que fará uma avaliação sobre as instalações para viabilizar a inauguração brevemente naquele município.
 Além disso, será instalado em Portel o PAM, (Posto de Atendimento Municipal), favorecendo os microempresários e empreendedores do Município que poderão receber uma linha de crédito para tocarem seus empreendimentos. A visita da Equipe da Caixa Econômica estar prevista por todo o mês de novembro em Portel.

Fonte: Waldenir Bandeira (AMAM).

VAI SUMANO !