sexta-feira, 10 de junho de 2016

ELEIÇÕES EM PORTEL: PEDRO BARBOSA É BARRADO PELO TCU


Ex-prefeito de Portel está inelegível.
Tribunais deverão analisar se candidatos poderão concorrer nas eleições. Casos são de omissão ao prestar contas e danos ou desfalques ao erário. 

O Tribunal de Contas da União (TCU) disponibilizou nesta quinta-feira (9) à Justiça Eleitoral uma lista de 6.738 gestores públicos que tiveram contas consideradas irregulares em processos de fiscalização na aplicação de recursos públicos federais.
Com a lista, os tribunais eleitorais poderão rejeitar a candidatura daqueles que pretendem concorrer nas eleições municiais deste ano, conforme prevê a Lei da Ficha Limpa Os nomes se referem a julgamentos concluídos nos últimos 8 anos, período em que gestores com contas irregulares ficam inelegíveis, após análise do registro de candidatura pela Justiça Eleitoral. Com base na lista, o Ministério Público, os partidos e os próprios candidatos adversários poderão propor ações aos tribunais para derrubar as candidaturas desses gestores que tiveram as contas consideradas irregulares.
Segundo a Lei da Ficha Limpa, ficam inelegíveis por oito anos aqueles com contas rejeitadas por irregularidade insanável e que configure ato doloso de improbidade administrativa (mau uso de recursos públicos) e por decisão irrecorrível.

Fonte: TCU



leia mais AQUI

2 comentários:

  1. Gostaria de saber sobre São Sebastião da B.Vista: QUEM É QUEM ?

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber de curralinho

    ResponderExcluir