sexta-feira, 19 de agosto de 2011

CONTINUA TUDO COMO ANTES !

Extraído do blog "Limoeiro do Ajuru"

Mais uma vez a fraude está correndo livre em relação aos pescadores de Limoeiro do Ajurú, um deputado estadual e ex-Superintendente da Pesca do Pará, passou por aqui pelo municipio alegando participar de um evento cultural, mas na verdade o motivo foi revalidar as carteiras emitidas pelo Ministério da Pesca, carteiras estas que estão com o prazo vencido a alguns anos.
Estas carteiras só podem ser revalidadas mediante solicitação protocolada na superintendência do ministério da pesca no qual o atual superintendente é o sr. Albertino Leão.
A fraude ocorre quando o ex-superintendente carimba e assina as carteiras e coloca datas retroativas, como se estas tivessem sido revalidadas nos anos anteriores a 2010, quando este ainda era Superintendente da Pesca no Pará.
A prova das fraude está aparecendo de forma explicita, pois quando os pescadores assinaram o seguro defeso 2010-2011 nos meses de janeiro e fevereiro de 2011, estas carteiras estavam com o prazo vencido, no qual foi o motivo da notificação e bloqueio do seguro-defeso dos pescadores artesanais.
A pergunta é, se os pescadores tinham as carteiras revalidadas nessas datas anteriores a 2010, porque o seguro não foi liberado quando eles assinaram, pois só agora as carteiras estão aparecendo carimbadas e assinadas pelo ex-superintendente?
A verdade é que o ex-superintendente esteve aqui em Limoeiro do Ajurú especificamente na colônia de pescadores nos dias 22 e 23 de Julho, carimbando e assinando as carteiras com datas retroativas, isso explica a ida do presidente da colônia a Belém, levando as carteiras da seap fraudadas, para tentar liberar o seguro dos pescadores junto ao Sine e DRT.
Vamos ver se mais uma vez vai se repetir e ficar impune os crimes de falsificação e tentativa de enganar os pescadores e as autoridades competentes do nosso estado.

6 comentários:

  1. Apesar de existirem muitas irregularidades no seguro defeso, é preferível repassar esse dinheiro direto pra conta do "pescador" do que entregar nas mãos de políticos corrutos que ficam com muitas verbas.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade o pescador chico da pesca não parou de trocar votos por seguro de pescador, ele só deu um tempo, agora que as eleições municipais estão chegando ele começou novamente com a lambança, e por conta disso ele ta com o mandato por um fio, pra essa turma ñ existe lei ???

    ResponderExcluir
  3. ATÉ HOJE CONTINUA A MESMA SACANAGEM MAS COM UMA NOVIDADE OS FRUDADORES ESTÃO EXPULSANDO OS VERDADEIROS PESCADORES POR NÃO PAGAREM PROPINA, ENQUANTO ISSO O PODER PÚBLICO FICA DE BRAÇOS CRUZADOS VENDO TUDO ACONTECER HÁ MAIS DE TRÊS ANOS "COM QUEM PODEMOS CONTAR PARA ACABAR COM ISSA VERGONHA"

    ResponderExcluir
  4. ISSO TUDO É UMA VERGONHA. ESSE RAPAZ, QEU PRA MIM NÃO É DEPUTADO COISA NENHUMA, JÁ QUE NÃO CONSEGUIU SE ELEGER COM O VOTO LICITO, É UM TREMENDO BANDIDO, QUE SE METEU NA CATEGORIA DE NOSSOS PESCADORES E ESTÁ COM A AJUDA DE SEUS COMPASSAS (TALITA, MAURICIO,DRA. VITORIA,NEGA DO PEIXE DO TRAIRÃO E OUTROS) TEM TRABALHADO SOMENTE PARA DESTRUIR E DESMORALIZAR NOSSA CATEGORIA.MAS ACREDITO NA JUSTIÇA, E SEI QUE SERÃO PUNIDOS.A AUDIENCIA DA CASSAÇÃO DESTE CABOCO,ERA PRA TER ACONTECIDO NA SEMANA PASSADA, MAS CONSEGUIRAM ENGANAR A JUSTIÇA E ADIARAM, MAS SEI QUE ELE COM A TURMA DELE VAI TER O FIM QUE MERECE.

    ResponderExcluir
  5. FALSOS REPRESENTANTES DE Pescadores pedem ajuda no Ministério da Previdênciaa Social. O deputado Chico da Pesca e representantes das Associações e Cooperativas de Pescadores, entre eles os envolvidos no escândalo do seguro defeso, Antonio de Jacundá, Clemilda Melo (Nega) de Trairão, Gilmar Martins de Curralinho, Credinho de Cameta e a famosa Drª. Vitoria Damasceno, que trabalhou no SINE dirigindo o Seguro Defeso e nesta posição ajudou o Chico em sua campanha, que após descoberta o fraude no SINE ela foi demitida pelo atual governo.


    O deputado Chico da Pesca e representantes das Associações e Cooperativas de Pescadores estiveram no Ministério da Previdência Social para pedir o aumento do número de agência do INSS no Pará e ajuda para educação previdenciária no Estado e em específico nas colônias. No Ministério a equipe foi recebida pelo Secretário de Políticas de Previdência Social, Senhor Leonardo José Rolim Guimarães que se prontificou a mandar uma equipe do Ministério para capacitar uma pessoa de cada colônia e assim facilitar o acesso as informações, direitos e deveres dos pescadores e pescadoras.

    Tudo indica que o próximo passo da quadrilha é fraudar também o INSS.

    ResponderExcluir
  6. Quero aqui parabenizar o “MARAJÓ NOTICIAS” pelo espaço, e salientar a fraude que ocorre não só em Limoeiro do Ajuru, como também em vários municípios ribeirinhos. Sabemos que o grande prejudicado com essa fraude, são os verdadeiros pescadores que estão lá de sol a sol, para garantir a suas famílias o “pão de cada dia”. Esses profissionais precisam receber o SEGURO no período em que não podem pescar... peço encarecidamente as autoridades competentes que olhem com carinho para essa classe. valeu!

    ResponderExcluir