domingo, 9 de dezembro de 2012

AÇÕES PREVENTIVAS DE COMBATE À MALÁRIA SERÃO AVALIADAS EM BELÉM

Mosquiteiros impregnados com inseticida não venenoso, que ajudam a afastar o mosquito 
Os municípios que mais reduziram seus índices foram Cametá, Oeiras do Pará, Curralinho, Bagre e Alenquer.

Em 2012, o Governo do Pará já conseguiu reduzir em 32% o número de casos de malária em todo o Estado. O avanço é resultado das ações preventivas que a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) vem realizando em parceria com os municípios. Segundo o diretor estadual do Departamento de Controle de Endemias, Bernardo Cardoso, o Pará tirou cerca de 2,8 milhões de pessoas da situação de risco, o que é decisivo para os resultados positivos.
 Essas ações serão discutidas em Belém na quarta-feira (12) e na quinta-feira (13), durante a "II Avaliação do Programa de Controle da Malária no Pará" em 2012, promovida pela Coordenação Estadual de Malária, vinculada à Sespa, com a participação de secretários municipais de Saúde, diretores de Centros Regionais de Saúde e coordenadores de endemias das regiões norte, norte-leste, extremo norte, nordeste, sudeste e sul do Pará. No mês passado foram avaliadas, em Santarém, as ações executadas pelos municípios das regiões oeste e centro-oeste do Estado. O objetivo é reduzir o número de casos de malária no Pará.

Continue lendo...

Fonte: Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário