segunda-feira, 9 de junho de 2014

SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA RECEBE INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO, MORADIA E INFRAESTRUTURA

O Governador percorreu algumas ruas da cidade em companhia do prefeito Getulio Brabo
O governador Simão Jatene e o vice-governador Helenilson Pontes estiveram no município de São Sebastião da Boa Vista, neste sábado (7), visitando obras e anunciando benfeitorias para a cidade, como a construção de uma escola com seis salas de aula e a pavimentação de vias urbanas. O governador também participou de um evento da igreja Assembleia de Deus.
 A agenda do governo no município, que fica na Ilha do Marajó, começou com uma visita à escola de ensino médio João XXIII, que recebe uma reforma completa do governo do Estado. Simão Jatene inspecionou a obra e conversou com um grupo de alunos sobre os planos do governo para a educação com o Pacto Pela Educação do Pará. Os estudantes fizeram solicitações, como a cobertura da quadra de esportes, que está sendo reformada.
 “A gente sempre vê o governador como alguém distante, e foi muito bom esse encontro, para desconstruir essa imagem. Foi uma conversa sem burocracia e muito sincera. Ele aprovou algumas das nossas solicitações e se comprometeu em nos ajudar nas outras. Temos certeza que ele vai cumprir com os compromissos assumidos com o nosso grêmio estudantil”, afirmou o estudante do terceiro ano do ensino médio William Tavares.
 Da escola, a comitiva do governo seguiu a pé para o Centro Comunitário São Sebastião da Boa Vista. Acompanhado pelo prefeito da cidade, Getúlio Brabo de Souza, o governador assinou a ordem de serviço para a recuperação e pavimentação de três quilômetros de vias urbanas, investimento de R$ 998.223,37.
 O governador disse que o investimento em asfalto não é apenas uma medida para embelezar a cidade. “Muita gente acha que asfaltamento de ruas serve só para deixar a cidade mais bonita, mas é muito mais que isso. O asfalto mexe com a paisagem urbana e, consequentemente, com a autoestima das pessoas, que têm seus imóveis valorizados e melhor infraestrutura de moradia”, disse.
 Na ocasião também foi assinada a ordem de serviço para a construção de uma escola de ensino médio de seis salas de aula, na comunidade de Pracuuba Grande. Ainda na área de educação, Jatene disse que o governo investirá em uma escola tecnológica no município, para capacitação e estímulo na geração de emprego e renda na própria cidade. “Esse é um compromisso meu. Vamos brigar para conseguir trazer uma escola tecnológica para cá”, frisou.
Benefícios - Outras duas importantes obras foram anunciadas para a cidade. Uma é a reforma e adaptação de um prédio para a implantação da Biblioteca Pública Municipal, no valor de R$ 416,6 mil. A outra é o termo de adesão da Prefeitura de São Sebastião da Boa Vista ao programa Cheque Moradia, que beneficia famílias com até três salários mínimos em crédito para reforma ou ampliação de casas. O governador destacou a importância do trabalho em conjunto para a construção de uma sociedade melhor.
 “A história está na mão de cada um de nós. Eu e o prefeito não somos do mesmo partido, mas estamos fazendo um exercício republicano de cidadania, pois entendemos que nenhuma liderança ou partido político pode ser maior que a determinação que os políticos deveriam ter para se ajudar mutuamente para resolver os problemas da população. Precisamos um do outro, pois sozinhos não temos chance de concluir nossos deveres”, reiterou Simão Jatene.
 O prefeito Getúlio Brabo de Souza agradeceu pelas obras do governo do município. “O povo quer agradecer, pois estamos com a nossa autoestima elevada com a visita do governador. Os investimentos do governo em nosso município nos deixam satisfeitos e são importantes para que a gente avance cada vez mais. Sabemos que não vão resolver todos os nossos problemas, mas são um passo importante”, afirmou.
 A gestora escolar Lucinete Magno disse que as obras do governo em São Sebastião da Boa Vista contribuem para o desenvolvimento da cidade. “São obras de grande importância para o nosso município. A nossa população precisava realmente desse asfalto e de mais uma escola de ensino médio. Isso tem muito a contribuir para o futuro dos nossos jovens e para melhorar a cara da nossa cidade. O governo já realizou um grande sonho da comunidade boavistense, que foi a construção do nosso porto de passageiros. Essa obra nos enche de orgulho, pois ficou muito bonita e é um ponto de referência turística e beleza do nosso município”, observou ela, referindo-se à reforma e ampliação do Terminal Hidroviário de Passageiros de São Sebastião da Boa Vista, que recebeu investimento de R$ 510.475,91.
 Além da reforma, foi implantada uma rampa metálica coberta e articulada, além de flutuantes metálicos. O último compromisso do governador Simão Jatene no município foi a participação no Encontro Anual de Obreiros da Assembleia de Deus, que reúne diversos pastores da Ilha do Marajó.

Fonte: Agência Pará de Noticias

9 comentários:

  1. vi com bons olhos a visita do governador Jaene, trazendo investimentos à nossa cidade, parceria proveitosa sempre será benvinda. luiz rocha (de rocha)

    ResponderExcluir
  2. mais patético do que ver um governador em fim de mandato, vir visitar um município sem expressão nenhuma como são sebastião da boa vista, por puro desespero e um prefeito em fim de carreira, que tá empurrando o seu mandato com a barriga por não saber o que fazer com uma cidadezinha de pouco mais de vinte mil habitantes, é ver um centro comunitário quase vazio por conta de dois políticos sem nenhum prestígio perante a população. esses dois poderiam ter nos poupado dessa cena ridícula!

    ResponderExcluir
  3. Pelo que entendi o governador está inaugurando promessa. Faz bela dupla com esse prefeito. Será que vamos nos deixar enganar de novo?

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao Blog, enfim uma postagem republicana, sem mentiras e com a verdade..Exemplo de democracia dado pelo prefeito Getúlio e pelo governador Janete.

    ResponderExcluir
  5. Patético foi o que o governador fez com o os lideres do PSDB em BV em nenhum momento registrou a presença do Salomão(presidente do PSDB/Local) e do único vereador eleito do PSDB Iran Moraes, colocou-os literalmente de lado, quem esteve no centro social lotado viu que os dois estiveram o tempo todo na lateral do centro...com cara de bobos. Jatene e Getúlio cochicahram o tempo todo e trocaram amabilidades, vem ai...enganação pro povo.

    ResponderExcluir
  6. Helder barbalho fechou com Lira Maia na região baixo Tocantins, PR Vale com Nordeste do Pará e Salame região do marabá. enquanto Jatene fechou com getulio em Boavista. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo das 16:02, isto sim que é prestígio, sem falar em seus "assessores" de "enorme força política', Sec da Assist. Social (netão), sec do Desenv. Urba(ademar andrade), pte da cãmara (ademar Gomes) e por aí.....Que situação chegamos? Sinceramente, podemos concluir que o ex prefeito Laércio Pereira deixou um "grande legado' em nosso município, o da "politicagem", corrupção por todos os lados. Pedimos à população de Boavistense que não caiam mais nas mentiras desses aproveitadores e definitivamente dê um BASTA NESTA CORJA DE MAL-FEITORES, PT EM NOSSO MUNICÍPIO NUNCA MAIS!

      Excluir
  7. Como podemos acreditar que agora vão fazer alguma coisa em nosso município?? Ainda mais com este governador (Jatene/PSDB) em fim de mandato e um prefeito (Getúlio/PT) desesperado por apoio, como pode, nem em seu partido tem a maior, muito fraco, , se não fosse cõmico, beira ao redículo essa parceria. Nós POVO, estamos cansado dessa politicagem e não iremos mais permitir esta enganação em nosso município. BASTA!!!

    ResponderExcluir
  8. Diário do Pará - 07/06/2014
    JATENE DEIXA MUNICIPIOS SEM VERBA PARA SAÚDE
    “Para uma prefeitura que tem muitos recursos, o Pabinho pode não ser significativo,
    mas, para os municípios com menos de 30 mil habitantes, ele fazia toda a diferença. Os
    mais pobres são os que mais sofrem”, diz o vereador Del Viana (PT) de São Sebastião
    da Boa Vista. No último dia 6, Viana enviou ofício ao Colegiado de Secretários
    Municipais de Saúde (Comes-PA) pedindo informações sobre os valores em atraso.
    “Pedi um levantamento do que os municípios têm a receber”, explica. São Sebastião da
    Boa Vista, por exemplo, deveria receber cerca de R$ 14 mil mensais, mas os atrasos já
    Diário do Pará - Jatene deixa municípios sem verbas para saúde chegam a dez meses. “A gente já nem conta mais com esse recurso, porque nunca sabemos quando vai chegar”, diz o secretário de Saúde do município, José Raimundo Farias . “Cuidar da atenção básica é caro e esse era um recurso que nos ajudava a
    manter a estrutura”.
    Atrasos atingem também os repasses para o Samu
    A realidade de São Sebastião se repete nos 144 municípios paraenses. Prefeitos e
    secretários reclamam do problema, mas a maioria prefere não dar entrevistas. Alegam
    que não querem se indispor com o Estado. Além do Pabinho, o governo estadual tem
    atrasado também repasses para complementar a assistência farmacêutica e para o
    Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Neste caso, o Estado deveria
    contribuir com 25%, o que não vem ocorrendo. “Esse recurso era essencial para manter
    as ambulâncias. Por isso que muitos municípios estão reduzindo o número de veículos”,
    reclama um secretário de saúde que não quis se identificar.
    Os resultados da falta de recursos se fazem sentir no dia a dia da população que
    procura atendimento nos municípios e se refletem nas estatísticas que dão ao Pará
    resultados pífios na área da atenção básica. De acordo com dados oficiais, a cobertura
    chega a apenas 43,11%. Significa que mais da metade dos paraenses não são
    atendidos por esse serviço essencial.
    Em nota encaminhada à redação, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa)
    confirmou atrasos no repasse de recursos de contrapartida para os municípios. O
    governo admite que repasse do Piso de Atenção Básica (Pabinho) está atrasado desde
    maio, o da Farmácia Básica desde junho e o repasse do Samu desde agosto. Os valores
    totais, porém, não foram informados.
    De acordo com a nota, o motivo para o atraso é “a falta de orçamento”. O titular da
    Sespa, Hélio Franco, prometeu, contudo que até o fim deste mês serão feitos os
    repasses referentes a maio e junho do Pabinho, mas não deu informações sobre os
    demais repasses em atraso.
    O presidente da Federação das Associações dos Municípios Paraenses (Famep), Helder
    Barbalho, ressalta que os atrasos prejudicam os municípios e aumentam os problemas
    da área da saúde em todo Estado. “Há um discurso de que os problemas da urgência e
    emergência em Belém e da superlotação na Santa Casa se devem à precariedade do
    atendimento nos municípios. De fato a saúde é precária e claro que isso se agrava com
    a falta dos repasses”, disse. A orientação da Famep é para que os municípios avaliem
    junto às procuradorias medidas legais contra o Estado para garantir os repasses.
    O DIÁRIO procurou o presidente do colegiado dos secretários de saúde, Charles
    Tocantins, que é titular da pasta no município de Tucuruí, mas até o fechamento desta
    edição ele não havia retornado aos contatos da redação.
    (Diário do Pará)
    Diário do Pará - Jatene deixa municípios sem verbas para saúde Página 2 de 2
    file://

    ResponderExcluir