quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

FALSO PESCADOR NA MIRA DA JUSTIÇA FEDERAL

Parece que o MPF  e a Justiça Federal enfim acordaram para coibir a concessão de seguro-defeso fraudulento no Marajó (veja print). Desde 2009 estamos alertando a quem é aliciado por "dirigentes" de colônias e associações de pesca, que isso, mais dia menos dia, ia começar a acontecer.
Mas, seria bom também condenar quem concede e/ou se beneficia politicamente destes seguros fraudulentos.

Fonte Imagem: RD (Diário do Pará)

27 comentários:

  1. verdade, em ssbv muitas pessoas enriqueceram fazendo seguro para quem nunca pescou.e toda eleição alguém se elege explorando os pescadores, ameaçando de vetar o seguro de quem não votar nessas pessoas que se intitulam defensores dos mesmo, como se o seguro não fosse um direto de quem realmente vive da pesca. e mais mesmo eleitos eles tem a cara de pau de cobrar 200, 300, 500 reais de cada pobre pescador para fazer a tal liberação e não tem podor de dizer que parte desse dinheiro é para agradar o pessoal lá em cima. o governo federal e as autoridades competentes precisam dar um basta nisso!

    ResponderExcluir
  2. Não só Políicos, mas o Comercio tambem vive do Seguro Defeso, há comerciante que tem mais de 50 (cinquenta) cartões preso na gaveta do seu caixa. Não podemos esquecer que existe associações que trabalham só com seguro defeso, e ai eles conseguem formar o seu curral eleitoral, é só vê quem foi o Vereador mais votado.

    ResponderExcluir
  3. Aqui em Oeiras do Pará também politico se aproveitando da situação, associando pessoas que só conhece peixe porque vai ao mercado, e ainda assim é obrigado à dividir pela metade o dinheiro do seguro se este quiser continuar fazer parte da quadrilha fraudulenta.que vergonha seus políticos!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Realmente concordo com o comentario acima. Aqui em Boa Vista, tem associação para todos os cantos, já um comercio. Estão cobrando 300 reais, para entregar uma carteira de pescador. Um vereador eleito com a ajuda dos pescadores, já passou o poder pra membros da sua familia. Pra votar no candidato do prefeito para presidente da camara, recebeu a secretaria de pesca, e tem como secretario seu cunhado que era cambista. Ele esta metendo a mão na arrecadação do mercado do pescado

    ResponderExcluir
  5. Agora etsa na hora dos promotores de justiça dos municipios marajoaras que conhecem o fato invstigarem e denunciarem, em Chaves no Marajo, chegou o absurodo de ter até seis mil prescadores, entretando no municipio pescado so quandovem de Macapa. Chegou a Hora do MP/Chaves observar donos de fazendas que patrocinan colonia, pra encobrir seus que todos seus funcionarios recebem o seguro defeso e por isso nao podem ter suas carteiras de trabalho assinadas.Investigação ja!!!

    ResponderExcluir
  6. Que bom que a pf e o ministério publico estão dando sinal e resposta a população mais ainda acho que estão prendendo só os laranjas tem q botar a mão é nos presidentes de colonias que induzem essas pessoas a fazerem essa pratica ñ é só curralinho + em todo marajó ,muaná não fica atraz e outros municipios do arquipelago marajoara!

    ResponderExcluir
  7. Quem já foi Rei sempre será majestade _ o ex-deputado Chico da Pesca, em mais uma de suas estratégias cheias de trapalhadas, o ex-deputado está lotado no gabinete do Deputado Federal Beto Faro, como está impedido legalmente de exercer cargos publico, emprestou o nome de seu filho o jovem Marcelo Adan Souza de Souza (o nome consta na folha de funcionários do deputado) para ser nomeado na Câmara Federal, só que a grana vai para o bolso de Chico, por esse favorzinho o ex-deputado é devedor de favores e tem compromisso políticos com o deputado Beto Faro, digo ou tinha, Chico da Pesca ainda apaixonado pelo Ministério da Pesca, mesmo sabendo que jamais voltará ao cargo antes ocupado naquele ministério, resolveu criar uma estratégia com o objetivo de poder controlar alguns setores daquele órgão, para isso poder se tornar realidade Chico da Pesca é capaz de vender sua alma para o Cão,desta vez mesmo recebendo salários indiretos do gabinete do Deputado Beto Faro,ele resolveu assumir um compromisso com o secretário adjunto da SEPAq senhor Luiz Sergio,no bojo do acordo Fica acertado que o Chico vai apoiar a candidatura de secretário adjunto da SEPAq para a Assembleia Legislativa no pleito 2014, em troca Luiz Sergio assume o compromisso com Chico em conseguir a nomeação do funcionário da SEPAq e protegido de Chico denominado de Junior Terra, para isso ambas as raposas estão se aproveitando de um movimento criados pelas associações de pescadores e estão investindo na fragilidade desse setor e já marcaram uma agenda para que uma comissão de representantes dessas associações possam se encontrar no próximo dia 25 com o ministro Crivella, junto com essa comissão vai montado no cavalo de Napoleão justamente o secretário adjunto Luiz Sergio e o seu propósito é aproveitar o peso do movimento para tentar sensibilizar o ministro Crivella pela nomeação de Junior Terra, e assim marcar a volta de Chico da Pesca no comendo do ministério da Pesca. Esse cara é muito perigoso, não tem respeito por ninguém, afinal de onde surgiu essa figura tão desprezível. A pergunta final será que vai continuar enganando o deputado Beto Faro.

    ResponderExcluir
  8. Junior Terra É Engenheiro de Pesca e é funcionário concursado da SEPAQ.

    ResponderExcluir
  9. Aqui em Bagre o Kzan da Colonia se elegeu vereador, e presidente da colonia com as bençãos de Miriquinho e Chico da Pesca, sera que ninguem faz nada, aqui? Denunciar nao adianta pois nada propera...sempre o Juiz acha um jeito de livrar os amiguinhos do prefeito.

    ResponderExcluir
  10. Aqui em Almeirim em 2010 e 2011 a farra foi grande com esse dinheiro dos pescadores, a quem diga que comerciantes, pecuaristas, policiais e suas esposas foram beneficiados por essa prática criminosa. O presidentre e sua corja foram denunciados várias veses ao Ministério do Trabalho, Policia Federal, Ministério Publico com o intuito de coibir tal prática, mais não foram tomadas as devidas providencias. Em 2012 as coisas ficaram mas branda devidos as ameaças que vinham acontecendo po partes dos verdadeiros pescadores. Detalhe os laranjas foram os primeiros a receber, enquanto os PESCADORES que são 20% dos que recebem, ficou pra depois. O PRESIDENTE e seus parceiros, literalmente nadaram em dinheiro. "ISTO É BRASIL"

    ResponderExcluir
  11. AQUI EM CURRALINHO TEMOS A FAMILIA SEGURO, QUER DIZER FAMILIA DO PRESIDENTE DA COLONIA.
    QUE NAO PASSAM DE APROVEITADORES, SE APROVEITANDO DOS POBRES PESCADORES PARA FAZER SEGUROS PIRATAS. FICANDO ASSIM COM A METADE DO DINHEIRO, GILMAR HA HORA TA CHEGANDO ESSA BATEU NA TRAVE!

    ResponderExcluir
  12. Lamentável essa situação, e o pior de tudo é q toda a comunidade local sabe, porém acaba se omitindo.

    ResponderExcluir
  13. Senhores quem quiser ver basta somente presenciar, Chico da pesca é viciado em falcatruas, para constatar essa informação é só da uma chegada no município de Muana, Chico criou um Instituto e através deste está enganando pescadores com o intuito de enganar o poder publico, ele está no município com o apoio da associção de pescadores de Muana denominada de Amarajoara, nesse municipio está emitindo registros de pequenas embarcações como se fosse a Capitania dos Portos e o MPA, está emitindo notas e recibos frios para que o falso pescador possa comprovar junto ao MPA e MTE que realmente exerce a atividade pesca para este cidadão conseguir acessar o seguro defeso, como não poderia ser diferente ele está cobrando de cada pessoa o equivalente a 150,00 reais, quem quiser ter melhores informações desta denuncia basta procura os senhores Chico Cameta, Deco Lobato, Deocleciano e a secretaria de pesca do município.

    ResponderExcluir

  14. Júnior Anne Terra, este cidadão que faz este convite via Facebook,
    é funcionario da Sepaq e faz parte do grupo do Chico da Pesca,é com essa fachada que eles estão cometendo varias inrregularidades na ilha do Marajó, cadastrando qualquer pessoa para receber o seguro defeso.

    há 6 horas próximo a Belém (Pará) •
    • Instituto de Desenvolvimento Sustentável da Pesca e Aquicultura da Amazônia - IDESPAM estará realizando Seminários Municipais da Pesca e Aquicultura com as Entidades do setor pesqueiro (sindicatos, colônias, associações, cooperativas e demais).

    Atividades: Recadastramento dos Pescadores / Diagnóstico Geral da Pesca.

    SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA - 01/03/2013 À 08/03/2013 - ASTRAB - 06 Técnicos

    ABAETETUBA - 01 À 10/03/2013 - Colônia Z-14 - 12 Técnicos

    SÃO SEBASTIÃO DA BOA VISTA - 04/03/2013 À 07/03/2013 - APERPAP - 02 Cursos Técnicos
    Parte superior do formulário

    1Compartilhar
    o 3 pessoas curtiram isto
    Parte inferior do formulário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mostre a cara para debatermos melhorias efetivas ao setor pesqueiro paraense.

      Sou Engenheiro de Pesca e cidadão deste Estado.
      Busquei está formação profissional para desenvolver meu estado, não para ficar perdendo tempo em Blogs debatendo com critério.

      Júnior Terra.

      Excluir
  15. a mpf deveria investiga o colonia de pesca de senador jose porfirio na qual o presidente colocas pessoas que nem e pescador para receber o beneficio.em troca o beneficiador da 1.000,00 reais.o mesmo que se diz presidente da colonia de pesca esta enricando com os dinheiro que rouba dos associados.

    ResponderExcluir
  16. muitos pescadores da minha comunidade que recebem o defeso nao sao pescadres.

    ResponderExcluir
  17. deixa o pessoal receber o dinheiro do defeso,pois se eles não receberem os safados politicos recebem tudo...pelo menos kem não é pescador ainda recebem o dinheiro....isso nunca vai acabar pois os maiores estarão sempre na frente,denunciar não acaba em nada!!!

    ResponderExcluir
  18. NOTA DE ESCLARECIMENTO
    CONFORME CITAÇÃO NO BLOG MARAJÓ NOTÍCIAS, da quarta-feira 15 de Fevereiro de 2013 (LINK: http://marajonoticias.blogspot.com.br/2013/02/falso-pescador-na-mira-da-justica.html) venho através desta, dirimir algumas informações vinculadas no site.
    O Instituto de Desenvolvimento Sustentável da Pesca e da Aquicultura da Amazônia – IDESPAM, é uma organização criada a partir dos anseios e demandas do setor pesqueiro Paraense durante o “I Grito das Águas” elaborado e executado pelo ex-deputado Chico da Pesca/PT-Pa realizado em 2011 e reuniu aproximadamente 800 lideranças do setor pesqueiros de todas as regiões do Estado do Pará. (link: http://www.miriquinhobatista.com.br/_pags2.php?acao=bm90aWNpYXMvZXhpYmUwMw==&id=197). Com objetivo de efetivar as políticas públicas direcionadas ao setor pesqueiro (Assistência Técnica, Acesso ao Crédito, Saúde e Educação e demais), porém, pouco exequíveis. Neste sentido reunimos uma equipe de 25 técnicos em Pesca / Aquicultura / Zootecnia / Agronomia / Advogados/ Administração e Gestão, para disponibilizarmos junto às entidades de classe (Colônias, Associações, Sindicatos, cooperativas e demais) Assistência Técnica, Jurídica e Contábil, visando promover ações concretas para avançarmos no combate à pobreza, fome e miséria. Através da produção aquícola (piscicultura), garantiremos emprego, renda e alimento ao pescador (a) Artesanal e Aquicultor. Estamos atuando efetivamente na organização administrativa das entidades, com intuito de organizar a forma de atendimento justo ao pescador (a), visando melhorias na qualidade de vida e dignidade humana deste povo das águas tão sofrido e carente de “tudo”.
    O IDESPAM possui parceria com todos os órgãos vinculados com a Pesca e Aquicultura Paraense e todas as atividades desenvolvidas são informadas previamente aos mesmos. Principalmente: SEPAQ / MPA / INSS/ MARINHA DO BRASIL / IBAMA / SEMA / UFRA / UFPa / IFPa / SPU / SEGUP, entre outros. Via oficio, convidamos todos os entes públicos para participação nos Seminários Regionais e/ou Municipais. O levantamento socioeconômico das entidades/recadastramento é para reorganizar os sócios, identificar o perfil econômico (para elaboração de projetos), identificar o número de mulheres, jovens, crianças e idosos - visando ações do dia da mulher pescadora / Corrida de Rabeta/Rabudo com jovens / Dia do Idoso Pescador / Identificação das Embarcações /Educação e Capacitação para Criação de Peixe e Manejo do Camarão e outras. O principal produto deste levantamento é a Elaboração do “Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável da Pesca e da Aquicultura” de cada município participante, onde as Prefeituras/Secretarias Municipais de Pesca/Lideranças da Pesca atuam em conjunto. As entidades firmam o acordo de cooperação com o IDESPAM para realização das atividades.
    Atividades em Andamento:
    1. http://www1.previdencia.gov.br/agprev/agprev_mostraNoticia.asp?Id=49247&ATVD=1&xBotao=2
    2. http://18piscicultura.blogspot.com.br/2011/12/estrutura-18-piscicultura.html

    ResponderExcluir
  19. Cont.
    A internet ainda é tida por muitos como um território livre, sem lei e sem punição. Mas a realidade não é bem assim: diariamente, o Judiciário vem coibindo a sensação de impunidade que reina no ambiente virtual e combatendo a criminalidade cibernética com a aplicação do Código Penal do Código Civil e de legislações específicas como a Lei n. 9.296 – que trata das interceptações de comunicação em sistemas de telefonia, informática e telemática – e a Lei n. 9.609 – que dispõe sobre a proteção da propriedade intelectual de programas de computador. Insultar a honra de alguém (calúnia – artigo138), espalhar boatos eletrônicos sobre pessoas (difamação – artigo 139), insultar pessoas considerando suas características ou utilizar apelidos grosseiros (injúria – artigo 140), ameaçar alguém (ameaça – artigo 147). Com base na Constituição Brasileira, nossa Comissão Jurídica entrará com representação junto a Justiça para levantarmos e investigarmos os endereços de IP (computadores) de todos os envolvidos nessa notícia, os ditos “anônimos” e preocupados com as questões políticas e eleitorais vindouras, deveriam mostrar sua “cara” para irmos ao debate e chamar quem realmente participa do processo. As entidades de classe e poder público. Precisamos usar o direito democrático de acesso as informações para esclarecer e munir o povo conhecimento, sabedoria e ética. Só assim construiremos um País justo e democrático no Estado de direito.
    Aproveito o espaço deste renomado blog informativo e combativo, para convidar todos os interessados em Desenvolver o Setor Pesqueiro para visitar e discutir ações claras para o Desenvolvimento do nosso querido e amado Marajó. Prefeitos / Secretários de Pesca / Colônias / Associações / Sindicatos e demais. A política existe, porém – devemos lembrar que existem pescadores (as) passando fome e necessidade no interior do Estado e é nosso dever e obrigação como servidor público concursado, atender estes cidadãos. Quem tem fome, tem pressa!!
    “Sem luta não há Progresso” (Friedrich Engels)

    Belém, 30 de Março de 2013 – 13h10min

    Por: Júnior Terra
    Coordenador de Pesca
    Engenheiro de Pesca
    CREA 17146 D/Pará
    Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura – SEPAq
    Consultor Técnico em Pesca, Aquicultura e Políticas Públicas.
    Especialista em Gestão Pública e Gerenciamento de Projetos – FGV/RJ

    Mais Informações:
    Av. Gentil Bittencourt, 827 - Batista Campos, CEP 66.040-000, Belém-Pará-Brasil.
    Fone(s):(91)3241.2545/3241.2840/3241.2452.
    Fax:(91)3222.8310.
    E-mail: sepaq@sepaq.pa.gov.br

    ResponderExcluir
  20. AQUI EM LIHARES ES TEM UMA CIDADE CHAMADA PONTAL DO YPIRANGA A MAIORIA DAS PESSOA QUE MORA AQUI RECEBE ESTE AUXILIO, TEM GENTE QUE SAI DAQUI VAI PARA BARRA NOVA ES PARA RECEBER TAMBEM OS PESCADORES MESMO, CONHEÇO GENTE QUE É PESCADOR E NÃO RECEBE

    ResponderExcluir
  21. sou pescado moro em curralinho conhesso todos esses badidos comesando pelo veriado valerio veriadora estela mendes e outros q moram aq

    ResponderExcluir
  22. FRAUDE EM ALMEIRIM- ESSA CORJA AINDA ESTA SOLTA,SÃO MUITOS OS QUE COMPOEM ESSA QUADRILHA MOTOTAXISTAS, TAXISTAS, LOJISTAS E FILHOS,COMERCIANTES,MULHERES DE POLICIAIS E FILHOS,MULHERES DE FUNCIONARIOS PUBLICOS,ETC...
    AINDA HA MUITA COISA PRA SER FEITA, A POLICIA TEM QUE IR A FUNDO E PRENDER ESSA CORJA DE FRAUDADORES.
    ELES COLOCAVAM OS NOMES DAS PESSOAS DA CIDADE COMO SE MORASSE EM COMUNIDADES DO INTERIOR, E COM ISSO COBRAVAM R$500,00 POR CADA SEGURO.
    AGORA ELES ESTÃO COBRANDO R$800,00 PARA QUE QUISER QUE O SEGURO SAIA MAIS RAPIDO E PRIMEIRO QUE OS PESCADORES.
    A FAMILIA VIANA ESTA EM PESO NESSA FRAUDE.

    ResponderExcluir
  23. vocês tem que fiscalhizar ponta de pedras no marajó pois tem muita gente que recebe o seguro e mora em belem e nunca pescou na vida tirando o direito de quem realmente precisa pois eu conheço varias

    ResponderExcluir
  24. na minha cidade onde eu mora eu conheço, varias pessoas que recebem o suguro defesa e sao comerciantes donos de açogue proprietário de grandes embarcaçoe,Quando chega a epoca de assina o seguro precisa ver na frente do ginasio como fica de moto dos comeciantes que recebem o suguro defesa, e tem facilitaçáo das pessoas que fazem o codrastro.

    ResponderExcluir
  25. eu moro em CHAVES PARÁ na ILHA do MARAJÓ eu conheço varias pessoas que recebem o benefico do seguro defasa,comerciantes donos de grades enarcaçóes, donos de açogue, funcioáro publico que trabalham na prefeitura de chaves que recebem o seguro defesa na data de assina o suguro defesa gasta de ver na frente do ginasio como fica de moto dos pescadores de chaves,isso é pros pescadores mas tem ums que náo recebem tem que have uma ficalizaçáo na hara que eles tiverem assinando o seguro, que a maça que faz o catrsasto sabe quem é e que náo é pescador.13/11/2017

    ResponderExcluir
  26. eu moro em CHAVES PARÁ na ILHA do MARAJÓ eu conheço varias pessoas que recebem o benefico do seguro defasa,comerciantes donos de grades enarcaçóes, donos de açogue, funcioáro publico que trabalham na prefeitura de chaves que recebem o seguro defesa na data de assina o suguro defesa gasta de ver na frente do ginasio como fica de moto dos pescadores de chaves,isso é pros pescadores mas tem ums que náo recebem tem que have uma ficalizaçáo na hara que eles tiverem assinando o seguro, que a maça que faz o catrsasto sabe quem é e que náo é pescador.13/11/2017

    ResponderExcluir