quinta-feira, 27 de março de 2014

FACULDADES IRREGULARES É TEMA DE DEBATE HOJE NA TV CULTURA

Programa mostra que o crescimento desordenado provocou queda na qualidade


O acesso a universidade ainda é privilégio de poucos no brasil. De acordo com ibge, em 2010, apenas 7,9% dos brasileiros possuíam diploma. Mas a busca pela graduação está crescendo. Nos últimos dez anos dobrou o número de matrículas no ensino superior e hoje, são mais de 7 milhões e 200 mil brasileiros em cursos de graduação, pós-graduação e cursos seqüenciais. Outro dado interessante é de que 74% das matrículas dos cursos de graduação estão concentradas em instituições privadas. Na verdade, o Brasil parece viver um momento de explosão do ensino superior particular.
 Segundo ministério da educação as faculdades particulares do país possuem o dobro de alunos por sala que as públicas. Mas o crescimento de vagas foi desordenado e provocou a queda de qualidade e, em alguns casos, o prejuízo para estudantes que apostam nas pequenas instituições de ensino é irreparável.
 De acordo Ministério Público Federal, só no Pará, nos últimos dois anos, 16 cursos de graduação foram suspensos por que não cumpriam regras estabelecidas pelo MEC ou simplesmente foram abertos sem autorização oficial. Todos os anos, pelo menos 10 mil alunos concluem cursos pelas instituições processadas ou investigadas.
Para debater o assunto, o “Na Pauta” desta quinta-feira (27) recebe a professora e presidente do Conselho Estadual de Educação, Suely Menezes e o Procurador do Ministério Público Federal Alan Mansur.
 Não perca o “Na Pauta”, nesta quinta-feira (27), às 19h45.

Fonte: Portal Cultura

Nenhum comentário:

Postar um comentário