quinta-feira, 29 de agosto de 2013

MESTRES CARPINTEIROS ADEREM À LUTA CONTRA O ESCALPELAMENTO

O combate ao escalpelamento, acidente que ainda vitima dezenas de mulheres ribeirinhas na Amazônia, principalmente no Pará - e mais especificamente na Ilha do Marajó - ganhou mais um grupo aliado nesta quinta-feira, 29: os mestres carpinteiros, que são responsáveis pela construção de pequenas e médias embarcações utilizadas como principal meio de transporte de quem vive nas áreas onde os rios, furos e igarapés são as únicas 'estradas' disponíveis - que corresponde a 63% dos municípios paraenses.
A adesão dos mestres carpinteiros aconteceu no auditório do Ministério Público do Estado durante o I Encontro de Mestres Carpinteiros do Pará, organizado pelo Governo do Estado do Pará por meio da Coordenação Estadual de Mobilização Social, da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Na ocasião, eles tiveram a oportunidade de conhecer de perto o drama vivido por crianças e mulheres, vítimas de acidentes com escalpelamento, e tomaram conhecimento sobre o que está sendo feito para a erradicação do problema, que este ano já fez seis vítimas. Todas recebem tratamento na Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém.

Continue lendo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário