sábado, 31 de agosto de 2013

PALMITO CLANDESTINO APREENDIDO EM PORTEL

Na madrugada da última sexta-feira (30) uma equipe de fiscalização da secretaria municipal de meio ambiente de Portel, apreendeu uma pequena embarcação com aproximadamente uma tonelada de palmito que tinha como destino a cidade de Melgaço.
Informações repassadas pelo Diretor de Monitoramento da SEMA/Portel, Gilberto Gama, dão conta que o palmito veio de uma “fabriqueta” no Rio Samauma, afluente do Rio Pacajá, em Portel.
“O produto tinha como destino fábricas localizadas nos municípios de São Sebastião da Boa Vista e Gurupá, que fornecem vasilhames, tampas e rótulos aos pequenos produtores”, ressalta Gilberto.
“Esta prática é comum, fabricas maiores que exportam para o mercado consumidor de outros estados, compram de pequenos produtores da região marajoara”, conclui.
Todo produto apreendido foi encaminhado à sede da SEMA/Portel e posteriormente será doado para alimentação animal, pois, é impróprio para o consumo humano por vir de fabricação em condições insalubres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário