sábado, 24 de agosto de 2013

VEREADOR DE BREVES DENUNCIA "OS" QUE ADMINISTRA O HOSPITAL REGIONAL DO MARAJÓ

Extraído do Blog do Parsifal Pontes

Ontem (23), durante o encontro regional “Unidos pelos Objetivos do Milênio”, na cidade Breves, no Marajó, em seu pronunciamento, o vereador presidente da Câmara de Breves, Labinho de Oliveira (PTB), fez uma grave denúncia: a OS (Organização Social)  INDSH, que administra o Hospital Regional Público do Marajó, recebe por procedimentos médicos hospitalares que não executa.
 Na mesa de autoridades, o secretário Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Sidney Rosa, registrou que a INDSH recebe R$ 3 milhões por mês da Secretaria de Estado de Saúde Pública.
O Hospital Regional de Tucuruí, com capacidade de atendimento maior que o do Marajó, não recebe mais que R$ 2 milhões por mês. A diferença é que, em Tucuruí, a gestão não é terceirizada, ou seja, onde a gestão é terceirizada é pago mais para fazer menos.

5 comentários:

  1. Não sei se as denuncias são fundamentadas...

    Mas o vereador não é, era meu vizinho quando eu morava em Breves e sua conduta era simplesmente deeploravel.

    Nada que vem dele eu acredito

    ResponderExcluir
  2. Não acho que seja o caso de acreditar ou não. Certo ou errado, honesto ou desonesto, trata-se de uma denúncia grave E TEM QUE SER VERIFICADA. O caráter do denunciante é de menos neste caso. TEM QUE APURAR SIM!!! Marcos Paulo Miranda

    ResponderExcluir
  3. SINCERAMENTE O HOSPITAL DO MARAJÓ VIROU UM BODE EXPIATÓRIO, O QUE TODOS CLAMAVAM EM UMA SÓ VOZ PARA TRAZER HOJE É SÓ DENUNCIAS E MAIS DENUNCIAS, TENHO CERTEZA QUE SE FAZ O QUE SE PODE, A SAÚDE NO PARÁ E NO BRASIL PEDE SOCORRO, MAS O QUE NÃO DÁ PRA ENTENDER QUE O HOSPITAL MUNICIPAL E OS POSTOS DE SAÚDE DOS BAIRROS TAMBÉM DA PÉSSIMO, TA PIOR, QUE O REGIONAL E NINGUÉM FALA NADA, OPSSS A TELEVISÃO NÃO VÊ NADA, FALA SERIO VAMOS DEIXAR DE SENSACIONALISMO E MOSTRAR A REALIDADE DA MOEDA A CARA E A COROA PARA SIM O POVO FAZER SUAS DENUNCIAS E CRITICAS. E TALVEZ ASSIM MELHORAR.

    ResponderExcluir
  4. Concordo que as coisas devem ser verificadas melhor. E também penso que se os postos e os hospitais municipais funcionassem no minimo em condições precárias já ajudaria, mas nem assim estes funcionam. Aí, a televisão sensacionaliza e divulga o que se torna mais ridículo do que informativo... e ainda deixam de divulgar aquilo que é vedado pelo poder da preifeitura... isso ninguém vê, será?

    ResponderExcluir
  5. Partido Brasileiro da Cooperacao Nacional- PBCN29 de dezembro de 2013 20:32

    O meu nome Nilson Gomes Filho, vivendo nos US por agora. Pretencoes de Governo do meu pais natal Brasil, e imensa necessidade de reconhecer nao so' o Marajo', mas toda a Nacao nos seus detalhes, pois esta e' a grande falha de um governo alheio a sua condicao. No caso referido acima, nao e' so' carente de investigacao, mas como basicamente na resolucao dos conflitos. O pais sem duvida esta' remando a deriva e e' de necessidade apurar fatos e imediata fixacao do que deve ser feito para eliminar as asperezas de um trabalho quer nao resta a menor duvida... Fraco! Nilson Gomes Filho http://www.facebook.com/PBCNs

    ResponderExcluir