terça-feira, 19 de janeiro de 2016

EDUCAÇÃO EM CURRALINHO VAI PARAR NOVAMENTE

Extraído do perfil do sindicalista Randel Sales



 CARTA ABERTA À COMUNIDADE CURRALINHESE

Depois de vários dias de espera e conversas entre Sintepp e Prefeitura de Curralinho, os trabalhadores em Educação decidiram em Assembleia Geral realizada segunda-feira, dia 18 de Janeiro, fazer um ato público mostrando o total descaso do governo municipal com os trabalhadores e entrar em GREVE GERAL POR TEMPO INDETERMINADO. Além de trabalhar em ambiente quase sempre inadequado, ainda temos que enfrentar o atraso do nosso salário.
Esta atitude é a resposta de uma categoria indignada com o governo, que trata a educação e os educadores com desrespeito, infelizmente essa é a forma do PT governar.
Por estes motivos e pela falta de respostas satisfatórias do governo nas negociações em relação ao pagamento dos vencimentos atrasados, decidimos paralisar nossas atividades.
Não iremos iniciar o ano letivo de 2016 se o pagamento atrasado não estiver em dias, além do mais, exigimos reajuste do Piso Salarial do Magistério, reajuste do Salário de todos os servidores e pagamento do adicional de férias (15 dias).
Essas são nossas condições básicas para iniciarmos o ano letivo. Nossa luta é também por melhores condições de trabalho e respeito com os trabalhadores em Educação, além de aquisição de materiais, qualidade e melhoria na merenda escolar. Pedimos a solidariedade dos pais, responsáveis dos alunos e toda a sociedade para nos apoiarem nessa luta.
Tranquilizamos todos que a greve não tem a intenção de prejudicar nossos alunos, muito pelo contrário, queremos melhores condições de trabalho e respeito com os educadores. Por fim, afirmamos que os trabalhadores não são os responsáveis pela má gestão dos recursos do FUNDEB, muito menos pelo atraso no pagamento.
Não podemos ser responsabilizados ou punidos pela falta de planejamento e incompetência do Prefeito Leo Arruda! Este sim, é o responsável por toda essa crise que estamos passando com nossos salários atrasados.

EDUCADORES DO MUNICÍPIO DE CURRALINHO S
SINTEPP – Subsede Curralinho

Um comentário:

  1. APOIQADO!Assimcomo outras melhorias para essa cidade que está grtando por Socorro,

    ResponderExcluir