terça-feira, 16 de março de 2010

SEN. MÁRIO COUTO DIZ QUE POLÍTICO DO PT NUNCA É PUNIDO

"Se me citarem um filiado do PT que roubou e foi penalizado, eu peço desculpas ao Senado e à Nação", desafiou o senador Mário Couto (PSDB-PA) ao registrar que desde o caso Waldomiro Diniz até o recente "escândalo da Bancoop" nenhum denunciado foi preso. Ele comparou que esse mesmo tratamento não é dispensando aos outros partidos e citou o caso do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda.
Mário Couto assinalou que Arruda cometeu um delito e foi punido inclusive pelo seu partido à época, o Democratas. Em sua avaliação, o governador "está preso merecidamente". Por outro lado, lamentou que nada tenha acontecido com petistas denunciados de corrupção. Ele lembrou que sequer foi punido o ex-subchefe de Assuntos Parlamentares da Casa Civil, Waldomiro Diniz, acusado de concussão, corrupção passiva e gestão fraudulenta e temerária de instituição financeira.
- O caso da Bancoop [Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo] é um dos maiores escândalos que esse país já teve conhecimento. E estão todos caladinhos, esperando a imprensa calar e o país esquecer. Para o PT nada é proibido, pode até roubar. E o Senado nem pode mais fiscalizar o Executivo. Qual o resultado das CPIs? Cadê a CPI do Dnit, que eu pedi? Pagot, pode roubar. Esse Brasil é assim - declarou Mário Couto.

Fonte: Agência Senado

Um comentário:

  1. se eu fosse e acusado de tantos crimes no Pará, jamis falaria em honestidade e pudor, lembrem o atual senador quando pessoa simples e um delegado da civíl do Pará, lhe encliminando por diversos crimres, seu eu fosse o cloved eu viria a publico mostrar a outra face do ratuno.

    ResponderExcluir