segunda-feira, 24 de abril de 2017

POLÍCIA PRENDE ACUSADOS DE SEREM OS MENTORES DO ATAQUE AO B/M OLIVEIRA NOBRE

No início da tarde desta segunda-feira, 24, policiais civis prenderam Josiel Chaves da Cruz, o “Josi” e Rodrigo Chaves da Cruz, conhecido por “Janeirão”. A dupla foi presa no bairro Parque Guajará, no distrito de Icoaraci, em Belém. Os dois são acusados de serem os mentores do latrocínio ocorrido na embarcação “Oliveira Nobre”, na madrugada do dia 11 de junho de 2016. O transporte seguia de São Sebastião da Boa Vista, na ilha do Marajó, para a capital paraense. No assalto, o dono da embarcação, Moisés Lira Pantoja, de 48 anos, acabou morrendo no momento da abordagem dos piratas.
 De acordo com o diretor do Grupamento Fluvial da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), delegado Dilermando Dantas, os dois homens fazem parte de uma quadrilha com atuação no Marajó. “Já tínhamos a preventiva e aí tentamos prendê-los no Marajó, mas só conseguimos aqui em Belém”, disse. O delegado Arthur Braga está à frente das investigações. Ainda em 2016, policiais do Gflu prenderam quatro integrantes da mesma quadrilha da qual fazem parte “Josi” e “Janeirão”.
 Durante os depoimentos, já na sede do Grupamento Fluvial, Josiel e Rodrigo negaram a participação no latrocínio, contudo o delegado Arthur Braga afirma que existem provas evidentes do envolvimento dos dois criminosos. “Eles negaram, mas encontramos a voadeira utilizada no assalto na casa de Josiel, em Muaná”, contou Braga.
 O caso - O assalto ocorreu no dia 11 de junho, na vila da Ponta Negra, em Muaná. Os bandidos abordaram a embarcação “Oliveira Nobre” de forma violenta. Eles fugiram levando pertences dos passageiros e as câmeras de segurança da embarcação. Duas lanchas com quatro ocupantes cada renderam a tripulação e os passageiros. O proprietário da embarcação foi atingido por um dos tiros ao deixar sua cabine. Piratas estavam com rosto coberto e após o ataque fugiram no sentido do Rio Capim.

Fonte: AGPA

5 comentários:

  1. Infelizmente, a Polícia está fazendo um trabalho errado, essas pessoas que foram presas estão como laranja nesse ocorrido

    ResponderExcluir
  2. Eles não são bandidos! No momento são visto como suspeitos pela política então edite seu post, para que você não venha a ser processado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite. Na postagem cito a fonte, que é a Agência Pará de Noticias, ou seja, ela é responsável pelo conteúdo. Peça retratação que teremos o prazer em publicizar. Abraço.

      Excluir
  3. Peço desculpa pelo modo arrogante que fui, mais apartir do momento em que você compartilhar uma publicação ou mesmo você escreve algo de uma fonte que postou algo na Internet, quem responde será a pessoa que postou juntamente com a fonte original.

    ResponderExcluir
  4. parabéns ao grupamento fluvial.lugar de piratas e na cadeia.bandos de safados ladrão

    ResponderExcluir