quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

CMS DE GURUPÁ DENUNCIOU GESTÃO DA SAÚDE AO MINISTÉRIO PUBLICO

Com Informações de Dailton Palheta

O Conselho Municipal de Saúde de Gurupá encaminhou denuncia ao Ministério Publico e à Câmara de Vereadores do Municipio. O CMS constatou diversas irregularidades na prestação de contas da Secretaria Municipal de Saúde, entre elas: Pagamento de serviços não realizados; ausência de nota de compra de medicamentos fora do município; compra de equipamentos hospitalares como (fio de sutura de seda) em nota da empresa C. Pinheiro Materiais de Construção; diárias pagas a hotéis sem a devida justificativa, pagamentos de faturas de energia sem justificativa de endereço, duplicidade de faturas; recibos rasurados; empenho sem comprovante de despesas, ausência de assinaturas do Prefeito, Vice-Prefeito, Secretário, Funcionários e Contador, e muitas outras irregularidades.
Vereadores já ameaçam cria instalar CPI pra investigar o caso e o MP já está acompanhando.
O blog deixa o espaço aberto aos envolvidos para melhores esclarecimentos.

3 comentários:

  1. ATENÇAO CMS GURUPA, FAÇA DENUNCIA DIRETAMENTE NO SITE DA CGU.... LOGO LOGO SEU MUNICIPIO SERÁ SORTEADO E OS AGENTES DA CONTROLADORIA GERAL DA UNIAO BAIXARAO AI NO MUNICIPIO PARA VERIFICAR SAUDE, EDUCAÇÃO E TODAS AS AREAS SOCIAIS.
    ACESSE WWW.ALERTACURRALINHO.BLOGSPOT.COM CLICK NO LINK DA CGU E FAÇAM SUAS DENUNCIAS OK!!! UM ABÇ W@L.COM- CURRALINHO PÁ

    ResponderExcluir
  2. Caro Editor desse espaço ecumenicamente correto, aproveito este espaço que você fraqueou para fazer algumas considerações, embora eu não tenha procuração dos envolvidos! Provavelmente pode ter havido alguns pequenos enganos, coisa típica de seres honestos, sem segundas intenções porem carentes de noções básicas:

    1) Ao encaminhar a denuncia para a Câmara e o Ministério Publico , o conselho na figura de seu presidente não tinha intenção de ser chamado para depor e depois ser convencido por uma “doença” para não ir, ele realmente não sabia que o caminho correto seria entrar caladinho em contato com os homens da lei e da ordem que militam no nível federal mesmo nível da origem de parte dos recursos se não no todo!
    2) Pagar por serviços não realizados na área da saúde nos lembra o período da famosa Operação Sanguessugas, porem se houve um retornos as origens da medicina onde as ditas cujas foram utilizadas nas sangrias nada mais correto do que pagar para não ser sangrado!
    3) Até onde eu saiba pois não sou médico o fio de sutura deve ser maleável e resistente e foi corretíssimo comprar um cabo de aço para suturar os cortes que apareceram nos ambulatórios , seria fraude se houvessem optados por “pontos falsos” utilizando esparadrapo , pois neste caso jamais poderiam adquirir tal colante em loja de material de construção, porem mesmo assim uso de “ponto falsos” ainda deve ser analisado, pois caso o paciente fosse negro o correto seria usar fita isolante para evitar acusação de racismo!
    4) Quanto as diárias todos sabem da carência de leitos para enfermos e os utilizar “hotéis “ para suprir tais carências foi uma solução muito sabia, não justificaram o fato porque as famílias dos pacientes internados poderiam pensar que eles estavam fu...do em vez de se fu...do se confundissem os locais onde eles ficaram em observação com locais que não devem ser observados”Motéis”!
    5) Pagamento de energia sem justificativa de endereço essa é a maior prova da honestidade do milênio, ou alguém já viu mais honestidade em pagar conta de “gato”, mesmo assim alguém ainda pode duvidar “Como foi que apropriaram o consumo?” quem duvidar estará sendo tolo ou não conhece a taxa única!
    6) Duplicidade de faturas ai esta uma prova de que eu digo não adianta ter boas intenções sem ser capacitado, foi apenas falta de um “R” um erro de português , porque na saúde não existe fatura e sim fratura!
    7) Os recibos realmente foram rasurados, porem isto aconteceu porque a turma estava empenhada na comprovação de despesas e assim não serem acusadas injustamente por não terem se empenhado!
    8) Assinaturas em papeis, queriam o que? Queriam causar mortes? Deixar de atender os casos de Urgência e Emergência por causa de assinaturas, hora essa me deixou indiguinado!
    9) Fazer o genérico “muitas outras irregularidades” é ação de quem não tem como acusar com provas e fica só dando a entender?

    Prefeito e Secretario contratem não um advogado como o Marcio Tomas Bastos e sim uma assessoria que preste!

    Ei psiu, psiu paga quanto?

    ResponderExcluir
  3. A comissão do CPI em Gurupá foí formado no mês de Decembro do ano de 2011 e como presidente da comissçao foí nomeado por votacão o Senhor Vereador sua
    excelência MAX CAMPOS, da bancada da opossicção e que até esta data 12-02-2012
    está sumido de Gurupá, desapareceu e não fez nada em relação da resposabilidade do CPI
    será que dá para pensar todo em contra de MAX CAMPO?

    ResponderExcluir