terça-feira, 6 de dezembro de 2011

MÁFIA EM RÁDIO E TV COMUNITÁRIAS

Extraído do Blog da Franssinete Florenzano

A criação de uma Frente Parlamentar em Defesa da Radiodifusão Comunitária no Pará e a formação de uma Comissão Externa destinada a representar a Assembleia Legislativa no trato dessa questão em Brasília e junto aos órgãos do governo do Estado foram os principais propostas aprovadas em sessão especial da Alepa, solicitada pelo deputado Eliel Faustino (PR), 2º secretário da Mesa Diretora e presidente da Comissão de Educação, Cultura e Saúde e aberta pelo presidente da Casa, deputado Manoel Pioneiro (PSDB).

Milton Taveira, presidente do Sindicato das Rádios e Televisões Comunitárias, denunciou a utilização de outorgas que teriam sido concedidas para beneficiar políticos. No Pará existem apenas 110 rádios comunitárias com outorga concedida e em funcionamento, e aproximadamente 300 processos tramitando no Ministério das Comunicações aguardando autorização e publicação do edital com aviso para funcionamento. “Este ano somente sete avisos foram expedidos e beneficiaram somente cinco municípios do Pará”, informou Maria do Carmo, secretária geral do Sindicato Nacional de Rádio e TVs Comunitárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário