terça-feira, 29 de maio de 2012

EX-PREFEITO DE PORTEL É CONDENADO POR IMPROBIDADE

Acatando solicitação do Ministério Público Federal, a Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Portel, Elquias Nunes da Silva Monteiro (foto) por improbidade administrativa e malversação de recursos públicos destinados à educação. Elquias Monteiro foi condenado por ter empregado irregularmente verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), no valor de R$ 119.919,80, durante sua gestão em 2000. A verba do fundo era para o pagamento de Salário-família aos professores do ensino fundamental do município.  Elquias Monteiro foi condenado a ressarcir R$ 150 mil aos cofres públicos, com juros e correção monetária, e pagamento de multa no mesmo valor. Os direitos políticos do ex-prefeito foram suspensos por cinco anos e também não pode firmar contratos com o poder público ou receber qualquer incentivos federais por cinco anos. . Os ex-prefeito não foi localizado para falar sobre a condenação

Leia matéria completa (AQUI)

4 comentários:

  1. roubo tem que ser devolvido com juros com certeza

    ResponderExcluir
  2. Já pensou se todos os políticos que cometem "Improbidade", tiverem que devolver e com juros, tudo que passaram a mão?
    Vai ter muito nego com medo, inclusive em SSBV.

    ResponderExcluir
  3. Se tiver que pagar é só tirar da Rumont, foi lá que o irmão do Elquias colocou todo o dinheiro. Ele tem uma rede de lojas em Portel e Breves, sõ lojão!

    ResponderExcluir
  4. E por isso que nosso País nunca vai pra frente que vergonha ao Povo Portelense, e principalmente aqueles que acreditaram ou melhor votaram e creditaram sua confiança durante 4 anos. Que sirva de exemplo aos eleitores. Devemos saber em que vamos votar nesta eleição. Acho uma vez eleito jamais deveria ser releito, teria evitado esta tragedia ao cofre públicos. Aindo sinto porque sou portelense.

    ResponderExcluir