quarta-feira, 21 de setembro de 2011

PESCARIA NO MARAJÓ...

O Ministério da Pesca e a Secretaria Estadual da Pesca pretendem lançar rede de malha fina, em outubro, no Marajó, para fisgar cardumes de fraudadores de seguro-defeso. Os "pesqueiros" serão nos municípios com números suspeitos de pescadores por habitante
Uma reunião nesta sexta, na Secretaria Estadual da Pesca (SEPAQ), deverá concluir a estratégia pra excluir falsos pescadores que levam um salário mínimo do erário durante a entressafra pesqueira. Já escolhidos, municípios-alvos serão vistoriados por força-tarefa.
O superintendente do Ministério da Pesca no Pará, Felipe Bordalo, anuncia que a ação cotejará os dados oficiais do governo, com os das associações e colônias de pescadores, pra descobrir de fato quem retira sustento da pesca em nove municípios marajoaras.
Os pescadores do Marajó, segundo o MPF, apoiam a ação porque estão prejudicados com a suspensão dos registros, desde a operação no final do ano passado que investigou a fraude e levou à cassação do deputado Chico da Pesca/PT, acusado de trocar cadastro por votos.

Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário