terça-feira, 13 de setembro de 2011

TRATAMENTO A VÍTIMAS DE ESCALPELAMENTO NA SANTA CASA É REFERÊNCIA REGIONAL

Criado em 2006 para garantir um atendimento multiprofissional às pessoas envolvidas em acidentes com escalpelamento, o Programa de Atendimento Integral às Vítimas de Escalpelamento (Paives), desenvolvido pela Fundação Santa Casa, é referência para tratamentos destinados a esse tipo de acidente na região amazônica.
Com um mutirão de avaliação de vítimas de escalpelamento marcado para o final de outubro em Macapá (AP), o secretário adjunto de Saúde do Estado do Amapá, Regiclaldo Silva, esteve nesta terça-feira (13) na Santa Casa, para conhecer o funcionamento do programa e a experiência do hospital na realização de dois mutirões de cirurgias para reparar sequelas de escalpelamento. “Os acidentes também são muito comuns no Amapá e vamos avaliar 94 mulheres, por isso viemos conhecer o atendimento na Santa Casa e avaliar a possibilidade de parcerias”, disse o secretário.
Durante a visita, que também contou com representantes da área de educação em saúde da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) e Defensoria Pública da União, Regiclaldo Silva se reuniu com membros da equipe de atendimento do Paives e com a presidente da Fundação Santa Casa, Eunice Begot. O grupo visitou ainda o Espaço Acolher, que hospeda as pacientes escalpeladas em tratamento ambulatorial em Belém, e seus acompanhantes.

Ascom/Santa Casa

Nenhum comentário:

Postar um comentário